Arquivos

E-SportsGames

League of Legends | O Circuitão mais disputado de todos os tempos!

Fala queridos fãs do eSport! Tudo bem? Como todos sabem, hoje começa o Circuito Desafiante e estamos animadíssimos pelo o que vem por aí! Para aqueles que não sabem, é a segunda divisão do campeonato de League of Legends, ficando abaixo do campeonato principal que é o CBLoL. Essas equipes se enfrentam em busca de uma vaga para a primeira divisão. E por qual motivo estamos tão ansiosos? Simplesmente pela quantidade de times conhecidos (que inclusive já passaram pelo CBLoL) e nas escalações que estão recheadas de pro players famosos e que marcaram muito o cenário competitivo.

Novidades

  • Devido a problemas de operação da Promo Arena no ano passado, a Riot Games assumiu a produção do Circuito Desafiante, melhorando assim a qualidade das transmissões. Eles afirmam que é de forma temporária, mas estamos na torcida de que se mantenha!
  • Como no CBLoL, agora as disputas serão MD1, sendo que todas as equipes se enfrentarão 3 vezes ao longo do split,e todas as equipes irão jogar todos os dias. Isso foi feito para aumentar o número de partidas disputadas ao longo do campeonato, além de fazer com que as equipes se enfrentem em patches e momentos diferentes, diminuindo a influência no momento das partidas. Por esse motivo, a fase de pontos acontecerá em 8 semanas.
  • O formato das eliminatórias permanece, não tendo mudança. O tradicional 1ºx 4º, 2ºx 3º e depois a grande final. O 1º do circuitão sobe automaticamente enquanto o 2º enfrenta o penúltimo do CBLoL.
  • O campeonato ocorrerá no período de três meses. Começa hoje, no dia 21/01 até o dia 21/04 onde é a grande final. A transmissão começa às 21h e ocorre nas segundas e terças-feiras.

Escalações

Falkol

TOPO – Gabriel “Zen” Pontes / Alvaro “VVvert” Martins
CAÇADOR – Thúlio “Sirt” Carlos / Mateus “Mewkyo” Ferraz
MEIO – Danniel “Evrot” Franco / Erick “Furyz” Susin
ATIRADOR – Roberto “Road” Freitas
SUPORTE – Victor “Vahvel” Vieira
TÉCNICO – Ednilson “Jukah” Vargas

É errado torcer pra um time subir só pelo ícone mais fofo? A Falkol é um dos times mais novos, tendo o caçador SirT e o topo Vvvert como jogadores mais experientes, juntos ao técnico Jukaah. Torcemos por boas surpresas pelos dragões!

Havan Liberty

TOPO – Bruno “Kennedys” Garcia / Gustavo “Name” Rodrigues
CAÇADOR – Marcos “Cariok” Oliveira / Lucas “Woofi” Abadie
MEIO – Guilherme “Atlanta” Matos / Thales “Kales” Braga
ATIRADOR – Matheus “Sarkis” Guimarães / Luiz “Flare” Lobo
SUPORTE – Leonardo “Gyeong” Lima / Lucas “k0ga” Godoy
TÉCNICO – Evandro “Yaltz” de Cerqueira

A Havan Liberty resolveu apostar em jogadores da antiga Ilha da Macacada: o trio Name, Cariok e Sarkis. Juntos de jogadores com menos experiência, eles tentam trazer mais um novo nome para a elite brasileira de League of Legends.

Operation Kino

TOPO – Luiz “Near” Costa / João “SKYWAF” Araujo / Nelson “Fmechanics” Filho / André “Surskity” Schmidt
CAÇADOR – Leonardo “Erasus” Alves
MEIO – Joel “Fear” Rivero
ATIRADOR – Matheus “Trigo” Nobrega
SUPORTE – Jefferson “Devourer” Aguiar
TÉCNICO – Pedro “GAFONE” Ramos

A Operation Kino é uma organização com bastante tradição no cenário brasileiro. Entretanto, para esse ano, eles resolveram apostar em novos nomes (e ninguém sabe ainda o porquê, mas com 4 jogadores inscritos para a rota do topo). Resta esperar para vermos quais surpresas a OPK trará para esse circuitão.

paiN Gaming

TOPO – Marcelo “Ayel” Mello
CAÇADOR – Gustavo “Minerva” Queiroz / Bruno “Bgob” Botelho
MEIO – Thiago “Tinowns” Sartori
ATIRADOR – Pedro “Matsukaze” Gama / Raí “Mestre” Hashimoto
SUPORTE – Eidi “Esa” Yanagimachi / Antônio “nano” Neto
TÉCNICO – Thiago “Djoko” Mai

Um dos times mais tradicionais do Brasil, com direito a 2 títulos de CBLoL, a paiN não teve um bom ano de 2018, sendo rebaixada no primeiro split e não conseguindo retornar à elite no segundo. Apostando em jogadores campeões, como Tinowns, Minerva e Esa, a paiN é uma das mais fortes candidatas ao título do Circuitão.

RED Canids Kalunga

TOPO – Pedro “Lep” Marcari / Guilherme “Guigo” Ruiz
CAÇADOR – Gabriel “Revolta” Henud / Gabriel “Aegis” de Lemos
MEIO – Felipe “Yoda” Noronha / Adriano “Avenger” Perassoli
ATIRADOR – Gustavo “Sacy” Rossi
SUPORTE – Victor “Cabu” Oliveira / Caio “Loop” Almeida
TÉCNICO – Jean-François “Nuddle” Caron / Coelho “Coelho” Rabaiolli

A RED Canids é mais um dos times que já disputaram o CBLoL e querem retornar a elite. Para esse ano, as principais novidades são o caçador Revolta, e a volta do streamer e campeão brasileiro (pela própria RED, no primeiro split de 2017) Yoda. A matilha vem com muita força em busca desse campeonato!

Team One E-Sports

TOPO – Mateus “SkyBart” Neves
CAÇADOR – Alanderson “4lan” Meireles
MEIO – Bruno “Brucer” Pereira / Murilo “Takeshi” Alves / João “Marf” Piola
ATIRADOR – Luis “Absolut” Carvalho / Victor “Steal” Ruiz
SUPORTE – Gabriel “JoJo” Dzelme
TÉCNICO – Vinicius “Neki” Ghilardi / Đorde “Spale” Spasic

Mais um time ex-campeão, a Team One traz a mesma base campeã de 2017, com jogadores como Marf, Brucer, Absolut e 4lan. A T1 mostra ter um time forte e será mais uma grande candidata ao título desse ano.

Estamos com grandes expectativas! Acompanhe o campeonato juntamente com a gente!

Deixe uma Resposta

Jeferson Souza
Tenho 23 anos e estudo engenharia elétrica com ênfase em computação. Curto muito o mundo dos games, e amo acompanhar todos os tipos de campeonatos de e-Sports, torcendo sempre pela CNB principalmente, mas também por qualquer equipe brasileira que nos represente la fora.