Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Genius 1ª Temporada | Crítica

Não sou grande fã de produções de canais como Discovery Channel, NatGeo e afins, mas decidi dar uma chance quando vi o anúncio de “Genius”.

A proposta era muito boa: trazer a biografia de grandes gênios durante suas temporadas, levando ao espectador desde o lado conhecido da história, até o sofrimento e os mistérios familiares de ilustres mentes de nossa história.

Eis que a primeira história contada, é nada mais nada menos, de um dos símbolos mais associados a palavra gênio: Albert Einstein.

A série apresenta o Einstein aluno rebelde (será que rebelde é a palavra correta?), passamos pelos problemas familiares e sua constante mudança de país, até o Einstein consagrado e seus frutos obtidos através de seu conhecimento fora do comum.

O fato é que a série me fez ver Albert Einstein diferente do que nos é ensinado. Conhecemos um homem que sempre queria buscar algo a mais, não se contentava com a mesmice, e superou todo e qualquer obstáculo que estava a sua frente, para mostrar ao mundo quem ele realmente era, e que não queria ser, apenas mais um físico qualquer.

Uma frase me marcou a saga contada nesta temporada:

“Eu não tenho talento especial algum, mas eu sou muito curioso. Tudo o que eu faço é perguntar. Essa é a coisa mais importante. Qualquer um pode fazer isso.”

Quanto a produção da NatGeo, Geoffrey Rush interpreta de forma brilhante o Einstein em seus últimos anos de vida, já consagrado por sua obra e enfrentando as consequências do nazismo e do Führer pelas ruas de Berlim e Johnny Flinn é o responsável por trazer ao público a vida jovem e adulta de Albert, desde suas duras batalhas por um lugar na universidade, até os seus primeiros artigos publicados com muito suor.

A trilha sonora é um show à parte, orquestrada pelo gênio Hans Zimmer, responsável por tantas outras músicas célebres do cinema e da TV.

“Genius” foi muito bem em seu primeiro ano e já foi renovada para a segunda temporada, antes mesmo do lançamento desta. O próximo gênio?

Vejam o trailer desta grata surpresa do ano:

Show CommentsClose Comments

Leave a comment