Arquivos

Filmes

Okja – Uma obra emocionante

Dia desses, estava descansando antes do trabalho e resolvi procurar um filme para assistir na Netflix. Rodando e rodando pelas milhares de opções, me deparei com Okja, e decidi experimentar essa produção própria, do nosso querido serviço de streaming.

Olhei bem, pensei: será que é bom mesmo? Decidi assistir sem sequer ler a sinopse. Se arrependimento matasse… eu não poderia me considerar mais viva! Vamos ao que interessa: no decorrer do filme somos apresentados à uma nova espécie de animal chamada super porco, cuja história que foi espalhada para o mundo pela empresa Mirando é a de que se trata de um novo tipo suíno nativo do Chile, e que supostamente ajudaria a combater o problema cada vez mais presente da escassez de alimentos no planeta. Ora, estamos falando de um bicho imenso e que, em contrapartida, gera poucos gastos para seus criadores.

Então, os 10 melhores super porcos são enviados para 10 países diferentes para que depois de 10 anos seja escolhido o mais belo animal. Passam-se esses anos e somos apresentados a uma menina chamada Mija, que é uma possuidora de um dos super porcos que se chama Okja, e ela tem uma conexão muito forte com aquela. São amigas inseparáveis.

Mas a empresa que distribuiu esses animais quer a Okja de volta, e dai começa toda a ação do filme, pois a menina ama sua porca e faz de tudo para recupera-lá, contando com a ajuda de uma sociedade protetora dos animais, a AFL, que surge no longa da maneira mais criativa e sensacional possível. Foi um dos momentos mais animadores e emocionantes do longa. E bom, o final do filme vou deixar no ar porque é muito surpreendente.

Após assistir o filme comecei a repensar sobre a indústria de carnes, já que esse filme é critico a isso. Li muitos comentários do tipo – “Ah, esse filme está pensando que vou virar vegetariano?”- e depois de analisar muito cheguei a conclusão de que a crítica não é sobre o fato de se alimentar com carne, e sim da realidade e do tratamento que esses animais recebem e de todo o sofrimento que eles passam.

Então senhoras e senhores,assistam esse filme com a mente aberta e um lencinho do lado, pois é um filme tocante e real.

 

Dia desses, estava descansando antes do trabalho e resolvi procurar um filme para assistir na Netflix. Rodando e rodando pelas milhares de opções, me deparei com Okja, e decidi experimentar essa produção própria, do nosso querido serviço de streaming. Olhei bem, pensei: será que é bom mesmo? Decidi assistir sem sequer ler a sinopse. Se arrependimento matasse... eu não poderia me considerar mais viva! Vamos ao que interessa: no decorrer do filme somos apresentados à uma nova espécie de animal chamada super porco, cuja história que foi espalhada para o mundo pela empresa Mirando é a de que se trata de um…
Nova York, 2007. Lucy Mirando (Tilda Swinton), a CEO de uma poderosa empresa, apresenta ao mundo que uma nova espécie animal foi descoberta no Chile. Apelidada de "super porco", ela é cuidada em laboratório e tem 26 animais enviados para países distintos, de forma que cada fazenda que o receba possa apresentá-lo à sua própria cultura local.

Okja

Roteiro
Fotografia
Trilha Sonora
Figurino
Direção de Arte

ESPADAS

Nova York, 2007. Lucy Mirando (Tilda Swinton), a CEO de uma poderosa empresa, apresenta ao mundo que uma nova espécie animal foi descoberta no Chile. Apelidada de "super porco", ela é cuidada em laboratório e tem 26 animais enviados para países distintos, de forma que cada fazenda que o receba possa apresentá-lo à sua própria cultura local.

Deixe uma Resposta

Giovanna Ferigato
Olá galerinha, eu sou a Giovanna, sou de Bauru, a cidade do sanduba, sou formada em turismo, sou uma escravinha hoteleira, e além de tudo isso sou integrante do Dinastia!