Arquivos

DinastiaGoTSéries e TV

Senta aqui que precisamos conversar sobre a 7ª temporada de GoT

A temporada acabou e agora nos resta conversar sobre o que rolou, enquanto aguardamos ansiosamente pela chegada da última temporada. Pode-se dizer que esta temporada foi bem engenhosa em seus 2 primeiros episódios, vimos o Tyrion errar a estratégia algumas vezes (aquele pensamento WHAT?) e pensamos que havia algum traidor entre o pequeno Conselho da Dany. – Estamos de olho em ti Missandei (#fikdik) e Olena revelando que Joffrey morreu e foi ela que mandou, mas lógico depois que o Jaime – sabe aquele passivo? Ele mesmo –  revelar que a morte dela será bem de buenas.

Ainda é preciso conversar sobre essa Relação Passivo-Ativo de Cersei com Jaime. Eu gostaria de entender porque ele está tranquilo com o uso de Fogo Vivo para destruir o Septo de Baelor, sendo que matou o Rei Louco pelo mesmo motivo. Graças aos Antigos Deuses que ele percebeu que a Cersei tá meio psicótica, afinal né, tudo mundo sabia que a missão do Esquadrão Suicida não daria em nada, a Cersei tem o Montanha CleZUMBIgane, vocês acharam que um White iria dar sustinho nela? Eu juro que imaginei aquele Óculos de Sol e mandar um “Who is The Boss” quando ela pulou de susto, imagina se ela visse o Viserion Zumbi?

Senta comigo e vamos conversar um tico sobre o núcleo do Norte. O que mais me preocupou naquele pequeno incesto (não conhecido por eles ainda) entre Dany e Jon/Aegon, não foi nem o fato em si (até porque eu não shippo muito Jonarys, mas se tivesse no lugar da Dany faria do mesmo jeito) mas foi o Tyrion na miudinha ali vendo tudo. Que tipo de informação ou estratégia ele fará com esse fato? É preciso comentar também, o Gendry deu uma de The Flash e já sumiu de novo. Esse menino gosta de tomar um chá de sumiço, não é? #VoltaGhost

No último episódio aconteceu um dos fatos mais importantes que poderia ocorrer no Universo Game of Thrones. Lyanna e Rhaegar são um casal juramentado na Fé dos Sete, com um Meistre que fez a cerimônia e a oficialização desse fato na Cidadela, muda tudo que conhecemos em GoT. É bem o comentário do Bran, a Rebelião do Robert foi baseado numa mentira ou foi numa situação que ele queria realmente que fosse verdade, porque mostra que o Robert mesmo é o Usurpador e o Jon como único filho vivo do Príncipe Herdeiro é o Rei de Direito. Como os diretores irão tratar esse tema durante a próxima temporada? Vamos ter que esperar e ver como isso se resolve. – Mas de verdade, produção, vocês poderiam ter caracterizado melhor o Rhaegar, ele é descrito nos livros como o SupraSumo de Westeros, e eu esperava ver um “Homão da Porra” e não um Viserys mais esticado. #QueroMaisRhaegar!

Toda a parte que rolou em Winterfell com a Sansa e Arya, foi apenas para construir a execução do Mindinho que convenhamos, estava fazendo hora extra e com isso Westeros vibra que a Sansa deixou de ser Sonsa \o/

Por favor, não vou nem comentar sobre as correntes que apareceram do nada e trouxeram Viserion a superfície #RIPViserion e nem quão sem necessidade era essa missão de levar para a Cersei esse White. Entendo que tinha que acontecer como gatilho de roteiro para desenvolver a química do Jonarys e equilibrar os poderes dos exércitos no ar, mas estava bem desequilibrado para o lado do White Walkers.

Enfim, a sétima temporada, ao meu ver, foi bem, teve seus altos e baixos, por estar tão compacta e ter que fechar tantas pontas. Alguns pontos poderiam ser melhor desenvolvidos, como noção de tempo e espaço ficou bem a desejar. Mas o que vocês acharam?

Kizzus da Kazisses!

Deixe uma Resposta

Carolina Mariz
Engenheira da Computação, Geek de Carteirinha Assinada, Devoradora de livros, cinéfila, Jogadora de Magic nas horas vagas e blogueira por opção e hobbie. Se me perguntarem qual é o meu próximo passo na vida eu falaria "a mesma coisa que fazemos todas as noites, tentar conquistar o mundo!"