Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Vikings 6ª Temporada | Onde estava Odin?

Vikings chegou ao fim. Ainda bem ou que pena? É difícil dizer, mas uma das mais reconhecidas e caras séries de contexto histórico da TV, teve o seu desfecho concretizado mas nos deixou com um gosto amargo na boca, com um sentimento que faltou algo.

Depois de 6 temporadas de erros e acertos, com decisões um tanto quanto controversas, era hora de dizer adeus aos vikings por motivos óbvios. Uma série quando é baseada em fatos reais, tem seu momento de acabar pela História que os livros contam. O principal problema disso tudo é que Vikings parece que se perdeu na hora de isso acontecer, e quando de fato estava próximo, era hora de correr e amarrar pontas soltas.

Não é a primeira nem a última vez que vou dizer que desde o fim de Ragnar e a pífia despedida de Lagertha, a série se perdeu ao deixar nas mãos dos filhos de Ragnar, que pouco conseguiram mostrar da capacidade de protagonizar uma saga tão grandiosa. Bjorn foi um personagem totalmente inconstante, e tomada ações mais determinadas pela sua libido do que pela herança de seu pai. Hvitserk foi o filho inútil e tenho certeza que foi a desonra da família. Ivar foi a ovelha negra da família, enquanto Ubbe foi um dos únicos que se manteve firme em honrar o legado da família.

Depois de passarmos boa parte das últimas temporadas entendendo mais sobre o envolvimento dos vikings com a Inglaterra, nos foi apresentado um pouco mais do leste europeu com a vinda dos russos, mas tão logo estávamos nos acostumando com Igor, a trama já se concretizou e nem deu tempo de deixar saudades. Parece que a fuga de Ivar teve unicamente a motivação de mostrar que existia um outro povo ali e nada mais. Deu tempo de se envolver com outra mulher do reino inimigo e assim foi.

Bjorn foi o mais próximo do que Ragnar e Lagertha foi, ao menos do papel e ficou por aí mesmo. Kattegat passou a ser liderada por ele, num dos piores momentos que aquela região viveu. Coincidência ou não, seu líder não tinha o poder de imposição perante os demais, e me parece até que nem viking era. Por mais que Ivar fosse horrendo em suas atitudes e com o seu povo, tinha um instinto de liderança e perspicácia mais próximo de um viking que seu irmão, que parecia apenas querer mostrar que era mais que os outros, mas nunca conseguia.

Hvitserk dispensa comentários. Como eu disse, o filho mais inútil, beberrão e responsável pela morte de Lagertha, passa mais uma temporada sem agregar em nada, sendo apenas sombra de Ivar. É revoltante ver que o personagem que menos agregou a série toda, foi responsável por um dos momentos mais trágicos ocorridos na trama e sim, eu não vou me cansar de reclamar disso.

Já Ubbe merece todo meu respeito e dignidade. Nunca deixou de seguir seus ideais e sempre se impôs como líder por onde passou, seja em situações que não teve apoio de nenhum dos irmãos, ou até mesmo quando teve de confrontar algum deles. Traçou seu próprio destino e junto de sua amada foi em busca do improvável e do desconhecido, se assemelhando muito a um fiel seguidor de seu pai e um dos meus personagens favoritos de Vikings, o querido Floki.

Sem dar muitos spoilers, cada personagem teve seu fim. Seja ele merecido ou não, nem é o que coloco em questão. Mas o maior problema de tudo fica em como isso foi construído. Me parece que durante a produção do desfecho da série, jogaram diversos papéis com fatos numa mesa, e foram ordenando cronologicamente e simplesmente mandaram rodar, sem uma liga bem feita ou um tom de drama que antes foi tão forte com Ragnar e Lagertha.

Não tiro os méritos da série por tudo que construiu até aqui, mas a escolha dos showrunners me parece um tanto quanto tendenciosa. Será que valeu a pena sacrificar tanta coisa assim em prol do spin-off que vem por aí? Valhalla pode ser muito boa, e assim espero, mas parece que o spin-off ao invés de nos levar até os deuses, como a mitologia diz, nos fez ser abandonado por eles durante essa última temporada que nos deixa órfãos e com um sentimento vazio e ainda mais clamando por saudades de quem um dia nos fez chorar e vibrar.

Nos vemos em Valhalla…

Show CommentsClose Comments

Leave a comment

Secured By miniOrange