Arquivos

Livros

Uma Casa no Fundo de um Lago | Resenha

Josh Malerman tem o costume de escrever histórias com certo cunho de terror psicológico, haja visto Caixa de Pássaros. Em Uma casa no fundo de um lago não é diferente, trata-se de uma história sobre dois adolescentes de 17 anos que terão seu primeiro encontro em um passeio de canoa por um lago. O que acontece é que James e Amelia acabam encontrando um terceiro lago escondido, de difícil acesso e nesse lago secreto, eles encontram uma casa! Sim, uma casa dentro do lago, uma casa com dois andares, porão, sótão, mobilha e eletricidade.

Amelia logo impõe regras para a exploração da casa, nada de perguntar como ou porque a casa está la, nem sobre a mobilha impecavelmente bem conservada.

O que começou como primeiro encontro no inicio do verão acaba se desenrolando para um romance a três entre James, Amelia e a casa submersa. Os adolescentes fazem aulas de mergulho juntos para poder explorar a casa, constroem uma balsa que ancoram na chaminé da casa e passam os dias do verão praticamente morando no terceiro lago escondido, chegam até a dormir na balsa que fizeram para não ter que se separa – ou se separar da casa.

Tudo muito bom, tudo muito bem, mas adolescentes são adolescentes quem qualquer lugar e o desejo de se descobrirem e descobrirem a casa começa a envolve-los de uma forma quase insuportável.

“Só porque a casa está vazia, não significa que não tem ninguém dentro.”

Claro que alguma coisa assustadora precisaria acontecer para fazer jus a todo suspense que envolve a trama, e assim, James e Amelia começam a ouvir passos dentro da casa, uma risada que ecoa pelas ondas do lago. Assustados, fugir parece ser a melhor opção. Mas ficar longe do lago, da casa e um do outro parece uma tarefa impossível e uma atração magnética do triangulo amoroso faz com que os jovens voltem a casa.

Confesso que ao finalizar a leitura do livro me senti bem perdida, como se meu exemplar tivesse vindo com um capitulo a menos. Passei dois dias pensando na história antes de escrever essa resenha e cheguei até a mandar mensagem para o autor – que não respondeu- para saber mais sobre a historia.

Cheguei a duas conclusões:

Primeira – O livro é exatamente o que diz o titulo, uma casa no fundo do lago encontrada por dois adolescentes que a exploram, envoltos no que parece ser um universo magico submerso. Mas acabam por descobrir que na verdade é uma casa mal assombrada e que algo sobrenatural vive ali.

Segunda, que demandou uma analise muito mais profunda – A história toda é uma metáfora para o relacionamento de James e Amelia, a casa é o conjunto dos medos que estão no subconsciente dos dois, medo em relação ao seu relacionamento, ao que seria ter uma vida juntos. A casa submersa é o relacionamento, os barulhos da casa são as coisas não ditas na relação, a luz é a esperança de um futuro juntos.

Fato é que a história toda gira em torno do mistério da casa, podem ter mais explicações sobre o contexto subentendido do livro ou pode ser só o que o titulo diz. De qualquer forma é um livro bem interessante de ser lido, proporciona varias sensações ao leitor, mesmo se tratando de uma história superficial em relação aos personagens, já que o foco principal é a casa.

Se você já leu ou se decidir ler essa história, por favor venha conversar comigo para que possamos discutir teorias – risos. E se não leu, garanta o seu com 40% de desconto no nosso link, compre aqui.

Deixe uma Resposta

Andressa Popim
Oii, meu nome é Andressa Popim, Minha principal diversão é ler, ver filmes e series ♡