Arquivos

DinastiaGoTLivrosSéries e TV

E se Daenerys puder engravidar?

Nesta temporada, Daenerys falou várias vezes sobre sua infertilidade. Vocês lembram por quê?

Lá na primeira temporada (ou no primeiro livro), quando Khal Drogo estava morrendo, Dany (Só nós podemos chama-la de Dany) recorreu à sacerdotisa Mirri Maz Durr para salvá-lo. Ela foi uma mulher que os Dothakis estavam estuprando, foi salva por Daenerys e ficou sobre sua proteção. Só que ela já tinha sido abusada e teve seus amigos e família mortos, então, Mirri quis vingança e viu no pedido da Khaleesi uma chance.

Disse a Daenerys que conseguiria salvar o Khal, mas que isso exigia um sacrifício de sangue. Dany achou que era o cavalo de Drogo, mas quando Rhaego nasceu morto e deformado como um dragão, ela descobriu a verdade. Percebendo que o marido estava vivo, mas vegetando, ela enfrentou a sacerdotisa, perguntando quando Drogo voltaria a ser o que era antes. Ela riu, contou a vingança e recitou, o que pode ser,  uma profecia.

“Quando o sol nascer a oeste e se pôr no leste, quando os mares secarem e as montanhas forem sopradas pelo vento como folhas. Quando o seu ventre estiver pronto a ganhar vida e der à luz um filho vivo. Então ele voltará, e não antes.”

Impossível, não? Naquele momento, sim. E isso fez Daenerys acreditar que seus únicos filhos seriam os dragões. Mas acontece que a profecia pode já ter se realizado. E talvez o útero de Dany possa gerar um herdeiro Targaryen (Oi, Jon, sabe quem é seu pai?). Afinal, quando Rhaego nasceu, Sor Jorah contou que ele era deformado, um monstro que parecia um dragão. E se Daenerys só puder ter um filho Targaryen? Apesar da pergunta de Tyrion sobre um sucessor para a rainha indicar uma possível democracia (o que seria muito legal), há a possibilidade de eles não precisarem se preocupar com a sucessão.

“Quando o sol nascer a oeste e se pôr no leste”

No livro “Dança dos Dragões” há um personagem chamado Quentyn Martell, herdeiro de Dorne (Saudades, Dorne verdadeira!). O símbolo da casa Martell é um sol e Dorne fica, como toda Westeros, no ocidente, ou seja, a oeste. Neste livro, ele viaja para Mereen, que fica onde? Sim, no Leste! Ele queria forjar uma aliança e um casamento com nossa Dany. Mas, a coisa desanda, Quentyn tenta capturar os dragões e Rhaegal coloca fogo nele. Então, ao morrer, o sol nasceu no oeste e se pôs no leste.

“…quando os mares secarem…”

No mesmo livro, quando Daenerys e Drogon deixam Mereen, eles pousam no meio do grande mar de grama, Mar Dothraki. Então ela percebe que aquela região que era verde e esplendorosa, estava secando e morrendo. A sacerdotisa não falou nada sobre o mar ter que ser de água…

“…e as montanhas forem sopradas pelo vento como folhas…”

As pirâmides de Mereen parecem montanhas, pois são as maiores construções do lugar. Quando Quentyn tenta capturar os dragões, Rhaegal e Viseryon voam por cima da cidade e colocam fogo nas pirâmides. E suas cinzas se espalham pelo vento.

Quando o seu ventre estiver pronto a ganhar vida…”

Quando pousou no grande Mar de Grama, Daenarys estava meio doida. Estava tendo visões, morrendo de fome e sede. Comeu umas frutinhas esquisitas, que são chamadas de berry, nos livros, bebeu uma água suspeita, e adormeceu. Quando acordou sentiu sangue entre suas pernas e ficou muito confusa. Não lembrava de quando tinha menstruado a última vez. Tinha certeza que aquilo era “sangue de mulher”, mas não entendia como aquilo tinha acontecido. Temos que lembrar que esse sangue também pode ser de um aborto espontâneo, considerando que ela estava tendo um relacionamento com Daarios na época. Ou seja, Daenerys voltou a ser fértil?

Essa questão é bem interessante. Agora falta o filho vivo. Será que Khal Drogo vai voltar para buscar sua Khaleesi depois de sua morte? Se acontecer vamos saber na oitava e última temporada, ou quando o titio Martin nos entregar a esperada continuação da história.

Deixe uma Resposta

Marcelle Suazquita
Dcnauta que adora a Marvel. Aluna imaginária da Corvinal que sonha em ser uma Elfa e casar com Clark Kent. Responsável - e irresponsável - por dar pitacos em séries, filmes e literatura. Bernard Cornwell é meu lorde e senhor.