Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Reunião de Família | Review

Reunião de Família é uma sitcom produzida pela Netflix que já tem duas temporadas e um especial de natal disponíveis no serviço de streaming.

A série fala sobre uma família de Seattle que vai para Columbus na Georgia participar da reunião anual da Família McKellan, durante o evento Cocoa (Tia Mowry) e Moz (Anthony Alabi) decidem que será bom para as crianças se eles se mudarem para viver perto da família.

Reunião de Família

A parte cômica da série se da na necessidade de adaptação da família na nova vida. Os McKellan de Seattle estavam acostumados a viver com certo luxo já que Moz é um jogador de futebol americano aposentado e dono de uma fortuna invejável. Eles também precisam aprender a lidar com a religiosidade presente na vida dos Mckellan de Columbus, o avô é pastor na igreja local e a avó é a beata que comanda a escola da igreja durante o verão.

Cocoa e Moz estão sempre tentando provar a M’Der (Loretta Devine) que são bons pais e que seus métodos new-age de educação são a melhor opção, já a avó acredita em métodos mais conservadores de punição.

As crianças, Jade (Talia Jackson) a filha mais velha, Shaka (Isaiah Russell-Bailey) o filho mais velho, Mazi (Cameron J. Wright) o filho mais novo e Ami (Jordyn Raya James) a filha caçula não ficaram muito felizes com a mudança, mas parecem se ajustar ao decorrer da primeira temporada.

É importante ressaltar aqui que Reunião de Família tem o elenco composto exclusivamente por negros e que a cultura e hábitos são extremamente presentes na trama, ao fim de cada episódio é feita uma dedicatória a uma figura negra de importância histórica.

Reunião de Família

Jade é quem parece ter mais problemas na adaptação da nova vida. De toda a família, ela é quem tem a pele mais clara e acaba sofrendo preconceito por isso, sua falta de conhecimento da história dos negros também é motivo de bullying na escola.

De forma geral, a série aborda diversos temas polêmicos como política, religião, racismo, auto aceitação, entre outros. Para aliviar a tensão, esses temas estão sempre envoltos em piadas e contextos cômicos.

Destaque para a trilha sonora da série que é praticamente toda R&B, na segunda temporada rola até um episódio (P2:E6) em que a Talia Jackson canta com Tyler Cole.

Por se tratar de uma sitcom, a série não foge dos clichês mais comuns, ótima opção para quem está à procura de algo tranquilo para assistir.

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário