Arquivos

Games

Review | Sega Heroes

Sega Heroes

SEGAAAAAAA (Leiam isso com a sonoridade da abertura de Sonic 2!)
Quem acompanha a gloriosa Sega nos dias de hoje, sabe o quanto ela tem investido no mercado mobile com sua iniciativa chamada de Sega Forever, onde trazia ports de seus games mais famosos. Agora, pensando em uma iniciativa diferenciada, eles trouxeram o Sega Heroes, um jogo mobile de Puzzle com combate e toques de RPG, que serve como uma celebração aos seus icônicos personagens.

No jogo os nossos heróis acordam em uma terra estranha, e precisam unir forças para voltar para seus respectivos mundos. O problema é que começam aparecer alguns clones dos personagens e eles começam a se questionar se estão fazendo a coisa certa. É um pano de fundo bem básico, e serve pra proposta casual do jogo. O que realmente rouba a cena é a quantidade de personagens que conseguimos obter, 42 até o momento. Tem gente de Phantasy Star, Sonic, Golden Axe, Shinobi, Streets of Rage, Super Monkey Ball e Jet Set Radio.

Os nossos heróis são separados em classes, e podemos escolher um heróis de cada cor para a party, montando uma equipe de 4 personagens. O jogo funciona como uma mistura de Puzzle Quest e Puzzle Fighter, onde você deve formar combinações com as gemas, e dependendo da cor da gema que você conseguir quebrar, um dos seus personagens ataca. Nossos heróis também tem uma barra de especial, que enche a medida que fazemos as combinações, criando ótimas estratégias de batalha.

O que mais me chamou a atenção, foi a mecânica de evolução dos personagens, onde conseguimos subir o level, aumentar a quantidade de estrelas, melhorar suas habilidades ativas e passivas. Essa mistura de RPG com Puzzle funciona muito bem, principalmente por usarmos personagens que conhecemos e amamos por anos. O jogo é recompensador, e apesar de ter ficado sem energia algumas vezes, Sega Heroes não é um caça níquel, te deixando progredir e aproveitar a jornada sem ter que investir nenhum centavo.

A estrutura de Sega Heroes não é inédita, mas entrega excelência na execução e transforma mecânicas simples em estratégia, tornando o jogo extremamente viciante, principalmente por não ser um buraco negro de dinheiro como grande parte dos jogos free to play.

Obrigado Agência Masamune, por liberar o jogo antecipadamente para nós, só assim consegui avaliar a longo prazo um jogo que precisa de uma progressão tão extensa para garantir que não poderia se transformar em algo pay to win no decorrer da jornada.

1 Comentário

  1. […] Talvez o jogo que mais fiquei viciado nesse ano, lembro que peguei o Sega Heroes uns dias antes do lançamento oficial para fazer review, e todos os dias abro o game umas 3 vezes por dia pra abrir baús e fazer umas batalhas. O jogo pega os heróis mais famosos da Sega e coloca pra batalharem uns contra os outros com uma mecânica que mistura Puzzle e RPG. Se quiser saber mais sobre o jogo, só clicar aqui e conferir o nosso review. […]

Deixe uma Resposta

Bruno Sena
Carioca, fã do Superman e de quadrinhos em geral, além de jogar mais games do que deveria. Xbox live Gamertag: BrSena14