Arquivos

Cultura Pop

Star Wars: Guia do Universo canônico

Quando George Lucas e Steven Spielberg fizeram uma aposta, lá em 1977, trocando percentuais dos direitos de seus filmes (No caso, Star Wars e Contatos imediatos do terceiro grau), porque Lucas não acreditava no sucesso do seu, ninguém poderia chama-lo de louco por isso. As imensas filas nos cinemas foram uma surpresa, assim como todo o amor que a saga despertou depois disso. Logo, Star Wars se tornou maior do que ele mesmo.

Três filmes se tornaram muito pouco! Queríamos mais! Em 1999 George Lucas começou a lançar as prequels, contando a história de como Anakin se tornou o poderoso Darth Vader. Mas ainda era pouco. Muito já se escrevia sobre Star Wars, mas as histórias não tinham aprovação de Lucas. Eram um universo paralelo escrito por pessoas como eu e você, que amam a saga e tudo o que vem dela (Com exceção do episódio um). Então, em 2012, a Disney comprou a Lucasfilm e, de repente, Leia virou princesa Disney e tudo mudou em nossa vida.

Novos filmes foram prometidos e, em 2014, tudo o que foi escrito até então, sem a autorização, foi desconsiderado. Todo o universo expandido de Star Wars ganhou o selo Legends. Quadrinhos, livros e qualquer coisa que tenha sido feita fora do cinema se tornaram, como diz o nome, apenas lendas. E tudo o que a Disney dava autorização para desenvolver, a partir de então, se tornou cânone (ou canon). Artistas foram escolhidos para estabelecer uma linha de tempo para a história e tudo no canon se tornou interligado, o que não é nada ruim. Há muito material produzido sobre ambos os assuntos e o canon se tornou gigantesco! Vou ignorar os filmes, porque todos conhecem e apresentar um mundo imenso de opções, tentando separá-lo cronologicamente.  Esse artigo tem a intenção de apresentar todo o universo cânone para vocês.

Darth Maul (HQ)

Este foi o primeiro material a ser considerado cânone. Se passa anos antes de “Ameaça Fantasma”, quando o vilão mais mal aproveitado da saga era apenas um jovem treinado por Darth Sidious (antes de ele virar o Imperador). Resumidamente, ele fica sabendo que um padawan chamado Eldra Kaitis cai na mão de um Senhor do Crime, e vai atrás dele para testar suas habilidades contra um jedi, já que ele era proibido de fazer isso.

Os quadrinhos são escritos por Cullen Bunn e a arte é do brasileiro Luke Ross.

Obi-Wan e Anakin (HQ)

Essa eu sou suspeita para falar porquê adoro! Ela se passa entre a Ameaça Fantasma e o Ataque dos Clones. Mostra a relação Anakin, com seus 20 anos, com seu mestre, servindo a ordem jedi. É legal demais!

É escrito por Charles Soute e a arte é de Marco Checchetto.

 

Star Wars: The Clone Wars (Série de TV)

Você tem Netflix? Tá chateado com o Anakin dos filmes? Termina de ler o artigo e corre para ver porque essa série de animação é sensacional! Ela foi cancelada após a terceira temporada, em 2011, mas voltou a ser produzida em 2012 para o Cartoon Network e cancelada novamente em 2014.

Conta a história da guerra clônica, entre a República e os separatistas, liderados pelo conde Dooku (aquele mesmo que mudaram o nome para Dookan). É cada batalha incrível!!

O mais legal da série é ver o general (sim, general!) Anakin Skywalker sendo tudo o que nós queríamos ver nos filmes: uma estrela! E nós amamos sua padawan Ahsoka!

Star Wars: The Clone Wars (Filme de Animação)

Lançado em 2008, introduzindo a série de TV, foi o primeiro filme de animação da Saga Star Wars. E também está na Netflix.

 

 

 

Darth Maul: Filho de Dathomir (HQ)

O quê? Vocês realmente acharam que um vilão incrível como Darth Maul ia morrer daquele jeito besta, em Ameaça Fantasma? Nada disso! Esse HQ mostra como ele sobreviveu e os eventos que sucederam a isso.

Isso eu não sabia e descobri apenas ao procurar o material para esse artigo, mas essa HQ foi feita das sobras da série de TV, quando a Disney a cancelou, logo depois de comprar a LucasFilm. Ou seja, é uma continuação do que seria a quarta temporada da animação!

Star Wars: The Dark Disciple (Livro)

Escrito por Christie Golden, também vem de uma sobra da animação. Conta a história de quando o Jedi Quinlan Vos se une a Ex-Sith Asajj Ventress para matar o conde Dooku.

 

 

Kanan: O último Padawan (HQ)

Essa é outra HQ maravilhosa! Passada logo depois da Vingança do Sith, conta a história do padawan Caleb Dune, que consegue fugir da execução em massa dos Jedi e aprendizes. Ele foge e troca seu nome para Kanan Jarrus (Guardem esse nome!).

É escrita por Greg Weismann e a arte é de Pepe Larraz.

