Arquivos

FilmesNão categorizado

TOP 10 | Musicais de Hollywood

Você, caro leitor, pode não gostar do gênero musical, mas com certeza ouviu falar de La La Land. Nem que seja por ter ganhado por 30 segundos o Oscar deste ano. No entanto, se este é seu caso, pode parar de ler por aqui e procurar um dos outros excelentes artigos do nosso blog. Porque este é um artigo de uma apaixonada pelo gênero. Se esse é também o seu caso, ou se está apenas curioso, vamos bater um papo! Eu falo daqui e você… Bem… Fala sozinho, né? Mas vai ser legal assim mesmo. Vamos lá?

O primeiro musical na história do cinema foi em 1927 e se chamou “O Cantor de Jazz”. O gênero foi trazido à Hollywood, que já era a “Meca da sétima arte”, pelos principais artistas da Broadway. Apesar de seu início nos anos 20, ele teve seu grande auge entre as décadas 40 e 60, onde os musicais que foram adoravelmente homenageados em La la land foram a grande sensação do cinema.

Aproveitando essa deliciosa memória que o embalo do filme nos trouxe, hoje quero indicar pra você 10 preciosidades do gênero. E olha… Foi muito difícil escolher apenas 10! Quase impossível e sofri para deixar alguns de fora… Coloquei por ordem cronológica porque seria impossível dizer qual gosto mais.

 

Direção: Victor Flemming    Elenco: Judy Garland, Frank Morgan, Jack Haley

Quem não ouviu “Somewhere over the rainbow”? Quem não quis um par de sapatinhos vermelhos para voltar para casa ou talvez conhecer um mundo mágico, onde há macacos voadores e bruxas boas e malvadas. Ao trilhar a estradinha de tijolos amarelos Dorothy nos encanta de maneira que torna esse filme atemporal.

 

Direção: Stanley Doney / Gene Kelly    Elenco: Gene Kelly, Debbie Reynolds, Jean Hagen

Esse filme delicioso conta a história de dois famosos atores do cinema mudo, tentando manter a fama quando o som chega ao cinema. É um filme leve, gostoso de assistir e Kelly e Reynolds são tão adoráveis juntos que é impossível resistir. É de terminar o filme assoviando a canção principal e querendo pular em poças de chuva.

 

Direção: Robert Wise, Jerome Robbins      Elenco: Natalie Wood, Richard Beymer

Ok… Natalie Wood porto-riquenha é pedir demais. Mas vamos ignorar esse fato. Em uma Nova York dividida, Tony e Maria se apaixonam. Ele, antigo líder dos Jets, gangue de brancos e ela, irmã do líder dos Sharks, a gangue rival de porto-riquenhos. Um Romeu e Julieta dos tempos modernos. As canções são maravilhosas e não há como não cantar junto. Somewhere, Tonight e America são algumas das minhas preferidas!

 

Direção: Robert Stevenson       Elenco: Julie Andrews, Dick Van Dike

Não há como não se apaixonar pela babá mais incrível da história do cinema. E muito menos pelas músicas maravilhosas desse filme. Se Julie Andrews nos dá de presente a babá dos nossos sonhos, ensinando que com um pouco de açúcar o remédio desce mais fácil, Dick Van Dyke nos faz rir até flutuar. Fotografia perfeita, direção perfeita… Não há mais o que dizer a não ser que esse filme é Supercalifragilisticexpialidocious!

 

Direção: Robert Wise      Elenco: Julie Andrews, Christopher Plummer

Se você nunca aprendeu a cantar o “do, ré, mi” com a família Von Trapp eu não sei em que planeta você esteve. Se não sabe que para espantar os sentimentos ruins é só lembrarmos de nossas coisas preferidas, eu também não sei que tipo de pessoa você é. A noviça rebelde é uma poesia do início ao fim. E nem venham me dizer que as crianças Von Trapp cresceram porque eu vou dizer que vocês estão mentindo!

 

Direção: Norman Jewison       Elenco: Ted Neeley, Carl Anderson, Yvonne Elliman

Esse é diferente de tudo o que falamos até agora. Se trata de uma adaptação da Opera rock da Broadway que despertou irritação de muitos grupos religiosos na época. Mostra um Jesus controverso, apaixonado pela própria fama, embalado pela incrível trilha sonora de Andrew Lloyd Weber. Imperdível!

 

Direção: Randal Kleiser      Elenco: John Travolta, Olivia Newton-John, Stockard Channing

Sandy e Danny se conheceram nas férias e… Ah, aquelas noites de verão… Mas tudo muda quando eles se matriculam na mesma escola e nos dão um musical divertido e adorável. Tenho certeza que você conhece várias músicas sem nem ao menos ter visto o filme. Chiclete total!

 

Direção: Baz Lurhmann      Elenco: Ewan McGregor, Nicole Kidman

A coisa mais importante que você deve saber é amar e ser amado. Esse filme é um caso à parte! Um dos meus preferidos de todos os gêneros e tempos. Uma linda e divertida história de amor entre uma cortesã e um jovem poeta, embalados por músicas conhecidas de nossa cultura pop, repaginadas de maneira divina. Duvido você não cantar junto!

 

Direção: Joel Schumacher      Elenco: Gerard Butler, Emmy Rossum, Patrick Wilson

Tá bem… É quase uma injustiça colocar esse junto com os outros citados anteriormente. Foi um filme repleto de polêmicas, como terem que baixar o tom das músicas para Emmy Rossum conseguir cantar. E, vamos encarar, aquele Raul contra Gerard Butler como fantasma faz a gente querer estapear a Christine por escolher errado. Mas, não tenho como não citar a versão cinematográfica do maior (junto com Cats) musical da Broadway. É um bom filme e Butler faz um fantasma ma-ra-vi-lho-so (Vem me assombrar, Gerry!). Trilha de Andrew Lloyd Weber tem que ser ouvida.

 

Direção: Tom Hooper      Elenco: Hugh Jackman, Russel Crowe, Anne Hathaway

Não sei se consigo falar desse filme sem chorar. Um elenco de estrelas, mas não é isso que vemos ao assistir. A adaptação do musical da Broadway, inspirado no clássico de Victor Hugo, nos entrega emoções tão fortes. É uma ferida aberta, pungente, que você cutuca e não consegue parar. É lindo, uma obra de arte… As atuações são primorosas! Palmas para Hugh Jackman e Anne Hathaway principalmente. Músicas como I dreamed a dream, Bring him home e One day more falam diretamente com nossa alma. Se não assistiu, pare tudo agora e vá ver! Eu já acabei mesmo…

Espero que tenha gostado da nossa conversa! Até a próxima!

2 Comentários

  1. Pelo visto é uma lista de escolha pessoal , porque na historia das musicas que marcaram o cinema muitas ficaram de fora ; vai minha lista das 10 musicas inesquecível que marcaram o cinema que muito lembram se até hoje.
    As Time Goes By – Casablanca (1942) ” Um clássico de musica.”
    Mrs Robinson – A Primeira Noite de Um Homem (1967) ”Uma adaptação perfeita da musica ao filme.”
    Marcha Imperial – Star Wars (1977) ”como não sitar essa obra de arte, me arrepia ”
    Stayin’ Alive – Os Embalos de Sábado à Noite (1977) ” Até hoje é bem lembrado o filme e a trilha sonora.”
    Eye Of The Tiger – Rocky III (1982) lembro como hoje a primeira vez q vi essa trilha sonora no filme
    A Bela e A Fera (1991) “Acho uma magia encorporado na animação
    Singin’ In The Rain (1952) repleto de musicas clássica no enredo.
    Mary Poppins (1964) “Não tenho o que dizer , dispensa comentários.”
    Footloose – Ritmo LoucoLet it Go (1984)
    Frozen (2013) “Uma trilha sonora que encanta crianças e adultos.”
    Por fim essa é minha seleção de musica marcante do cinema .

    1. Oi, Vagner! Sim, é uma escolha pessoal mesmo. Sua lista está incrível! Mas estava falando de musicais, não apenas das músicas. Agora… Posso citar a Marcha Imperial em toda e qualquer lista? 🙂

Deixe uma Resposta

Marcelle Suazquita
Dcnauta que adora a Marvel. Aluna imaginária da Corvinal que sonha em ser uma Elfa e casar com Clark Kent. Responsável - e irresponsável - por dar pitacos em séries, filmes e literatura. Bernard Cornwell é meu lorde e senhor.