Arquivos

Filmes

A DC não sabe o que fazer com o Coringa?

Essa semana a mídia especializada vem sido tomada por diversas notícias do universo da DC nos cinemas. Sendo ainda mais específico, a grande maioria das notícias tem um conhecido e amado (ou odiado?) vilão: Coringa! Segundo o que circula na mídia, 4 filmes com o palhaço do crime estão em pré produção.

Primeiro o Deadline afirmou que Martin Scorsese irá produzir um longa sobre a origem do vilão, sendo o filme não fará parte do universo compartilhado e não contará com o Jared Leto a frente do papel, sendo substituído por um ator mais novo. Lembrando que Leto foi o intérprete do Coringa em Esquadrão Suicida.

Tudo muito bom… tudo muito bem, mas no mesmo dia o mesmo Deadline confirma que o ator Jared Leto deve retornar ao papel do palhaço do crime em Sereias de Gotham, que até agora só tem confirmada Margot Robbie como protagonista além de David Ayer, de Esquadrão Suicida, na direção. A notícia também confirma o ator na sequência de Esquadrão Suicida. Lembrando que, apesar de Esquadrão Suicida 2 ter previsão do início das gravações para o segundo semestre de 2018, não tem diretor ou data de estreia confirmados.

E eis que na tarde desta quarta-feira, 23, através do The Hollywood Reporter, sai a confirmação do que há algumas semanas eram apenas rumores. Um filme da Arlequina e do Coringa está em desenvolvimento, com John Requa e Glenn Ficarra, conhecidos por trabalhos como Golpe Duplo e Amor a Toda Prova, ambos em estágios finais de negociação para escrever e dirigir o longa.

É muito filme do Coringa, não acham? Lembrando que se o arco de Flashpoint for adaptado conforme a HQ, ainda teríamos uma quinta versão, só desta vez interpretado por uma mulher.

Além dos projetos citados, o vilão já esteve presente na série do Adam West, nos anos 60, interpretado por Cesar Romero, em The Batman, do Tim Burton, desta vez interpretado por Jack Nicholson além da magistral interpretação de Heath Ledger, premiada com o Oscar de melhor ator coadjuvante, em The Dark Knight (2008), de Nolan.

Mas por que o insistir (e possivelmente desgastar) tanto o maior vilão de todos os tempos? Por que sua origem é tão fascinante, a ponto de ganhar seu próprio filme “Begins”? E por que não utilizar o Jared leto no filme de origem? São tantas dúvidas que permeiam este assunto.

O que sabemos de concreto é que Warner/DC tem um infinidade de vilões de grande porte que poderiam ser utilizados. Pinguim, Charada, Mulher-Gato, Exterminador, Hera Venenosa, Duas Caras, Chapeleiro Louco, Cara de Barro, entre outros. Estes são apenas alguns vilões da galeria do Batman que teriam condições de antagonizar qualquer filme da franquia.

Será que o medo arriscar e sair do óbvio se deve a má aceitação de parte do público e da crítica de trabalhos recentes da DC? O Lex Luthor de Jesse Eisenberg, apesar de eu gostar, foi muito contestado e no geral não agradou. Aries passou tão despercebido em Mulher-Maravilha que parece nem ter existido. Pistoleiro e Arlequina até se destacaram no filme do Esquadrão, mas não se sabe se é porque os outros estavam em um nível tão ruim ou se é devido ao carisma dos atores. O Zod se saiu bem melhor no quesito Antagonista, mas o final do filme lhe deu um destino trágico, infelizmente.

O próprio Jared Leto não confirmou a expectativa que colocaram nele. Afinal, as notícias que se tinham dos bastidores, sobre o ator não sair do papel, sobre suas loucuras e peças que pregava no elenco davam a impressão que veriamos uma versão amedrontadora do Coringa, fato que não se concretizou no resultado final. Talvez ele não tenha sido dirigido da melhor forma ou a concepção de como seria o seu coringa não tenha sido das melhores. O fato que sabemos que ele é um grande ator e que poderia ter entregado um coringa muito melhor. Ainda há fé (só pra mim?)! Não sei se Wanner queimaria seu filme tão rápido assim.

O que resta agora é esperar e torcer para que o melhor seja feito. Seja com Jared ou outro ator nosso palhaço merece ser bem apresentado nas telonas.

Deixe uma Resposta

Neto Sambora
Nerd e Publicitário da cidade do sanduíche. Amo chocolate, hambúrguer, Coca-Cola zero (sim, sou estranho!) e tudo que o Mark Millar escrever. Não me julguem, mas conheci Star Wars com o Ameaça Fantasma e sou fã do Nicholas Cage!