Arquivos

Séries e TV

Review | Westworld S02E05 – Akane No Mai

Senhoras e senhores, enfim Shogun World foi apresentado neste último domingo! Depois de muito se comentar sobre, desde a aparição dos samurais na 1ª temporada, até a confirmação de um mundo no Japão Medieval nos trailers de seu segundo ano, Westworld arreganhou a porta para novas possibilidades, apresentando mais um mundo aos seus fãs.

Raptados pelo samurai que vimos no fim do episódio 3, Maeve, Hector, Armistice e Lee, são levados aquele ambiente que todos nós sonhávamos conhecer. Shogun World enfim é apresentado, e se notam muitas semelhanças a Westworld de cara. Hector e Armistice percebem que o comportamento dos samurais que os raptaram, nada mais é do que o mesmo que eles praticaram no assalto ao bordel de Maeve. A narrativa é muito semelhante, com leves mudanças de sequência dos atos, e é claro, dos personagens envolvidos na narrativa.

Lee conta que Shogun World “…foi projetado para aqueles visitantes que acham o Westworld calmo demais.” Treta is coming! Nem precisou observar muito para ver que ali, o bicho ia pegar. A chegada do grupo é orquestrada por Paint it Black, mesma música do assalto de Hector a Westworld, mas agora com um leve toque nipônico. Momento mágico do episódio! Entre flechas e espadas, o grupo sobrevive e impede o assalto a casa de entretenimento das gueixas, impactando diretamente na narrativa proposta.

Ali, Maeve conhece seu lado oriental, Akane. Aquela que dá o nome ao episódio, se mostra uma personagem espetacular durante o episódio, crescendo em sua jornada, assim como Maeve também o fez durante toda a primeira temporada. O mesmo drama sofrido pelo personagem de Maeve, Akane também sofre através de sua filha, Sakura.

O episódio não agregou em muito aos mistérios construídos até então. Os principais pontos que Akane No Mai trouxe, foi que além da existência de outro mundo, este é um espelho de Westworld, só que mais sangrento…O visual do episódio e os personagens são incríveis, dignos da melhor trama de Japão Feudal que você já tenha visto.

Ah, teve Dolores também no episódio… mas precisamos falar dela? Confesso que foi a parte chatinha. Junto de Teddy, protagonizam uma cena de amor, que resulta numa atitude extremamente surpreendente de Dolores. Com o apoio de um dos cientistas, ela pede que seja alterada a programação de Teddy, afim de explorar ao máximo seu “lado mal”. Dolores se cansou do Teddy bonzinho ao seu lado, e que pensou para não matar os Confederados. Agora, será que ele reagirá bem a essa mudança?

O fim do episódio traz um mistério inimaginável para a saga de Maeve. Ela tem uma nova voz! Mas o que é isso? Agora, ela não precisa falar aos anfitriões. Por meio de uma espécie de comunicação telepática ou algo da tipo, Maeve ordena que todos os soldados que estão a caça de Akane, se matem entre si… Cena lindíssima de ver!

Agora resta a pergunta. Quem implantou essa voz em Maeve? Seria uma mera anomalia a sua programação, ou um plano arquitetado de forma brilhante e agora colocado em prática? Robert Ford, eu sei que você está aí….

Deixe uma Resposta

Raphael Riveiro
Idealizador do Dinastia Geek, fanático por séries e games, engatinhando no mundo das HQs. Harry Potter, o universo Tolkien, Liga da Justiça e Tim Burton são o melhor do maravilhoso universo nerd/geek!