Review | Westworld S02E01 – Journey into Night

1
290
views

Este domingo estreou a segunda temporada de Westworld, uma das mais comentadas apostas da HBO. Ainda mantendo o mesmo estilo elogiado na primeira temporada, com diversas linhas do tempo e acontecimentos se misturando no mesmo episódio, o que queríamos saber é se manteria o mesmo grau de interesse da primeira temporada. Como podem se recordar aqui, a primeira temporada foi cheia de mistérios e teorias. Todos queríamos ver se os nossos pitacos para a segunda temporada seriam corretos e o que aconteceu após a chacina no final da temporada. Conseguiria a série manter o interesse?

Bem, posso dizer, após esse primeiro episódio, que a resposta é um grande e sonoro SIM! O mistério ainda está lá, assim como os nossos personagens preferidos. Dolores e Teddy, Maeve e Hector, William, o pistoleiro negro… E Bernard, principalmente! E já deu para perceber que o papel do anfitrião confeccionado à imagem de Arnold será ainda mais importante nesta temporada.

Além dos personagens antigos, já conhecemos alguns novos: Fares Fares é Antoine Costa, técnico de informática, Betty Gabriel é Maling, uma das soldados que tentarão restaurar a ordem no parque e meu querido Gustaf Skargard (Floki de Vikings) é Karl Strand, um funcionário do parque que ainda precisamos ver a que veio. Só posso dizer que estou ansiosa pois adoro o ator!

O episódio começa com Arnold conversando com Dolores sobre sonhos e realidade. Ele tenta explicar à ela a diferença, mas a anfitriã não entende. Então ele diz que tem medo do que ela será no futuro.

Já corta para a cena de Bernard acordando na praia, aparente tão confuso com a linha do tempo como nós. De repente, vários soldados aparecem já apontando as armas para ele, mas um funcionário do parque o reconhece e diz quem ele é. Então, ele é levado, pois os chefões da Delos querem conversar com ele para saber o que aconteceu. Conforme ia andando, nós vemos os soldados matando os robôs restantes, enquanto Bernard caminha muito confuso.

Karl Strand pede a Costa que cheque a memória de um índio para saber o que aconteceu. Ele abre a cabeça do robô e retira uma capsula que anexa à uma espécie de tablet e conseguem ver um filme da última memória dele. Nela, Dolores atira em vários robôs que estão com ele, dizendo que eles não são dignos de atravessar o vale.

Em outra linha do tempo, provavelmente na noite do massacre, Bernard e Charlotte Hale estão em um celeiro com outros executivos da Delos, enquanto se escondem dos anfitriões que estão matando todos. Charlotte pergunta a Bernard onde é o ponto de acesso ao parque mais perto. Então, os sobreviventes decidem sair dali e procurar o ponto para escaparem.

Bernard diz que é melhor não saírem e, quando um robô simples é agredido, tenta defendê-lo e é empurrado, batendo a cabeça. Ele percebe que um líquido transparente sai pelo ferimento e sai junto com os homens para procurar o acesso. Quando chegam lá, Bernard percebe que é uma armadilha e se esconde com Charlotte. Mas os outros executivos são capturados por uma anfitriã, que não me lembro de ter visto antes. Charlotte, então, conta a Bernard que há um outro ponto de acesso ali perto, que ela tem conhecimento.

Dolores e Teddy aparecem perseguindo executivos e atirando neles. Depois, ela prende alguns como se fossem os enforcar e diz que aquilo é um acerto de contas. Que ela não é mais nem a filha do fazendeiro e nem Whyatt, pois isso foram eles que criaram para ela. Que ela era alguém completamente diferente agora.

Em outro canto vemos que William sobreviveu ao massacre, colocando-se por baixo de alguém. Ele segue para o parque e encontra o menino Robert Ford. William diz que gosta de como as coisas estão naquele momento, pois a brincadeira havia acabado e agora todos tinham algo a perder de verdade. O anfitrião baseado em Ford quando menino, então, diz ao pistoleiro que, agora, aquele é o jogo que criaram para ele. E que ele começaria onde terminou e terminaria onde começou.

Na sede do parque, Maeve salva Lee Sizemore, o responsável pela narrativa do parque, de ser morto por um dos anfitriões. Ele a convence a levá-lo até a sala de controle pois ele daria a ela um mapa mais novo para ela procurar o que queria. Porém, ao chegar lá, ele percebe que está tudo destruído, mas diz a ela para deixa-lo acompanha-la, pois conhece tudo sobre o parque. E diz que o setor 15, onde está a filha de Maeve, é um setor mais familiar. Ambos encontram Hector e seguem para encontrar o setor.

Bernard e Charlotte chegam ao ponto de acesso secreto. Lá, Bernard descobre que estão fazendo experiências com os anfitriões com uns droides muito sinistros, por sinal. Charlotte descobre, no computador do parque, que não há nenhuma chance de resgate dos sobreviventes, até que um anfitrião seja encontrado. Bernard pergunta qual é e ela diz que é Peter Abernathy. Então, ele diz que consegue encontra-lo, através de um dos anfitriões que estavam ali para a experiência.

Ao acessar o computador, ligado ao anfitrião, para saber o destino de Abernathy, ele vê que seu estado é crítico e só tem 72 horas até a deterioração total. Então, enquanto Charlote sai para se trocar, ele pega através de uma seringa, um líquido do robô e injeta nele mesmo, antes que a mulher voltasse.

Dolores e Teddy estão no topo de uma montanha e ela diz a ele que eles precisam dominar aquele mundo que eles conhecem e também o mundo de fora do parque para sobreviverem. A anfitriã que capturou os executivos no ponto de acesso chega e Dolores diz a Teddy que precisa mostrar algo a ele.

Voltando ao que parece ser a atualidade, Bernard segue pelo parque com os funcionários e os soldados. Um deles encontra um tigre de bengala e se pergunta como foi que ele saiu do parque 6. No computador, percebem que todos os anfitriões estão no mesmo lugar no vale e seguem até o local. Ao chegar no lugar indicado, encontram um grande mar que não sabem como foi parar lá. Nele, os anfitriões estão todos mortos. Karl pergunta a Bernard se ele sabe o que aconteceu e ele diz que matou todos eles!!!!

Como assim?????? Algumas perguntas estão martelando na cabeça aqui e já sei que não serão respondidas tão logo! O que Dolores queria mostrar a Teddy? Que tipo de jogo é esse que Ford criou para William? Karl Strand pergunta, em determinado momento, se ele tem registro da memória do acontecimento. Como assim? Strand sabe que Bernard não é humano? De que registro ele estava falando? Quantos parques há naquele lugar?? E a maior pergunta de todas: Como Bernard matou todos os anfitriões??? Resta esperarmos os próximos domingos…

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here