Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Dois Irmãos – Uma Jornada Fantástica | Crítica

Para nossa primeira cabine Disney (obrigada @meugamer) fomos assistir Dois Irmãos – Uma Jornada Fantástica, o novo lançamento da Pixar.

A animação conta a história de um mundo onde existia magia, porém ela está lentamente se tornando menos necessária devido as evoluções tecnológicas.

Nos dias atuais, Ian, um elfo adolescente que está vivendo aquela fase difícil entre a adolescência e inicio da vida adulta, busca uma forma de se conectar ao seu falecido pai. Acompanhado de seu irmão (um pouco atrapalhado) Barley, um jovem adulto que é apaixonado por RPG e acredita magia realmente existe, os dois partem em uma missão deixada por seu pai, trazê-lo de volta a vida por 24h. Mas como isso é possível? Bom… com magia!

Dois Irmãos é outro trabalho fabuloso do estúdio, utilizar as histórias fantásticas dos jogos de RPG (Role-playing game – Jogo de representação) é divertido, inteligente e, de certa forma, até inédito. Outro ponto de destaque é a forma que a narrativa encontra para realocar o pai na história, ele é incapaz de se comunicar com seus filhos (já que na primeira tentativa estes só conseguem restabelecer suas pernas – vixi), mas graças a uma lembrança de infância de Barley, eles encontram um jeitinho.

Vale destacar também as coadjuvantes femininas deste longa, Laurel a mãe guerreira e destemida dos garotos, e Manticora, uma criatura mística com corpo de leão e cauda de escorpião, dona de uma lanchonete temática e extremamente divertida.

Por fim, talvez a única coisa que atrapalhe um pouco o filme é sua narrativa muito redonda, não temos grandes surpresas, mas a história tem começo, meio e fim e acredito que isso seja suficiente.

A animação ainda aborda a relação entre irmãos, das brigas aos sacrifícios e momentos de incentivo deste vínculo (inclusive esses foram os momentos que mais me emocionaram, sou irmã mais velha sabe, eu faria qualquer coisa pelas minhas irmãs). Novamente, a Pixar trabalhar a realidade das relações com um toque de fantasia, emoção e comédia. Como sempre o trabalho gráfico do estúdio é um primor, recheada de pequenos detalhes e com uma renderização perfeita.

Dois Irmãos – Uma Jornada Fantástica é uma história que aquece os corações, nos faz pensar nas barreiras que nós mesmos nos impomos e como sempre, nos lembra sobre o amor familiar, seja qual forma ela tiver.

Roteiro
8.5
Fotografia
9.5
Edição
9.5
Trilha Sonora
9
Direção
8.5
Direção de Arte
10
Efeitos Especiais
10
Voto do Leitor(a)1 Vote
8.7
9.3
Show CommentsClose Comments

Leave a comment