Arquivos

Eventos e Lugares

Campus Party Brasil 2019 | Uma experiência

Vivemos neste sábado, 16, nossa primeira experiência em uma Campus Party. Sob o sentimento de estreia, é inevitável a comparação com outros eventos, rendendo pontos positivos e a melhorar.

Sob a temática de tecnologia e inovação, o evento traz uma linha diferente de demais eventos que já contei por aqui. O Expo Center Norte, que foi palco do evento pela primeira vez, contou com uma organização muito bem feita, de forma a ficar repleto de longas mesas para notebooks, desktops e qualquer outro tipo de dispositivo que pudesse proporcionar a imersão na tecnologia que ele dispõe e investe.

Além das grandes mesas repletas de fascinados pela tecnologia, havia uma internet cabeada com velocidade satisfatória para a quantidade de logados, a Arena (área paga do evento) contava com diversos palcos que tiveram palestras durante todos os dias de evento, trazendo palestrantes renomados do meio e influencers digitais para compartilhar experiências e oportunidades aos espectadores.

Os campuseiros, como são chamados aqueles que acampam no evento durante todos os dias, expõem suas máquinas na Arena e esbanjam criatividade desde a organização de suas mesas até a estética de seus equipamentos, proporcionando grandes atrações para o espaço como os desktops personalizados de Chapolin, Super Mario e SHIELD.

Outra parte que me encantou e merece ser valorizada na Arena, são os espaços voltados a workshops. As mesmas mesas extensas são delimitadas por uma separação e um mini palco, proporcionando o ensino de novas tecnologias ou técnicas para algo já em prática pelos campuseiros, além de trazer uma oportunidade enorme de network entre os participantes e as empresas que proporcionam as aulas.

A imprensa ficou num espaço dentro do evento em meio aos participantes, diferente de outras feiras realizadas no Center Norte. As mesas eram muito bem localizadas em frente ao palco principal, possibilitando um excelente local para cobertura do evento, além da disposição favorável de tomadas e cabo de rede para os notebooks.

Além do espaço pago, o diferencial da Campus Party é que parte do evento tem entrada gratuita. A Open Campus traz um espaço com marcas mais conhecidas do público geral, como Nestlé, Jandaia, Editora Abril e Ford, disponibilizando ao público espaços interativos com temática totalmente voltada ao evento, levando a Campus Party a um público que tem interesse pelo assunto, mas que ainda não está totalmente imerso no ramo.

A transição entre espaço pago e público foi feita através de um rigoroso sistema de identificação da credencial, biometria, detector de metais, revista de bolsas e mochilas, além da identificação de notebooks e computadores, sistema esse fundamental para o evento, visto a quantidade de eletrônicos que circulam durante os dias de Campus.

As áreas voltadas para alimentação eram bem limitadas, porém para os campuseiros havia um vasto espaço de buffet com café da manhã, almoço e jantar a um preço justo para uma comida de qualidade. A Seara dispunha de um espaço bem atrativo, trazendo o novo macarrão instantâneo da marca como uma opção boa, rápida e barata para alimentação durante o evento.

Para um evento dedicado a tecnologia, a internet cabeada cumpriu bem o seu papel. Em contrapartida, o wi-fi deixou a desejar, apresentando lentidão e quedas constantes, impossibilitando nosso uso durante a cobertura, mesmo sendo anunciado como uma rede de alta velocidade e estabilidade.

Em resumo, a Campus Party é extremamente importante e fundamental para o calendário de eventos da capital, visto que é uma oportunidade de ouro para desenvolver conhecimentos e atrair público ao ramo da tecnologia, que cresce cada dia mais.

Além de tudo, o evento tem uma motivação sustentável em sua organização, que proporcionou a arrecadação de mais de 20 toneladas de e-lixo, entre monitores, CPUs, impressoras, teclados, aparelhos celulares e de ar condicionado, caixas de som, notebooks e outros acessórios de informática doados durante os dias de feira.

Fico feliz em saber que o evento é difundido por outros cantos do país, como a próxima edição em Brasília, e espero ansiosamente pelo próximo ano, para mais uma imersão e vivência com as tecnologias que estão chegando cada vez mais rápido ao nosso mercado.

Deixe uma Resposta

Raphael Riveiro
Idealizador do Dinastia Geek, fanático por séries e games, engatinhando no mundo das HQs. Harry Potter, o universo Tolkien, Liga da Justiça e Tim Burton são o melhor do maravilhoso universo nerd/geek!