Review | Westworld S02E03 – Virtude e Fortuna

0
37
views

Caros seguidores do Dinastia Geek, mais um domingo se passou em Westworld, digno daquele “uau” no TV Time. Em um episódio cheio de lembranças da 1ª temporada e cada vez mais teorias em nossa cabeça, foi digno de deixar a Nazaré vesga. Vamos aos fatos…

O episódio começa mostrando um novo mundo, aparentemente construído com base nos palácios indianos, aonde elefantes são o principal meio de transporte da população, e os bigodudos de turbante circundam por aí. Somos apresentados a dois personagens que não tem nome revelados e nem tempo aonde os fatos acontecem. Acredito eu, que a personagem mostrada é Theresa Cullen, uma das diretoras executivas da DELOS.

Durante a cena, em uma prova de fogo a mulher acaba tirando as dúvidas de que seu parceiro é um robô, a partir de um tiro na cabeça. Simples, não? Ok, nada demais para o mundo que já conhecemos de Westworld. A mulher e seu companheiro robô, seguem em expedição pela selva do mundo hindu, e notam que há algo errado, já que anfitriões não estão no lugar respectivo da narrativa. Depois de certa confusão no acampamento, a mulher acaba perseguida por um tigre (Shiva, é você?), e o fim da cena resulta naquilo que vimos no final do primeiro episódio da temporada, que a Marcelle contou aqui para nós. Pois é, os mundos estão cada vez mais integrados, e difíceis de serem controlados.

No mundo presente, Bernard e Charlotte estão em busca de Peter Abernathy. O pai de Dolores no passado, está com a mente totalmente transtornada e parece guardar um enorme segredo. Durante a busca, Peter e Bernard acabam sendo raptados, e levados para os Confederados. Estes, que estão em negociações com Dolores, ou como ela mesma pede para ser chamada, Wyatt. Sob o discurso de união contra o mundo externo, Dolores conquista a parceria dos Confederados, que agregam extremo poder de fogo ao bando.

Em uma outra jornada, Maeve, Lee e Hector seguem em busca de respostas. Durante o caminho, Maeve se depara com fantasmas do passado. Os índios que um dia lhe afugentaram junto de sua filha, pedem que lhes entregue Lee em busca de paz. Recusando o acordo, a alternativa é a fuga desenfreada do trio, que volta para as salas de controle por meio de um dos elevadores espalhados pelo Westworld.

De volta a vila dos Confederados, Dolores se encontra com Peter em uma das cenas mais bonitas da temporada até então. O pai reconhece a filha, mas não consegue expressar muitos sentimentos, já que a insanidade está espalhada pela sua mente, sem nenhum controle sob suas ações ou palavras. Fica cada vez mais evidente que as narrativas de Peter estão totalmente desornadas em sua mente, mas porque?

Lembro a vocês que isso aconteceu desde aquela cena da 1ª temporada, em que ele vê a foto que comprova que existem diversos ambientes na série. A partir disso, é usado como fonte de saída das informações confidenciais do parque. Mas, que informações são essas? Dolores pede ajuda a Bernard para isso, e ele consegue ter acesso ao que está escondido na programação de Abernathy (Conta pra gente, Bernard!!!)

De volta a saga do trio, eles encontram Armistice na sala de controles em posse de um lança-chamas. Felix e seu companheiro são rendidos pelos quatro, e levados para a saga da busca pelas respostas.

(Ok Santoro, a gente sacou a referência… #GoTFeelings)

Voltando a vila dos Confederados (não se percam, companheiros!), Charlotte leva força máxima para confrontar Dolores e os Confederados, que são brilhantemente traídos pela mente sórdida, perversa e genial de Wyatt no corpo da bela loira. O objetivo de Charlotte era único: resgatar Abernathy e as informações que ele guarda. Depois de dura batalha, conseguem o objetivo numa cena digna de “Dolores Exterminadora”, se é que me entendem… A mulher leva tiro atrás de tiro como se fosse cócegas. Que mulher!

Na cena final do episódio, Lee, Maeve, Hector, Armistice e Felix estão caminhando por uma floresta nevada. Lee se depara com uma cabeça de um samurai, e todos são surpreendidos por um vivísssimo que vem correndo em direção a eles pela floresta. VEM SHOGUN WORLD!!!

Um excelente episódio, com mais uma vez núcleos bem desenvolvidos, com quase nada esclarecido e mais dúvidas em nossa cabeça. Westworld, te venero e sigo com excelentes expectativas para este decorrer de temporada!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here