Star Wars: Lords of the sith (Livro)

Escrito por Paul S. Kemp. Este livro se passa logo após a Vingança do Sith, com Anakin em seus primeiros momentos como Darth Vader. Mostra ainda um Anakin se questionando constantemente, ainda que convertido para o lado sombrio.

 

Star Wars: Tarkin (Livro)

Escrito por James Luceno. Se passa 5 anos após o início do império. Conta a história das dificuldades de Moff Tarkin (brilhantemente interpretado por Peter Crushing no cinema) na construção da Estrela da Morte e seu relacionamento com Darth Vader.

 

Star Wars: Um Novo Amanhecer (Livro)

Escrito por John Jackson Miller. Lembram que falei para guardarem o nome de Kanan Jarrus, o jovem Padawan que escapou? Este livro conta a história dele adulto, escondendo do Império o seu domínio da Força e seu passado. Nesse livro ele conhece a personagem Hera e é um prelúdio para a série de TV Rebels.

Star Wars: Ahsoka (Livro)

Escrito por E K Johnson. Lembram-se de Ahsoka, a Padawan de Anakin em The Clone Wars? Pois bem, este livro conta toda a trajetória dela ao deixar os Jedi até se tornar líder da aliança Rebelde em Star Wars: Rebels.

 

Star Wars: Thrawn (Livro)

Escrito por Timothy Zahn. Conta a história do grão Almirante Thrawn e sua escalada na força imperial. Um dos personagens mais carismáticos e interessantes da série Rebels, agora tem também uma trilogia lançada pela editora Aleph. Ainda não li, mas se vocês já leram, deixem as impressões nos comentários!

 

Star Wars: Rebels (Série de TV)

Com o mesmo diretor da série The Clone Wars, Dave Filoni, ela conta a história dos eventos que aconteceram antes de Uma Nova Esperança. Ela traz de volta Kanan, Hera e Ahsoka e é sensacional.

Eu tô quase pedindo participação nos lucros da Netflix, mas vá lá: Também está na plataforma.

Star Wars: Catalyst (Livro)

Escrito por James Luceno. Conta a história de como começaram os laços de Galen Erso com o Império, fazendo-o projetar a Estrela da Morte. Este livro seria um prelúdio a Rogue One.

 

 

Princesa Leia (HQ)

Ok! Sou meio suspeita para falar, pois Léia é minha personagem preferida da saga (e da vida), mas eu amo demais essa HQ, publicada pela Marvel (Meu lado DC Girl se doeu ao escrever isso)! Ela conta a história do que aconteceu logo após Uma Nova Esperança, aprofundando a relação de Leia com a Aliança Rebelde e mostrando o quanto a destruição de Alderaan a abalou.

O legal dela é que afasta nossa princesa de Han e Luke, mostrando o seu lado heroína que nós tanto amamos. Leiam, por favor!

Ah! É escrita por Mark Waid e a arte é de Terry Dodson.

Star Wars: A Missão do Contrabandista (Livro)

Escrito por Greg Rucka. Um dos poucos livros não lançados pela Aleph, e sim pela Companhia das Letras, tem uma temática mais infanto juvenil. Conta a história de uma missão de Han Solo e Chewbacca para a Aliança Rebelde.

 

 

Battlefront: The twilight company (Livro)

Escrito por Alexander Freed. Acompanha a série de Games Star Wars: Battlefront. Conta a história da Companhia Crepúsculo, um grupo de Rebeldes desorganizados, que lutam contra o Império.

Chewbacca (HQ)

Também publicada pela Marvel, essa minissérie de 5 edições conta histórias do nosso querido Wookie, copiloto da Millenium Falcoln, trabalhando para a Aliança Rebelde.

Escrita por Gerry Duggan e a arte é de Phil Noto.

 

Star Wars: Herdeiro do Jedi (Livro)

Escrito por Kevin Hearne. Este livro mostra a relação de Luke Skywalker com a Aliança Rebelde, sendo tratado como um herói por ter destruído a Estrela da Morte, enquando aprende sobre a Força sozinho.

A Arma de um Jedi (Livro)

Escrito por Jason Fry. Também outro livro da Companhia das letras. Conta uma aventura de Luke Skywalker após a destruição da Estrela da Morte.

 

 

Lando (HQ)

Também da Marvel. Conta a trajetória de Lando Calrissian antes de se tornar administrador de Cloud City, tentando roubar uma das naves mais velozes da galáxia.

Escrita por Charles Soule e com arte de Alex Maleev.

 

Star Wars (HQ)

Provavelmente a mais importante entre as publicações da Marvel. Conta as histórias dos heróis entre Uma Nova Esperança e O Império Contra Ataca. É nela que Darth Vader reconhece o sabre de luz de Anakin e começa a pensar em quem pode ser o jovem Luke Skywalker. É sensacional e imperdível!

Escrita por Jason Aaron e com arte de John Cassaday.

