Arquivos

Séries e TV

Uma volta ao passado com Outlander

Você é, como eu, um apreciador de História? Então essa é a sua série!

Outlander é uma série baseada na nos livros de romance de Diana Gabaldon, isso pode afastar pessoas que podem acreditar ser essa uma daquelas séries melosas, mas não é!  Aqui nessa review, vou contar um pouquinho sobre ela, insistindo para que você pare por um tempinho para apreciar essa bela obra, que já tem duas temporadas disponíveis.

Claire Beauchamp é uma enfermeira inglesa que, após o fim da Segunda Guerra Mundial, deseja se reaproximar do marido, Frank Randall, de quem se distanciou. Então, eles partem de férias para uma cidade Escocesa chamada Inverness, pois Frank, como historiador, queria conhecer mais sobre seus antepassados na região. Principalmente um chamado Black Jack Randall, que foi um militar muito famoso.

Essa pitoresca cidade tem diversas crenças pagãs que interessou ao casal. Em uma noite, Frank e Claire acompanham algumas mulheres a um círculo de pedras, chamado de Craigh na dun, e as observam dançando ao seu redor, sem que elas os notem, encantados. No dia seguinte, Claire volta até o círculo e, ao tocar nas pedras, é transportada para o ano de 1743, durante os chamados “Levantes Jacobitas”. E é aí que a história se torna muito interessante! Vou te dar 10 motivos para assisti-la!

1. Ambientação e fotografia incríveis!

Gosta de castelos medievais? Aqui tem um monte! A ambientação da série é tão perfeita que você acreditaria perfeitamente que está no século XVIII, se não fossem os dentes perfeitos de todos. Isso sem contar com as maravilhosas paisagens escocesas. A fotografia da série é um primor de tão linda!

2. Figurino

Nota 1000 para os figurinos da série! Todos, sem exceção, marcam perfeitamente o tempo e local onde se passa a série. Destaque a parte para os vestidos estonteantes da belíssima Claire.

3. Romance/ história/ Ficção Científica/ Fantasia/Guerra

Me perguntem como eu classificaria Outlander! Eu não sei… Porque ela é um pouquinho de tudo! Tem romance, tem guerra, tem fantasia, tem tudo para todos os gostos!

4. Trilha Sonora

Essa é, sem dúvida nenhuma, escolhida à dedo, começando pelo tema de abertura, Skye Boat Song. Não tem como não cantar toda vez “Sing me a song of a lass that is gone…”. O envolvimento de cada música com cada cena me lembra muito Game of thrones. Ou seja, é épica!

5. Jamie Fraser

É ele que Claire encontra e se apaixona, quando viaja no tempo. E não é só ela, viu… Dá uma olhada nesse ser maravilhoso que é Sam Heugham! Simbora todo mundo para 1743, minha gente! Mas não só de beleza vive Jamie. Ele é um personagem incrível, intenso, idealista e inteligente. Atuação maravilhosa de Heugham!

6. Caitriona Balfe

Jaime é lindo? Sim! Mas a intérprete de Claire é tão linda quanto! Ô mulherão da porra! E sua Claire dá um show de independência, esperteza, inteligência, criatividade, utilizando seus conhecimentos do futuro. Já falei que é um mulherão da porra? Quanto à atuação, quando vocês chegarem no último episódio da segunda temporada, venham conversar comigo!

7. Química, física e biologia

Sabe aquela quantidade de sexo de Game of Thrones? Agora pensa naquela quantidade de sexo envolvendo duas pessoas lindíssimas e com uma química impressionante! Dica do dia da tia Mah: Assistam com o boy/girl magia de vocês que a coisa vai ficar boa!

8. Batalhas, sangue e tudo mais…

Lembra lá do começo quando eu disse que essa história não era um romance meloso? Não é mesmo! Como se passa nos Levantes Jacobinas, tem política, guerra, intrigas e muito sangue também!

9. Tobias Menzies

Vocês podem se lembrar dele como Edmure Tully de Game of Thrones. Mas nessa série ele está bem diferente do irmão caçula de Catelyn Stark. No início, vocês vão gostar dele. Ele é o empoado, mas adorável Frank Randall (Mentira! Nós amamos o Jamie!). Mas quando Claire viaja no tempo, ele se torna Black Jack Randall. Agora pensa num homem ruim! Pensa mais um pouco… É esse! Vocês vão amar odiar esse homem!

10. Embasamento histórico

Nesse trabalho incrível dos roteiristas (E também de Diana Gabaldon), o embasamento histórico é impressionante. Muitos dos acontecimentos da série são reais e detalhados de maneira muito convincente. Terminamos achando que não foi apenas Claire que voltou no tempo…

Consegui convencer vocês? Então comecem a maratonar porque a terceira temporada estréia em 10 de setembro, no Fox Premium 1, simultaneamente com os Estados Unidos. Consultem a operadora de vocês sobre os canais e divirtam-se!

Deixe uma Resposta

Marcelle Suazquita
Dcnauta que adora a Marvel. Aluna imaginária da Corvinal que sonha em ser uma Elfa e casar com Clark Kent. Responsável - e irresponsável - por dar pitacos em séries, filmes e literatura. Bernard Cornwell é meu lorde e senhor.