Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Crítica | Para todos os garotos que já amei (Netflix)

Aiiiiiiiiiiiiiiiin! Dinastia Dinastia, sabe aquele filme fofinho para aqueles dias de frio para comer com aquela pipoquinha e de pijama? Então vamos conversar sobre a Adaptação do livro “Para todos os garotos que já amei”

Para quem não sabe, esse filme diliça que a Netflix lançou no dia 17/08 é uma adaptação do Livro Para todos os garotos que já amei que faz parte de uma trilogia (Para todos os garotos que já amei, P.S. eu ainda amo você, Agora e para sempre, Lara Jean) escrito pela Jenny Han.

Tanto no filme quanto no livro, conta a história da Lara Jean filha de pai solteiro (viuvo no caso) e irmã do meio de mais 2 irmãs, Covey Girls – Margo e Kity. Lara Jean, chega no Ensino Médio, mas é uma garota introvertida tendo apenas uma amiga como sua confidente e claro sua irmã mais velha Margo.

Para todos os garotos que já amei

Tudo começa a mudar quando Margo vai para a Universidade na Irlanda. Assim como toda garota ela tem um segredinho. Lara Jean guarda cartas amorosas para todos os 5 crushs que ela teve no passado, incluindo o namorado da irmã. Como você se sentiria se todas essas cartas fossem mandadas pelo Correio para os seus crushs?

É assim que começa a deliciosa encrenca da Lara Jean e sua aventura romantica. Todos os crushs receberam as cartas, no filme fica muito claro quem foi o “luci” da vez #EntenderamAReferencia? Que é bem diferente do livro, quase no final que descobrimos quem é o safadinho que enviou as cartas!

Para todos os garotos que já amei

Como toda encrenca teve sua parte boa e ruim, assim como a vida, a Lara Jean descobre vários pontos sobre si e sobre seus sentimentos que não descobriria se não tivesse encarado um namoro fake com o Peter! Será que você conseguiria assumir um namoro fake assim para despistar o ex-namorado da sua irmã mais velha? Já que foi uma carta para ele também!

Eu, particularmente, não estava com grande expectativas dessa adaptação. Porém a Netflix fez a lição de Casa e nos presenteou com um filme muito bem dirigido, um roteiro fiel ao livro, atores novinhos mas que conseguiram passar com grande eficiencia a essencia de cada personagem do livro.

Agora, nos resta implorar para a Netflix FAZ A ADAPTAÇÃO DO SEGUNDO LIVRO TAMBÉM! NUNCA TE PEDI NADA!

E você o que achou do filme? 

 

 

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário