Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Westworld S03E04 – A Mãe dos Exilados | Review

Lembram-se que na semana passada comentei que teríamos enfim um episódio focado em William? Pois é, teve William, mas a revelação mais bombástica ficou por conta de Dolores.

Tive a impressão que o episódio desse domingo foi bem corrido, e íamos passeando entre os núcleos de forma muito rápida, causando por vezes até confusão para entendimento de determinadas ações. Por conta disso, vou dividir essa discussão do episódio em alguns tópicos para buscarmos a organização das ideias.

William e a corporação DELOS

No início do episódio enfim vemos William pela primeira vez nessa temporada. O Homem de Preto está aparentemente no mundo real assim como todos os outros personagens, mas está a beira da loucura com pensamentos que levam a discutir o que é real e o que é virtual na sua cabeça.

O personagem que por tanto tempo se mostrou o mais forte de todos em ter a capacidade cognitiva dentro do parque, agora se vê num meio sem saída, refém de seus próprios pensamentos. Em meio a toda essa insanidade, William recebe a visita de Charlotte, que releva ao sócio da DELOS da necessidade de uma reunião emergencial para definir o rumo da corporação, já que Serac vem com uma forte ofensiva no mercado.

William topa e após tempos isolado e insano, busca a reabilitação através do comparecimento na reunião da DELOS, mas num último momento é barrado por Charlotte, que revela que na verdade William está internado num instituto psiquiátrico particular, e com isso, decretado como inapto para as funções, Charlotte assume o poder de maior representatividade no conselho da corporação.

William está acabado e inapto, fadado a acabar com a vida em plena loucura. Será esse o real fim do nosso Homem de Preto que tememos no passado?

Serac e o controle sobre Maeve

Assim como já tínhamos visto no episódio passado, Serac tem o plano de deter Dolores de todas as formas possíveis. E para isso, ele traz Maeve para ajudar nessa missão, já que a mulher é sedenta por sangue e desejo de vingança, desde o ocorrido com sua filha.

Antes de dar andamento a missão, abro aqui um parênteses. Serac conta para Maeve num bar porque não a levou a Paris, revelando que aquela região do mundo na verdade está dizimada. Aparentemente vemos um flashback, aonde duas crianças estão andando por um campo dizimado, quando são surpreendidas por equipes radioativas evacuando. Na minha concepção, as crianças são muito parecidas com o Ford criança que vimos temporadas atrás! Será que Serac é irmão de Ford? Fica aí no ar…

Voltando ao plano, Maeve está ainda mais motivada nessa missão justamente pela possibilidade de ter de volta a filha. Sendo assim, ela ruma atrás de Dolores seguindo os seus rastros, e deixando sangue por onde passa. Uma das pistas mais próximas a ela leva até a Yakuza, mas lá ela não contava que encontraria com um velho conhecido: Musashi!

Sim, um dos líderes por traz da ação de Shogun World é revelado como um dos corpos que Dolores trouxe de Westworld. As benditas bolinhas misteriosas aos poucos vão se revelando, mas não da forma mais óbvia que imaginávamos. Na verdade, quem está no corpo de Musashi não era o próprio muito menos Teddy, mas sim a própria Dolores! Guarde bem essa informação!

Estagnada com a notícia, Maeve não consegue se livrar da luta com Musashi, mas acaba sendo perfurada pelo samurai, lhe tirando uma das muitas vidas que ela já teve.

Bernard e Ashley em outra caçada por Dolores

A temporada até então se resume em Dolores contra o mundo, e com Bernard e Ashley não é diferente. A dupla está reclusa em um bairro humilde afim de montar um plano para encontrar com Dolores e poder impedi-la das perversas ações que vem por aí.

A parte mais relevante disso tudo é que Bernard construiu um controle que é capaz de paralisar qualquer anfitrião. O que não sabemos é se isso também será capaz de parar Dolores, já que as forças que ela concentra são muito maiores que qualquer outro.

O objetivo da dupla é encontrar Maeve em uma festa de comercialização de pessoas (sim, é isso mesmo que você leu), já que o filho de Serac estaria por lá, uma oportunidade perfeita de encontrar a vilã ( ou seria a salvação da humanidade?)

Dolores, Dolores e mais uma vez… Dolores!

Por parte da principal personagem dessa série e ainda mais nessa temporada, seguem os planos maléficos de posse do mundo real, afinal os cenários da DELOS não são suficientes para sua grandiosidade cognitiva.

Os planos de Dolores começam atingindo o administrativo da startup do filho de Serac, que tem a conta hackeada por Dolores e Caleb numa ação que já é conhecida do ladrão pelas ações passadas. Até mesmo o homem que tinha um grande histórico de assaltos e roubos, se surpreende pelas ações frias de Dolores perante situações de perigoso. Assustador.

O ponto chave do episódio vem na festa de comercialização de pessoas. Dolores encontra Bernard e Ashley, que é brutalmente massacrado pela mulher, ou melhor, exterminadora do futuro para os mais chegados. A missão de Dolores dá certo ao conseguirem raptar o dono da startup, mas não sem ocorrer uma das maiores revelações da temporada.

Não existe uma Dolores ou duas Dolores… todos os anfitriões trazidos dos outros mundos da DELOS são Dolores! Sim, ela foi capaz de fazer diversas cópias de si mesma, e com isso Charlotte, Musashi e sabe-se lá mais quem são Dolores! A frase de efeito que fica para isso tudo, dita que Dolores não está para brincadeira:

Se você quer fazer algo bem feito, faça você mesmo.

Estamos conhecendo o Dolores World… o que será disso tudo? A mãe dos exilados, como o próprio nome do episódio já diz, vem com tudo e praticamente nada a pode parar! Até o próximo episódio!

Show CommentsClose Comments

Leave a comment