Arquivos

Eventos e LugaresQuadrinhos

Festival Guia dos Quadrinhos 2019

Neste último fim de semana, dias 13 e 14 de abril, rolou no espaço Hakka, em São Paulo, a décima edição do consagrado Festival Guia dos Quadrinhos.

A proposta do evento é trazer o que há de melhor nos quadrinhos nacionais para o público que já consome e também atrair novos leitores, por meio de conteúdos bons, bonitos e baratos.

Foi a segunda vez que participei do evento, mas a primeira que de fato pude aproveitar tudo aquilo que ele proporciona, conhecendo a programação como um todo e visitando todos os espaços adaptados do Hakka para o evento.

A chegada ao local foi super acessível, próximo as estações São Joaquim e Liberdade do metrô, o que traz extremo conforto para os visitantes que se deslocam e saem carregados de novos quadrinhos para coleção. A recepção foi bem espaçosa e com staff devidamente instruído e ágil, para facilitar o acesso dos participantes e visitantes ao local do evento.

Ao adentrar o espaço Hakka, tive a sensação de um evento pessoal, que possibilita a proximidade do admirador de quadrinhos com o artista, através de um vasto espaço repleto de publicações para todos os gostos. De Disney a Marvel, dos formatinhos as graphics, o FGDQ estava preparado para todos os públicos.

Ficamos boa parte do tempo na parte do palco, aonde pudemos presenciar três atrações. Primeiro, rolou um bate-papo muito bem construído e fluído sobre os 80 anos de Batman e o legado do homem-morcego na cultura pop. Na sequência, um leilão de HQs raras foi realizado por Marcelo Borba, do Mania Comics, que com muita descontração trouxe para o público publicações raríssimas como o Tio Patinhas nº9 e um Homem Aranha nº1, a preços baixíssimos quando comparados ao de venda internet afora.

Para finalizar nossa programação no palco, acompanhamos um painel sobre o futuro dos filmes de super-herói. Mediado pelo jornalista Maurício Muniz, o painel contou com a presença de Sidney Gusman, editor das graphics MSP, o dublador Marcelo Salsicha, o ator Kiko Pissolato que interpretou o Doutrinador nos cinemas, e outros influencers da cultura pop.

Apesar de pequeno, o espaço do palco foi muito aconchegante para nossa cobertura, assim como para acomodação dos visitantes que ali estavam. Todos podiam entrar e sair tranquilamente, sempre tendo espaço para ouvir de perto sobre assuntos que tanto amamos e adoramos falar sobre.

Um dos grandes destaques do evento foi o convidado internacional Francesco Guerrini. O roteirista e desenhista italiano responsável pelos quadrinhos Disney esbanjou simpatia no evento, e durante os dois dias ficou a todo momento no estande da Culturama distribuindo autógrafos e sketches para quem passasse por lá, com um sorriso sempre encantador a cada fã.

O evento estava repleto de comic stores trazendo promoções excelentes de quadrinhos já esgotados no mercado e raros também, com coletâneas que fizeram brilhar os olhos de cada visitante do espaço. Além disso, quadrinistas expuseram seus trabalhos dando a atenção e o carinho de sempre a cada fã que passava, distribuindo autógrafos e breves conversas com muita simpatia e atenção, além do trabalho de qualidade que sempre mostram nos eventos geeks que presenciamos.

O FGDQ se mostrou um evento extremamente importante e fundamental para o calendário geek, pois proporciona a exaltação do quadrinho, arte tão rica e precária de valorização no mercado nacional, trazendo da forma mais cuidadosa e organizada possível, a atenção que os quadrinhos merecem.

Deixe uma Resposta

Raphael Riveiro
Idealizador do Dinastia Geek, fanático por séries e games, engatinhando no mundo das HQs. Harry Potter, o universo Tolkien, Liga da Justiça e Tim Burton são o melhor do maravilhoso universo nerd/geek!