Arquivos

Games

Review | Cuphead

Chad e Jared Moldenhauer, 2 irmãos que tinham um ambicioso projeto em mente, criar um jogo ao estilo dos desenhos dos anos 1930/1940 e pra isso eles saíram de seus empregos, hipotecaram a sua casa e contrataram 18 pessoas para o seu time, formando o StudioMDHR. O jogo, chamado Cuphead teve vários problemas de desenvolvimento e adiamentos, sendo mostrado na E3 de 2014 pela primeira vez. Com essa história que tinha tudo pra dar errado, eles fizeram o improvável e nos trouxeram um dos melhores jogos da atual geração!

O enredo de Cuphead segue a risca suas influências. Os irmãos Cuphead e Mugman vão a um cassino, no qual o proprietário é o diabo, e ai ganhar diversas rodadas, com bastante dinheiro no bolso, o diabo em pessoa aparece e lhes faz uma proposta. Se ganhassem, levariam todo o cassino e se perdessem, suas almas seriam dele. Advinha o resultado?! Pois é, nossos amigos cabeça de caneca tem a alma vendida ao diabo e para recuperar precisam derrotar grandes inimigos e trazer seus contratos de almas para o tinhoso.

A jogabilidade segue o estilo Run and Gun, lembra jogos como Megaman, Gunstar Heroes, Contra e afins. Você corre, atira, pula, tem um botão de “especial” que carrega gradualmente e tem um movimento de “parry”, onde você consegue bloquear tiros e elementos que sejam da cor rosa. Inicialmente o jogo contaria só com batalhas contra chefes, mas devido a recepção do público nas exibições do jogo, foram adicionadas fases de percurso, com dezenas de inimigos o atacando ao mesmo tempo. A dificuldade do jogo é extremamente alta, e se você não é um jogador das antigas, acostumado com o estilo Run and Gun, se prepare para muitas mortes. Os controles são friamente precisos, e todas as mortes que ocorrem no jogo são por falha sua, o jogo não é frustante por injustiça, ele exige que você melhore sempre e consiga superar seus desafios a base da tentativa e erro. Pra se ter uma ideia, quando eu terminei o jogo, apenas 0,65% das pessoas haviam terminado no Xbox!

Os gráficos do jogo são baseados nas animações dos estúdios Fleischer e Walt Disney dos anos 30, as animações do jogo são lindas, parece que você está jogando um desenho animado, a fluidez dos personagens e cenários é perfeita, dá vontade de ficar olhando cada detalhe dos inimigos e chefes que aparecem a cada fase nova desbloqueada. Se você gostava de assistir Tom e Jerry, Pica Pau, Mickey e esses desenhos dos anos 1930/1940, o jogo é repleto de pequenas referências visuais, para você identificar.

A trilha sonora é outro show a parte, temos uma boa variedade de músicas, baseadas também nas animações da época, bastante Jazz, Blues e até uma faixa de Samba que lembra as músicas do Zé Carioca. Cada fase tem uma música diferente e todas são de qualidade ímpar, já quero um vinil com todas as faixas.

Cuphead é uma obra prima na atual geração, um jogo com dificuldade elevada, excelentes gráficos e trilha sonora e principalmente um jogo que sai do status mais do mesmo que estamos vivendo na industria atualmente. Parece que os irmãos Moldenhauer vão ter dinheiro pra uma casa maior.

Chad e Jared Moldenhauer, 2 irmãos que tinham um ambicioso projeto em mente, criar um jogo ao estilo dos desenhos dos anos 1930/1940 e pra isso eles saíram de seus empregos, hipotecaram a sua casa e contrataram 18 pessoas para o seu time, formando o StudioMDHR. O jogo, chamado Cuphead teve vários problemas de desenvolvimento e adiamentos, sendo mostrado na E3 de 2014 pela primeira vez. Com essa história que tinha tudo pra dar errado, eles fizeram o improvável e nos trouxeram um dos melhores jogos da atual geração! O enredo de Cuphead segue a risca suas influências. Os irmãos Cuphead e…
Cuphead é um jogo eletrônico de run and gun e plataforma feito pelos irmãos canadenses Chad e Jared Moldenhauer com o nome de Studio MDHR, desenhado no estilo dos desenhos animados da década de 1930

Cup Head

Gráficos
Jogabilidade
Trilha Sonora
Desempenho

ESPADAS

Cuphead é um jogo eletrônico de run and gun e plataforma feito pelos irmãos canadenses Chad e Jared Moldenhauer com o nome de Studio MDHR, desenhado no estilo dos desenhos animados da década de 1930

Deixe uma Resposta

Bruno Sena
Carioca, fã do Superman e de quadrinhos em geral, além de jogar mais games do que deveria. Xbox live Gamertag: BrSena14