Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Review | Vikings S06E01 e S06E02

Enfim, Vikings voltou! Mas o que podemos esperar do seu sexto e último ano, que chega rondado de polêmicas e críticas?

É sempre bom lembrar que a série está em declínio com eventuais momentos de respiro criativo, motivados pelos filhos de Ragnar. A temporada passada terminou com um embate que não deixou muitos fãs satisfeitos, mas que resultou na fuga de Ivar e a posse de Bjorn como rei de Kattegat.

Os dois primeiros focam mais do que tudo nas consequências dessa ação para os dois protagonistas do momento. Bjorn e Ivar dividem cada qual a sua maneira o tempo de tela, o que mostra que mais uma vez possivelmente teremos a revanche do embate da temporada final.

Ivar está isolado do mundo na região de Kiev, atual Ucrânia, aonde encontra um rei tão maluco quanto ele, e que sob sua influência está aos poucos aceitando a ideia de rumar para Noruega em busca de novos desafios, e com isso auxiliar Ivar na retomada do trono que está de posse do irmão.

Bjorn por sua vez está se adaptando a função que lhe foi atribuída, percebendo que não é tão fácil comandar um povo, tendo que ponderar decisões mensurando possíveis consequências para entes queridos e que podem drasticamente afetar sua reputação.

A primeira decisão tomada pelo rei Bjorn foi a de expulsar, e não matar, antigos aliados do governo Ivar. A ação pode ter parecido bondosa, mas não tão sábia já que pelo que a trama apresenta, não necessariamente vai acabar de forma saudável para os aliados de Bjorn ter mantido os capangas soltos.

Não me incomoda em nada a sucessão de fatos na vida de Bjorn e Ivar, até mesmo porque isso já era fato que aconteceria, nada de novo aconteceu até então para mim. Agora o que me revolta é o que está acontecendo com Lagertha.

Desde a morte de Ragnar vemos a personagem mais sumida, não assumindo mais o manto de guerreira e defensora de si, mas se tornando omissa, decadente e quieta no seu canto, sem opinar nas ações do filho Bjorn ou nas consequências do reino que habita. A temporada para ela só começou pior do que já estava.

Lagertha decide assumir de vez que irá se afastar de conflitos, e faz um juramento que se compromete a não lutar mais, ficando reclusa de tudo, inclusive do meio político que deu certos pitacos moderados durante a última temporada. Perdemos uma das melhores personagens de Vikings, quem sabe em breve aconteça um milagre e ela termine bem.

Infelizmente, tenho que dizer que não tenho grandes esperanças para a temporada final da série. Um spin-off já foi anunciado para contar o que aconteceu 100 anos após o fim desta história, e parece que será mais interessante já que essa pelo visto já deu o que tinha que dar.

Eu não desisto, e seguirei firme contando para vocês o que rolou em Vikings a cada semana, com novos episódios toda quinta-feira pelo Fox Premium.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário