Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Boneco de Pano | Resenha

Boneco de Pano é um livro escrito por Daniel Cole, lançado no ano de 2017 pela Editora Arqueiro. Um crime que aconteceu e que chocou a todos e as investigações apontam estar relacionado com um caso que foi solucionado no passado por um policial muito conhecido. Seria só mais um caso comum, exceto pelo fato de que só foi encontrado um corpo, mas ele possuía seis vítimas.

O policial William Fawkes, também conhecido como Wolf (Lobo), foi responsável pelo famoso caso de um serial killer, conhecido como o Cremador. Ele conseguiu juntar provas e prender esse assassino, porém Wolf era considerado um policial com comportamento instável e as provas foram invalidadas, inocentando o réu. No momento em que foi dado o veredito final, Wolf perdeu a cabeça e partiu para cima do acusado, quase o matando o que fez com que o policial fosse internado em um hospital psiquiátrico.

Passando-se um tempo, mas não muito, o Cremador foi finalmente preso, pois foi flagrado fazendo mais uma vítima, resultando na libertação de Wolf a ser julgado. Quando Wolf conseguiu ser reintegrado na polícia de Londres, a New Scotland Yard, um novo caso surgiu. Um corpo foi encontrado em um apartamento. Quando os policiais chegaram conseguiram identificar a cabeça da vítima, que era de Naguib Khalid, o Cremador. Logo constatou que o restante do corpo da vítima era remendado, notando-se assim que mais cinco vítimas faziam parte daquele crime. Toda uma trama foi se desenrolando nas pesquisas a respeito desse corpo, só o que eles não contavam era que Andréa, ex mulher de Wolf e repórter de um conceituado jornal, fosse receber uma lista com nomes e datas de morte das próximas vítimas.

Outros personagens policiais são envoltos na trama para tentar salvar essas futuras vítimas desse novo serial killer, que ninguém sabe quem é e nem como ele atua. Pegando a todos de surpresa em cada ação que ele toma e ficando quase impossível de ser caçado ou encontrado. Até que Edmunds, um policial novato e esforçado, começa a seguir uma trilha de pistas que no final tem tudo menos um pote de ouro.

O livro é bem trabalhado com as divisões de capítulos, pois ele se passa em pouco tempo, cada minuto é importante na trama, então cada início de capitulo temos a data e o horário que a cena está acontecendo, para que assim não percamos a noção da agilidade do assassino. Senti, nesse quesito, só a falta de trabalhar a colocação das páginas quando há flashback, pois como tudo é datado, as vezes causava uma confusão. Mas também não é nada que atrapalhe a leitura, só acho que ficaria bem melhor colocado na estrutura do livro.

A trama foi bem trabalhada, nos revelando aos poucos as descobertas e as situações, fazendo com que a história corra muito bem para o leitor. Fiquei bem presa no livro para tentar desvendar quem eram as vítimas e como ele mataria a próxima, que pra mim essa foi a parte mais emocionante do livro. Recomendo a leitura para quem gosta de livros de tramas policiais e investigações. Então queridões peguem seu caderno de anotações e ajude a New Scotland Yard desvendar esse mais novo crime do terrível Boneco de Pano.

Pontos Positivos
Crimes bem detalhados e intrigantes, compatível com o gênero
Escrita fluida. Não li nenhuma obra desse autor antes, então para uma primeira impressão creio que a escrita foi bem trabalhada
Todos os personagens foram muito bem aproveitados e isso foi bem importante para a trama
Pontos Negativos
Falta de diferenciação nas páginas de flashback. Possui datas, mas as vezes fica propenso a confusão
8.9
Show CommentsClose Comments

Leave a comment