Arquivos

Cultura OrientalEventos e Locais

22º Festival do Japão | Muita cultura e aprendizado!

No último fim de semana (04, 05 e 06 de julho) aconteceu o 22º Festival do Japão no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, o festival é considerado o maior da categoria aqui no Brasil e pessoas do país todo vem participar dessa festa. 

O evento contou com sete áreas distintas: 

Principais Expositores

Ficaram na parte central e possuíam os maiores estandes. Todos tinham atividades, palestras, workshops de culinária e apresentações gratuitas destinadas ao público em geral. 

Stands interativos do Festival do Japão, com muitas atividades.

Área da terceira idade

Um espaço dedicado especialmente aos idosos, com estandes dedicados a saúde e cuidados especiais, espaço para exercícios guiados (dança, alongamento, meditação, entre outros) e área de descanso. 

Área das crianças

Espaço dedicado para a diversão da criançada, com oficinas de artesanato com materiais reciclados, origami, pintura e jogos. Nesse espaço também tinha uma área dos escoteiros com atividades especializadas.  

Apesar de se tratar de um espaço para crianças, todos eram bem vindos e convidados a participarem das brincadeiras, eu mesma fui na oficina de origami, aprendia a fazer Tsurus e conheci um pouquinho sobre a história desse bichinho de papel que é tão famoso. 

Workshops

O evento contou com um espaço dedicado especialmente para ensinar os visitantes sobre as diferentes artes da cultura japonesa, era possível participar de oficinas de Washi, Sumiê, Origami, Kirigami, Etegami, Manga, entre outros. 

Praça de alimentação

Foi a maior praça de alimentação que já vi em um evento!

Apesar de gostar da culinária oriental, não sou lá uma conhecedora especializada e me senti muito acolhida pelos atendentes de todas barracas pelas quais passei, todos super dispostos a explicar os pratos e até mesmo oferecendo degustação. Os preços estavam acessíveis e as porções satisfatórias (algumas bem generosas, eu diria – risos). Tinham pratos para todos os gostos, desde culinária típica japonesa ao bom acarajé baiano. 

Aqui vale um destaque especial para o cuidado dedicado aos visitantes com necessidades especiais, a praça de alimentação contou com espaços reservados para esses visitantes e voluntários estavam sempre presentes para auxiliar da melhor forma possível. 

Feira

O evento contou com um espaço enorme dedicado principalmente a expositores de produtos artesanais e cultura geek. Era possível experimentar um queijo curado e ao lado comprar um funko. 
Todas os expositores de culinária artesanal estavam distribuindo seus produtos para degustação (não precisei nem jantar quando sai do evento – risos), eram todos deliciosos e de uma variedade impressionante. 
Também tinham diversos expositores de artigos de cultura pop e geek (roupas, chaveiros, pijamas, almofadas, action figures…) e muitos expositores de artesanato (bolsas, amuletos, roupas, joias…) 

Palcos

Nos palcos foram realizadas apresentações de grupos de dança, luta e Taiko. Também aconteceram shows de música com bandas/cantores orientais e nacionais. 

Não poderia deixar de mencionar os Cosplayers que foram ao evento, a galera não mediu esforços e as produções estavam fantásticas! 

Cosplayers incríveis no Festival do Japão.

O festival foi organizado pela KENREN – Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil e contou 15.000 voluntários durante os três dias de evento. 

E que trabalho impecável da organização e dos voluntários! 

Fiquei impressionada com a organização, o cuidado, atenção e educação dedicada aos visitantes. Em toda parte haviam voluntários e socorristas prontos para ajudar com o necessário, o evento todo tinha total acessibilidade e durante a visita encontrei vários grupos de visitantes com necessidades especiais que estavam aproveitando ao máximo o evento.

O valor dos ingressos variavam de R$14 a R$28 com entrada gratuita para crianças até 8 anos, mulheres acima de 60 anos e homens acima de 65 anos.

Fiquei aqui pensando se alguma coisa ficou faltando, se algo poderia ser melhorado e cheguei a uma conclusão: o Festival do Japão 2019 pode entrar no hall dos grandes eventos perfeitos. 

Já estou ansiosa para a próxima, nos vemos na 23º edição em 2020. 

1 Comentário

Deixe uma Resposta

Andressa Popim
Oii, meu nome é Andressa Popim, Minha principal diversão é ler, ver filmes e series ♡