Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

A versão cinematográfica de Death Note continua gerando polêmica

A adaptação de Death Note nem saiu e o diretor Adam Wingard já está tendo que se explicar.

Em seu perfil no Twitter, o cineasta respondeu os haters ao dizer que as críticas nesse momento são apenas baseadas em presunções.

Wingward ainda afirmou que não há intenção de descaracterizar a obra original japonesa: “Quando mudamos a ambientação de Death Note para os Estados Unidos, é claro que fizemos um filme sobre os Estados Unidos. Não é só um caso de copiar e colar. Os atores foram todos escolhidos para a nova versão. Eles são diferentes dos personagens originais de Death Note, especialmente no caso de Light.”

O longa da Netflix estreia em 25 de agosto.


Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário