Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Ford vs Ferrari | Crítica

Baseado em fatos reais, Ford vs Ferrari conta uma bela história de superação, mostrando que todos os objetivos são possíveis de serem alcançados, por mais que existam males ao nosso redor que queiram o contrário.

O filme conta a história de Ken Miles (Christian Bale), humilde mecânico que surge como uma aposta de ouro da Ford para superar a imbatível Ferrari nas competições automobilísticas, sendo a principal delas, as 24 Horas de Le Mans. Para isso ser possível, o renomado piloto e engenheiro Carroll Shelby (Matt Damon), é recrutado pela Ford para cumprir esse desafio.

Você pode pensar que Ford vs Ferrari é mais um daqueles filmes de corrida alucinante com uma leve moral pelo fundo, mas o filme vai muito além das corridas. Por mais que sejam de grande importância em um terço do longa, a maior parte do roteiro se preocupa em nos mostrar os bastidores do automobilismo, e como esse meio funciona como negócio além do esporte.

Juntando o drama familiar da mulher de Ken receosa pelo trabalho do marido, com os desafios do dia-a-dia de mostrar seu serviço frente a uma grande empresa, ainda é necessário superar as mazelas do mundo corporativo, como corrupção, deslealdade e injustiça. Momentos como esse fazem o filme ganhar e muito no tom dramático.

A atuação de Christian Bale é de se destacar, e faz jus as indicações dentre os grandes prêmios da temporada. O ator incorpora um personagem com um tom mais humilde, defensor da família acima de tudo (principalmente do filho), além da dedicação até o fim em busca de um trabalho bem executado.

Durante as cenas de corrida, a câmera nos leva junto da cabine com Ken, dando foco em cada mudança de pedal, nos fazendo sentir a intensidade juntamente do piloto. Seja você fã de corrida ou não, eu não tenho dúvidas que a emoção lhe contenha pelo menos por um momento durante cada curva executada pelo lendário Ford GT40. Há uma cena de corrida na chuva que é de arrepiar!

A trilha sonora do filme é um destaque a parte. Eu juro que por momentos eu me vi quase cantarolando o tema de Speed Racer, visto a intensidade que a trilha me trouxe possibilitando uma imersão total na corrida. O clima dos anos 60 é muito bem executado no filme, fazendo com que a fotografia se mescle com a trilha, entregando um resultado extremamente satisfatório para execução da trama.

Ford vs Ferrari conquista um espaço muito digno no hall de filmes baseado em fatos reais do esporte. Acredito que o tom dramático imposto nesse longa merece destaque. Uma pena, não ter tão conquistado tanto o público, pelo menos aqui no Brasil.

Roteiro
9
Fotografia
9
Trilha Sonora
10
Direção
9
Voto do Leitor(a)0 Votes
0
9.3
Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário