Review | Arrow S06E10

0
106
views

A vida de Oliver Queen não está fácil, ainda mais voltando a vestir o capuz de Green Arrow, no último episódio (que você pode conferir aqui) começamos a ver isso. Uma legião de inimigos conhecidos junta forças, a equipe se divide por falta de confiança, são alguns dos problemas que o Arqueiro Verde precisa lidar neste retorno da série. Vamos conferir o que aconteceu neste episódio, alguns spoilers serão mencionados aqui.

A atual situação do time Arrow, faz com que um personagem arqueiro e conhecido, chegue nos próximos episódios no momento certo, este será Roy voltando a integrar a equipe. O episódio com o nome de “dividido”, mostra a equipe dividida em 2 e quase não fala, o que parece ser exatamente o que Cayden James quer. As consequências do episodio anterior vem continuando até aqui, não ficando em alguns minutos, mostrando que está separação vai continuar por algum tempo.

Oliver insiste em dizer que o time B fez coisas que justificam a vigia e espionagem em cima deles e entende que ele é o único em posição de perdoar ou não. Erros houveram de todos os lados, mas Oliver e Felicity ainda acreditam que estão certos e que os demais, que tem sorte em serem perdoados. O time B (composto por Curtis, Dinah e Rene) vai lidar com essa ruptura muito melhor do que Oliver, isso inclui Diggle ajudando Oliver a entender melhor e que não é dono da razão na minha opinião.

Bom, no episódio desta semana Cayden James quer os portos administrados por Jerry Bertinelli, Cayden dá a Jerry um ultimato: entregue os portos ou sua filha será assassinada. Nisso, Jerry tenta uma aliança com o Arqueiro Verde.

Felicity e Diggle finalmente descobriram que Laurel se infiltrou e hackeou o bunker há algum tempo e decidem usar isso a favor para rastrear Cayden e localizam. Felicity e Diggle alertam Oliver para não ir sozinho, mas ele vai para ser o elemento surpresa. Ele não tem muita sorte porque a Legião do Mal (Vigilante, Ricardo Diaz,  Anatoly, Sereia Negra e Cayden) chegam e ele se vê obrigado a fugir.

Dinah, Rene e Curtis estão se acostumando com a vida de não vigilantes, Curtis está trabalhando tentando criar um implante para consertar o tremor de Diggle. Rene que foi demitido do escritório do prefeito, está curtindo o tempo com sua filha, Dinah e Vincent estão começando a se aproximar (mas isso logo acaba). Felicity e Diggle compartilham com Dinah que Vicent está trabalhando junto com Cayden.

Diggle ainda não pode sair para ajudar devido ao seu problema de tremor, mas ajuda Oliver a montar alguns explosivos no armazém de Bertinelli, além disso, Diggle sugere que Oliver peça a Curtis, Rene e Dinah para voltar, mas Oliver recusa porque ele ainda não pode confiar neles e acredita que ele, Diggle e Felicity podem lidar com isso por conta própria.

Esse questionamento de Diggle e o último encontro com essa legião de vilões, faz com que Oliver tenha outro encontro com Dinah, Rene e Curtis. Ele pede desculpas pela falta de confiança e pede para voltarem a unir forças. Nada feito: o time B decide trabalhar por conta própria, eles estão formando sua própria equipe nas antigas instalações da Helix e Oliver deseja sorte. Por fim, Curtis entrega a Diggle uma nova versão do implante (igual aquele que faz Felicity andar), fazendo ele voltar a campo.

Por fim, Thea volta a trabalhar na prefeitura a convite de Quentin como chefe de gabinete, ela não voltou para campo, mas está ajudando Oliver de outra forma. Como será o trabalho das equipes separadas? Cayden irá se aproveitar desta situação? Deixem seus comentários sobre este episódio e a temporada até o momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here