Arquivos

Séries e TV

His Dark Materials (HBO) | O que podemos esperar

Quando foi anunciada pela HBO, His Dark Materials me chamou muita atenção seja pela temática seja por ter mais uma adaptação de série de livros trazida para TV.

Adaptada da saga de livro Fronteiras do Universo, que tem como um de seus livros A Bússola de Ouro, que inspirou o filme em 2007 com Nicole Kidman, His Dark Materials traz uma grandiosa adaptação desde o seu episódio piloto, apresentando muito bem os personagens, explicando o universo que nós estamos, desenvolvendo nitidamente a relevância de cada personagem naquele contexto.

Por mais que você não conheça nada do universo, você pode tranquilamente assistir a série e te garanto que você vai ser imerso no universo assim como eu também fui. Em resumo, o universo de His Dark Materials está alocado numa realidade alternativa da nossa, em que os meios de transportes são dominados pelos dirigíveis, e a sociedade se estrutura abaixo do grande mandante, o Magistério. Formado por membros de todas as religiões que compõem o nosso mundo atual, é a grande autoridade dentre todas as outras lideranças.

O mundo de His Dark Materials é totalmente fictício, aonde cada pessoa te um animal como seu parceiro, os chamados daemons. Os daemons são a extensão da alma da pessoa, então desde criança já é estabelecido esse vínculo e quando chega na idade da puberdade, a pessoa tem de definir qual a forma definitiva de seu daemon. Esses seres formam uma parte muito bonita da série, desde o aspecto visual até a explicação lógica e importância que ele vai ter na série, fato já comprovado pelo piloto.

O elenco da série também é muito bem composto por James McAvoy como Asriel, mas o grande destaque fica para Dafne Keen, a X-23 de Logan, que dessa vez interpreta Lyra, a personagem principal de toda a saga e atua de forma esplêndida no primeiro episódio, prometendo ser uma das grandes revelações da série, e quem sabe para outras produções futuras do canal.

A fotografia da série é lindíssima e a produção conjunta entre HBO e BBC fica nítida nos posicionamentos de câmera e nos cortes pelos ambientes, que me lembraram muito outras produções da própria BBC, como Sherlock por exemplo. A ambientação da série numa Londres vitoriana proporciona aspectos belíssimos estruturais, formando um conjunto com o universo mágico composto das criaturas daemons, que fazem os olhos brilhar.

Vamos seguir acompanhando até onde His Dark Materials pode chegar, mas o que eu posso dizer assistindo o piloto é que a série promete entregar uma grande adaptação dos livros, fiel para quem leu, para quem só conhecia do filme e para quem quer conhecer o universo do zero. É uma série para todos os públicos, que a família pode ver sentada no sofá que vai trazer grandes diversões para o jovem, para adulto e para criança.

Deixe uma Resposta

Raphael Riveiro
Idealizador do Dinastia Geek, fanático por séries e games, engatinhando no mundo das HQs. Harry Potter, o universo Tolkien, Liga da Justiça e Tim Burton são o melhor do maravilhoso universo nerd/geek!