Arquivos

DinastiaGoTNão categorizadoSéries e TV

Season 7: Episódio 6 – Além da Muralha (Game of Thrones)

Respira, respira, respira!

Foram essas palavras que fiquei falando em looping após acabar o episódio 06 de Game of Thrones. O episódio tão esperado, foi até exibido incorretamente na Espanha na semana passada, fazendo com que a internet se torna-se um lugar perigoso além da muralha.

Eu sei pra vocês assistir GoT é uma religião, um culto semanal naquele período do ano e NADA é mais importante que ligar a TV na HBO às 22h. Eu sempre gostei da série, mas eu estava mega atrasado, preso ainda na terceira temporada quando me desafiei a fazer algo completamente insano. Vou maratonar a série desde o primeiro episódio para poder assistir o episódio 06 e analisar pra galera. Bem, foi cansativo, poucas horas de sono, mas eu consegui!

Agora falando do episódio em questão. É incrível como todos os núcleos de personagens funcionam bem nessa temporada e principalmente nesse episódio, Snow e seu comboio, Sansa e Arya, Tyrion e Daenerys, todos os núcleos funcionam de maneira primorosa.

O episódio começa com Jon e seu comboio partindo para além da muralha para trazer alguma prova a Cersei que a Guerra contra o senhor da noite é muito mais importante que a guerra do trono. Uma cena interessante nessa caminhada do comboio é quando Snow tenta entregar a Jorah a espada que foi lhe entregue por seu pai Jeor Mormont, mas Jorah não aceita, dizendo que decepcionou seu pai e a sua casa.

Em meio a conversas e brincadeiras, o comboio avista um urso branco, mas não um urso polar, e sim um urso zumbi! Durante a batalha contra o maldito urso, Thoros acaba sendo gravemente ferido.

Sem pestanejar, o grupo prossegue em sua jornada atrás dos caminhantes brancos e sem muita demora encontram um grupo de mortos vivos. A oportunidade era perfeita, eles capturaram um morto vivo e derrotaram um caminhante branco, mas o tiro saiu pela culatra e o zumbi capturado pelo comboio chamou ainda mais mortos vivos, fazendo com que nosso grupo fosse cercado em uma pedra, com gelo frágil em volta. Seria questão de tempo até que o gelo ficasse mais resistente e os mortos chegassem até o Rei do Norte. Gendry foi enviado até Atalaialeste do Mar mandar um corvo para Daenerys pedindo ajuda para salvar Snow e seus companheiros.

Tyrion, que estava na pedra do dragão com Daenerys, fala sobre os homens apaixonados de sua rainha, e inclui Jon Snow na lista de amores da mãe dos dragões, que brinca dizendo que Snow é baixo demais para ela.

Outro núcleo interessante é em Winterfell com Arya, Sansa e Mindinho. Primeiro com Arya confrontando a irmã com a carta que foi enviada por Sansa lá na primeira temporada, carta que foi plantada por Mindinho no episódio passado, e o maldito conseguiu o que queria, um desentendimento das irmãs. Ali ele plantou outra semente, dizendo que Brienne poderia ajudar. Eis que chega um convite de Porto Real e Sansa manda Brienne em seu lugar, mesmo a cavaleira dizendo que não é seguro ficar sozinha com Mindinho em Winterfell.

Eis que Sansa começa a fuçar coisas no quarto da irmã e encontra sua coleção bizarra de rostos. Na cena mais sinistra do episódio, Arya aparece e explica um pouco do que pode fazer, deixando a gente com uma sensação que ela poderia matar a própria irmã para pegar seu rosto. Bem, acho que depois desse susto a Sansa não vai mais mexer com a Arya tão facilmente.

Eu senti que houve uma sensação de estranhamento por parte dos espectadores quanto ao tempo que Gendry levou pra chegar até Atalaialeste e o tempo que o corvo chegou até Daenerys. Mas durante o período que se protegiam na pedra central, era visível uma mudança no tempo ao redor deles, inclusive com uma cena de cochilo entre alguns membros do comboio. Lembre-se as vezes a narrativa dos personagens ocorre em tempos diferentes, e por mais estranho que pareça pequenos detalhes fazem toda diferença para acompanhar o tempo de maneira correta.

Saindo dessa parte técnica, eis que acontece a cena mais SENSACIONAL do episódio, enquanto os homens lutavam bravamente para sobreviver. Primeiro Thoros de Myr morre por não aguentar o frio com seu corpo fragilizado do ataque do urso e infelizmente nosso adorador do Senhor da Luz, Beric Dondarrion, parece não ter mais alguém para ressuscita-lo. A esperança retorna com chegada da mãe dos dragões montada nos seus filhos gigantes e tacando fogo em todos mortos vivos que estavam atacando o Rei do Norte. Dracarys pra lá e pra cá, tudo parecia perfeito e salvo até que o senhor da noite pega uma lança de gelo e acerta em cheio Viserion, o dragão cai no gelo, sangrando e afunda em meio ao mar congelado. Uma cena triste, mas que não pode ser sentida por Dany e pelo comboio, visto a situação de urgência que se encontravam. Todos foram subindo em Drogo, mas Jon Snow, mais uma vez em seu momento heroico, movido pela raiva de ver um dos dragões derrotado, parte pra cima dos mortos vivos, tentando alcançar o senhor da noite.

Bem o tempo urge e o senhor da noite aparece com outra lança congelada. Eis que Daenerys tem que partir sem Snow, que pra completar cai em meio ao mar congelado junto com mortos vivos que tentam dilacerar sua pele. Mas João das Neves é guerreiro e ressurge das águas congeladas pronto pra lutar de novo, e quando estava cercado, sem chances de vitória um cavaleiro negro mascarado surge com uma corrente com ponta flamejante (Castlevania Feelings) e salva o nosso guerreiro imortal. (SNOW É IMORTAL, É O NOSSO HIGHLANDER, VIVA O REI DO NORTE!)

Ao retirar a máscara, o cavaleiro negro é ninguém mais, ninguém menos que BENJEN STARK. O cara surge só pra salvar seu sobrinho bastardo e morrer em meio aos mortos vivos. É uma pena.

Em Atalaialeste, Daenerys está acompanhando de longe a imensidão gelada, esperando seu nobre guerreiro aparecer deitado em um cavalo ao menos vivo, e é isso que acontece, Snow volta vivo como nunca, não tão bem quanto esperávamos. Cheio de feridas e cicatrizes, Snow é levado para seus aposentos para ser cuidado, e a mãe dos dragões o acompanha preocupada.

Após uma pequena melhora vemos a cena mais esperada nos últimos tempos, Daenerys diz que vai lutar ao lado de Snow, e Jon aceita ajoelhar-se a Rainha Daenerys Targaryen. Uma cena bonita, até romântica, e que poderia ter terminado o episódio de maneira esperançosa. Mas isso aqui é Game of Thrones, e não dá tempo de ser feliz! A última cena mostra os caminhantes brancos retirando Viserion de dentro do lago congelado (com correntes mágicas gigantes que surgiram do além) e o Rei da Noite o transforma em um Dragão Branco de Olhos Azuis!!!

O episódio foi rápido, direto, sem muita enrolação e aparentemente o próximo vai ser no mesmo ritmo! Infelizmente os vazamentos acabaram com o clima de ansiedade de muita gente, inclusive com gente desanimando de esperar domingo pra ver, porque já havia tomado spoilers pesados.

Espero que a HBO aprenda que seu conteúdo é importante e que a segurança das suas informações deve ser crucial. Não dá pra um estagiário soltar o episódio errado em algum país da vida e esperar que todos esperem pra assistir o episódio no domingo.

Como dizem os shippers: Jonerys está mais vivo que nunca <3

Respira, respira, respira! Foram essas palavras que fiquei falando em looping após acabar o episódio 06 de Game of Thrones. O episódio tão esperado, foi até exibido incorretamente na Espanha na semana passada, fazendo com que a internet se torna-se um lugar perigoso além da muralha. Eu sei pra vocês assistir GoT é uma religião, um culto semanal naquele período do ano e NADA é mais importante que ligar a TV na HBO às 22h. Eu sempre gostei da série, mas eu estava mega atrasado, preso ainda na terceira temporada quando me desafiei a fazer algo completamente insano. Vou maratonar…

Episódio 6 - Além da Muralha

Roteiro
Edição
Fotografia
Trilha Sonora
Figurino
Direção
Direção de Arte
Efeitos Especiais

Deixe uma Resposta

Bruno Sena
Campeão dos 100M rasos em séries da Netflix. Fã de quadrinhos, principalmente do Superman. Carioca, curte uma cerveja gelada no fim de semana, enquanto prepara seu plano de dominação mundial.