Arquivos

Cultura OrientalGames

Street Fighter II Victory | A melhor adaptação dos games para a TV?

Adaptações de games nunca me atraíram muito, uma vez que quase em sua totalidade são pífias quando comparadas a seus games de origem… Street Fighter II Victory foge dessa realidade.

O anime de 1995 dirigido por Gisaburo Sugii (Astro Boy, Captain Tsubasa) é uma obra-prima quando se fala em adaptação de games para a telinha.Com personagens bem apresentados e história envolvente, é um marco positivo da franquia, que se expande em todas as mídias possíveis.

A trama tem como personagem principal Ryu, garoto humilde que vai aos EUA a convite de seu grande amigo, Ken Masters. Movidos pela vontade de se desenvolverem cada vez mais nas artes marciais, viajam o mundo em busca de novas experiências.

China, Espanha e Tailândia são alguns dos destinos que a dupla percorre durante o anime de 29 episódios. O que mais me impressionou nesta história é que aos poucos vão aparecendo personagens muito conhecidos nossos. Chun-li é uma guia turística chinesa, Sagat uma das lendas do Muay Thai, Dhalsim um monge de um pequeno vilarejo indiano, e por aí vai…

Uma das sequências mais legais da trama é durante a passagem de Ryu e Ken pela Espanha, aonde conhecem o toureiro sedutor, Vega. O lutador mascarado se mostra um personagem extremamente importante para a história, seja pela sua força e duelo É P I C O com Ken, a passagem pela Espanha leva a história para um outro patamar.

É em Barcelona que Bison, sim o grande chefão final, é apresentado pela primeira vez ao público. O vilão é chefe da gangue Shadaloo, responsável por crimes de toda natureza, além do tráfico de drogas e armas. Além de Bison, a organização é formada por personagens conhecidos nossos, como Balrog, ex-pugilista que agora é braço direito de Bison.

Entre diversas tramas da dupla Ryu e Ken, conhecemos outros personagens fundamentais para o desfecho da história, como Guile e Cammy, mas deixo essa ponta solta aqui para vocês ficarem com aquele gostinho de maratonar esse belo anime, afinal o desfecho da história é empolgante!

Um ponto curioso do anime é Akuma. Assim como nos games, o personagem tem sua aparição inesperada e sem muita explicação. Não há foco nem sequer citação durante a história, mas para os mais atentos, é possível vê-lo em alguns momentos das viagens da dupla protagonista.

Para quem não teve a oportunidade de acompanhar a saga de Ryu e Ken nas manhãs do SBT, o anime foi comprado este ano pela Netflix, e tem todos os 29 episódios disponíveis na plataforma. Vale a conferida!

Avaliação

Roteiro7
Fotografia6
Trilha Sonora10
7.7

Resumo

Street Fighter II Victory era um desenho animado japonês (anime) baseado no jogo de videogame “Street Fighter 2” da Capcom, dirigido por Gisaburo Sugii e apresentada originalmente no Japão, pela TV Nihon e TV Yomiuri, entre abril a novembro de 1995, num total de 29 episódios. No Brasil foi exibido pelo SBT e mais recentemente pelo canal a cabo Cartoon Network. A trama da série foi muito criticada pelos fãs porque tomava muita liberdade a respeito do canon original estabelecido na história dos jogos.

1 Comentário

Deixe uma Resposta

Raphael Riveiro
Idealizador do Dinastia Geek, fanático por séries e games, engatinhando no mundo das HQs. Harry Potter, o universo Tolkien, Liga da Justiça e Tim Burton são o melhor do maravilhoso universo nerd/geek!