Darth Vader (HQ)

Este é um quadrinho que complementa perfeitamente a HQ Star Wars, pois mostra o mesmo período na visão de nosso vilão preferido e do Império Galático.

Escrito por Kieron Gillen e com arte de Salvador Larroca.

 

Doutora Aphra (HQ)

Este quadrinho conta a história da contrabandista e engenheira de droids que foi apresentada nos quadrinhos de Darth Vader. Ele se passa após o período da HQ de Vader com a contrabandista precisando se esconder do Lorde Sith e de caçadores de recompensa.

Escrita também por Kieron Garth e arte de Salvador Larroca.

Han Solo (HQ)

Estava faltando uma série para o nosso contrabandista preferido, né? Pois bem, essa minissérie de 5 edições mostra Han participando de uma corrida enquanto trabalha para a Aliança Rebelde.

Escrita por Marjorie Liu e com arte de Mark Brooks.

 

Star Wars: Alvo em movimento (livro)

Escrito por Jason Fry e Cecil Castellucci. É mais um infanto-juvenil da Companhia das Letras, mostra uma aventura da Princesa Leia entre os episódios V e VI, onde Leia descobre os planos de construção de outra Estrela da Morte.

Star Wars: Marcas da Guerra (livro)

Particularmente eu não gostei muito desse livro. Mas vamos falar dele… Escrito por Chuck Wendig, se passa depois de O Retorno de Jedi. Mostra como o universo lidou com a queda do império e o que aconteceu com seus remanescentes.

 

 

Star Wars: Império Despedaçado (HQ)

Essa HQ da Marvel se passa após a derrocada do Império. Nela conhecemos Kes Dameron e Shara Bey, os pais de Poe. Nossos heróis também fazem participações nessa minissérie de 4 edições.

Escrita por Greg Rucka e com arte de Marco Checchetto.

C-3PO (HQ)

Também da série Jornada para O Despertar da Força, ele conta a história de como o droid chato que aprendemos a amar conseguiu o braço vermelho que apresentou no filme.

Escrito por James Robinson e com arte de Tony Harris.

 

Star Wars: Estrelas Perdidas (livro)

Escrito por Claudia Grey, é o primeiro livro adulto da saga na Companhia das Letras. Conta a história de dois amigos que tinham o sonho de pilotar naves imperiais. No entanto, um acaba se juntando à aliança rebelde e o outro permanece leal ao Império. Nele nós passamos por vários momentos da saga sobre a ótica do casal. É bem legal e contém pistas sobre O Despertar da Força!

Star Wars: Life Debt (livro)

Também escrito por Chuck Wendig, dá continuidade a Marcas da Guerra. Logo, vocês podem imaginar que não li. Nele, a princesa Leia envia Norra Wexley e seu filho em uma missão com outros personagens de Marcas da Guerra.

 

 

Star Wars: Bloodline (livro)

Também escrito por Claudia Grey, conta a história de como Leia de tornou a General Organa, dividindo-se em seu papel de política, esposa e mãe. Mostra sua preocupação em como a nova geração, incluindo seu filho Ben, não lembra do totalitarismo do Império, gerando o início da Primeira Ordem. Ainda não li, mas é o próximo da minha lista!

 

Star Wars: Before the awakening.

Escrito pelo quadrinista Greg Rucka, se passa pouco antes de O Despertar da Força e conta a história de Rey, Finn e Poe. Voltado para o público Infanto Juvenil.

Poe Dameron (HQ)

Nessa HQ bem legal, Poe é enviado em várias missões pela general Organa, inclusive em busca de Luke Skywalker. Essa HQ não se trata de uma minissérie, e sim, de uma nova série original. Então, esperem muitas outras HQs!

Escrita por Charles Soule e com arte de Phil Noto.

 

É muita coisa, né? Mas tantas coisas boas que vale a pena embarcar nesse mundo maravilhoso! E aguardem nosso próximo texto sobre o Universo Extendido: Legends!

Todos os livros e HQs citados neste post podem ser comprados, com desconto, em nosso link, acesse aqui.

10 Comentários

  1. Marcelle, eu serei eternamente grata por este teu artigo! Sou novata nesse universo de Star Wars… Me apaixonei pela saga quando assisti os filmes e comecei a pesquisar sobre o assunto… Estava meio perdida mas agora me esclareceu bastante… Obrigada, obrigada e obrigada!

    1. Que coisa boa, Carol! Que a força esteja sempre com vc! Depois olhe os outros artigos no site. Tem bastante coisa sobre Star Wars. Em breve vou fazer um post de sugestões do Legends também. 🙂

    1. Oi, Pyke! Tudo bem? Apesar de serem ótimas (Só li a primeira, mas curti muito) elas, infelizmente, são consideradas legends, assim como muita coisa boa. 🙂

Deixe uma Resposta

Marcelle Suazquita
Dcnauta que adora a Marvel. Aluna imaginária da Corvinal que sonha em ser uma Elfa e casar com Clark Kent. Responsável - e irresponsável - por dar pitacos em séries, filmes e literatura. Bernard Cornwell é meu lorde e senhor.