Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

A ascensão do protagonismo feminino nas séries

Arrisco a dizer que nunca antes na história, a TV teve tantas protagonistas femininas fortes como tem nas séries da atualidade. Sejam elas vilãs ou heroínas, guerreiras ou estrategistas, cada uma delas teve sua forma peculiar de marcar espaço e fazer jus ao seu lugar nessa lista.

Em homenagem ao Dia Internacional de Mulher, que meramente foi um dia selecionado para homenagear as mulheres que tanto amamos nessa vida, mas que não precisam unicamente de um dia só para serem devidamente vangloriadas, selecionei algumas personagens do entretenimento que marcaram espaço com afinco na TV, e provam mais uma vez que lugar de mulher é onde ela quiser!

Desde já, adianto que a lista é composta de personagens que tenho um gosto pessoal em séries que estão em andamento neste ano ou no final do ano passado. Sei que faltarão muitos nomes nessa seleção, mas para isso conto com os comentários de vocês para compor essa homenagem!

Carrie Mathison (Homeland)

Protagonismo feminino nas séries

Em sua possível última temporada em andamento, Homeland está no ápice do ápice e com certeza isso não seria possível sem Carrie Mathison. A guerreira que não veste farda ou não empunha uma espada, usa de sua estratégia e poder de negociação sem igual para desenvolver conexões e resolver tramas políticas entre EUA, Oriente Médio e Rússia. Não é pra qualquer um…

Atualmente, a personagem vive um dos momentos mais duros da série. Recrutada para o Afeganistão aonde tudo começou, Carrie esqueceu cerca de 3 meses de sua vida. Isso tudo por conta de um sequestro relâmpago que sofreu durante a estadia na Rússia, onde passou por tortura e sabe Deus mais o que. Tudo leva a crer que o final da série será digno, a altura da grandiosidade da personagem.

Alpha (The Walking Dead)

Nossa, mas já uma vilã nessa lista? Pois é, mas essa merece todo o respeito e é digna de integrar essa seleção. Se The Walking Dead hoje está conseguindo voltar aos trilhos e reconquistar parte do público, muito disso se deve a Alpha e o seu bando de Sussurradores.

Já tivemos Governador e Negan como grandes vilões da série, mas acho que até então nenhum deles havia me deixado tão temeroso como Alpha. Ela é fria e calculista, muito motivado pelo passado sofrido que já conhecemos na série, e só fez fomentar o seu espírito de vilã, a ponto de liderar uma horda de zumbis de uma forma tão tranquila como uma tarefa qualquer. Alpha ainda tem muito a mostrar, e espero ainda ser surpreendido pela grandiosa atuação de Samantha Morton.

Angela (Watchmen)

Protagonismo feminino nas séries

Regina King é quase uma obrigação em lista que envolve grandes mulheres do entretenimento. A atuação dela em Watchmen é outro exemplo para justificar essa escolha. A adaptação de Watchmen feita pela HBO para TV, mostrou uma visão se o universo das HQs chegasse em uma realidade futura, aonde as guerras racistas são cada vez mais evidentes numa sociedade que se baseia na segregação.

Angela é peça chave nessa trama, e é a principal responsável pela resolução da história do início ao fim, seja pelo espírito como mãe de família e esposa, até a sagacidade como chefe de polícia da cidade. Ao final, um belíssimo reconhecimento para Angela, ou posso chamar de dra. Manhattan?

Janet (The Good Place)

Protagonismo feminino nas séries

Infelizmente nos despedimos dessa grandiosa série em 2020. Após tantas histórias aprendidas, emoções sofridas e risadas conquistadas, nos resta agradecer pela grande obra que pudemos assistir. Afinal, como é a vida pós-morte?

Eu poderia escolher Eleanor ou Tahani como representantes dessa série, mas por um motivo especial eu escolhi a querida e graciosa Janet. A faz-tudo do Lugar Bom, a assistente do Todo Poderoso. Chame- a como quiser, mas o que não se pode negar é a crescente que a personagem tem até o final da série, conquistando sua independência e mostrando todos seus sentimentos que durante toda a história eram ocultos. Já sinto saudades…

Lagertha (Vikings)

Protagonismo feminino nas séries

Em tom de despedida, Lagertha merece seu lugar nessa lista. Não pelos seus últimos momentos na série, muito mais pela sua trajetória que merece ser louvada como uma das maiores personagens femininas que a TV já viu.

Infelizmente, o roteiro da série tirou o brilho da nossa guerreira viking, mas que nunca será esquecida como aquela que bateu de frente contra tropas inteiras, questionou a liderança de seu marido e por muitas vezes o fez mudar de comportamento rumo as conquistas nórdicas.

Eu sei que faltaram muitos nomes nessa lista, mas selecionei essas 5 mulheres para representar cada qual a sua maneira, como o poder feminino tem demonstrado cada vez mais força nas séries de TV.

Sentiu falta de algum nome ou sua personagem favorita está nessa lista? Deixe nos comentários e boas séries!

Show CommentsClose Comments

Leave a comment