Arquivos

Cultura OrientalNão categorizado

10 dicas valiosas para cosplayers iniciantes

Olá pessoinhas, turo pon?

Como cosplayer iniciante que insistiu em produzir seus próprios cosplays, já passei por uns perrengues que poderiam ter sido evitados, por isso escrevo-lhes esta matéria onde recolhi algumas dicas que gostaria de saber antes de começar nessa empreitada e cá estão elas:

01. COMECE COM ALGO SIMPLES
Se você mesmo quer produzir seu cosplay e nunca fez uma barra de calça, não se jogue de primeira em cosplays complicados.

Tente mexer naquelas suas camisetas velhas antes para ter noção de como cada tipo de costura fica e qual a melhor para usar em coisa X, isso nos leva ao próximo item.

02. NÃO FUJA DOS TUTORIAIS DE COSTURA DO YOUTUBE
Por mais que sejam chatinhos, eles ajudam E MUITO! É melhor perder 5 minutinhos num vídeo chato do que tecido, linha, tempo e paciência porque sua costura ficou torta, solta ou embolada. Digo isso por experiência própria, costuro a mão desde os 9 anos então pensava que manjava muito… sqn! Haha.

03. PRODUZIR UM COSPLAY LEVA TEMPO E DINHEIRO
Mesmo cosplays simples levam tempo, ajustes, etc. Não adianta querer fazer um cosplay em uma semana. Eu já consegui, mas não recomendo, pra vocês terem noção eu terminei horas antes do evento e ainda tinha tinta secando, se algo desse errado ali todo o trabalho teria sido em vão, por isso, o quanto antes você começar mais tempo terá para ajustar falhas e deixá-lo mais bonito. Obviamente produzir seu cosplay sai mais barato do que mandar fazer um, mas saiba que material não é barato! Depois de todo o trabalho vocês vão valorizar ainda mais o trabalho dos cosmakers. E é bom sempre ter uma graninha extra para eventuais emergências também.

04. ESCOLHA UM PERSONAGEM QUE VOCÊ GOSTA!
Você vai desprender muito tempo, trabalho e dinheiro pra isso, não o faça por um personagem que você não gosta só porque ele é simples e “fácil” de produzir. Até um cosplay “fácil” dá trabalho e você pode acabar gastando dinheiro e material em algo que nem vai finalizar.

 

05. ECONOMIZE!
Pode parecer cliché, mas, FAÇA UMA LISTA DO QUE VOCÊ PRECISA! E leve uma foto para comparar cores e não levar uma cor muito distante. Eu sou uma pessoa super exagerada que já comprou 5 metros de tecido pra fazer um único cropped. NÃO SEJAM ASSIM. Caso você erre, é só voltar e comprar mais tecido/material/etc. Outra dica na hora das compras é a adaptação que será uma grande aliada. Eu acabei deixando o tecido todo de lado, comprei uma camiseta branca lisa larga, cortei, fiz o cropped e pintei, então pense no que você pode adaptar para simplificar e o faça!

06. USE SUAS PRÓPRIAS ROUPAS COMO MOLDE!
Se você precisar de algo que não tem como adaptar e vai ter que cortar e costurar tecido, use peças do seu guarda-roupa para ter una base. Fita crepe ajuda horrores! Tu não mancha o tecido de tinta de caneta/canetão, te ajuda a cortar reto e ainda te dá um espaço bom para fazer barra/costurar.

 

07. ESCOLHA BEM O TECIDO E O TIPO DE MATERIAL
Além da cor correta, há outros detalhes que devem ser observados. Tecidos baratex tendem a não ter ou ter pouca elasticidade (o que é o caso do famigerado cetim francês), o que pode causar um enorme problema, você se mata e costura lá tudo certinho e não consegue vestir, daí tem que improvisar botões/zíper pra não perder a peça. Vocês também podem ter outros problemas, com o tule, por exemplo, que é super barato e maravilhoso pra dar volume, mas totalmente transparente e necessita de uma quantidade grande para um resultado ok. O mesmo serve para os detalhes. Você vai reutilizar o cosplay? Aquele material pode ser lavado/passado? Atenção nisso!

08. NÃO DEIXE DE USAR O COSPLAY SÓ PORQUE ELE NÃO ESTÁ PERFEITO
Você está começando agora, não se cobre tanto porque perfeição é algo gradual. Você pode ir melhorando e ajustando seu cosplay com o tempo e quando estiver com ele nem vai lembrar das pequenas falhas.

09. DIVIRTA-SE E NÃO SEJA UM BABACA!
Parte de estar vestido com um cosplay é chamar atenção, divirta-se com isso e, por favor, não banque a estrelinha! Tire fotos, brinque com desconhecidos e com outros cosplayers (até com aqueles que estiverem com o mesmo que você), não há mal nenhum nisso. Quando eu fiz cosplay de Branca de neve tive que pegar várias crianças no colo, algumas eram bem pesadas e no fim do dia eu não sentia meus braços e minhas costas estavam mortas, mas foi gratificante, até maçã na estação do Brás eu ganhei!

10. ORGULHE-SE DO SEU TRABALHO
Ser cosplayer não é fácil, é passar calor num vestido de princesa ou frio num collant de vilã, ser interrompido enquanto come para tirar fotos (quando isso acontecer você pode pedir educadamente para a pessoa esperar e tentar entender o lado dela, pois pode ser que também goste muito do personagem e não vá mais te ver depois). É uma tarefa que precisa de paciência. Produzir seu próprio cosplay é maravilhoso, ter todas aquelas pessoas realmente admirando e reconhecendo todo o trabalho que você teve não tem preço, orgulhe-se disso!

Tudo pode parecer muito trabalhoso, mas compensa! Se você tem o desejo de fazer algum dia, vá fundo e depois volta aqui pra contar como foi e se as dicas foram úteis.
Um beijo e um cheiro (não necessariamente nessa ordem).

Deixe uma Resposta

Nathalia Miranda
Leonina, aspirante à desenhista, que ama Just Dance, League of Legends, Overwatch e outros games. Apaixonada por felinos. Ama ler e escrever histórias de fantasia. Co-fundadora de um rpg de Harry Potter (Hogwarts Attalea) que existe há 4 anos. Muito Sonserina sim, mas com aquela boa dose de Corvinal. E o mais importante de tudo, uma fada.