Review | Supergirl S03E10

0
192
views

Semana passada Supergirl voltou de sua middle season em uma situação não tão convencional: derrotada por Régia que deixou muitos danos (físicos e porque não mentais). A nossa heroína passa boa parte desse episódio em coma e a cidade até então fica desamparada. Vamos conferir o que rolou nesta volta da série, vale deixar o aviso que alguns spoilers serão mencionados aqui. Caso você não lembre o que aconteceu no último episódio, você pode conferir aqui.

Primeiro vale falar que neste episódio são mostradas as consequências do embate entre Supergirl e Régia, isso inclui nossa heroína em coma, comprovando que Régia é mais forte que a Supergirl de todas as formas possíveis. Supergirl não trabalha sozinha, então não podemos dizer que apenas os poderes dela são a resolução de problemas, seu trabalho em equipe é essencial. Falando em trabalho em equipe, ficamos sabendo que o DEO manteve guardado Kryptonita para uma situação em que o Superman ficasse contra a Terra.

Régia é uma vilã a altura da série, mostrando que Supergirl não pode salvar todos de National City sempre. A vilã começa neste capítulo a exercer sua própria justiça, a fim de deixar a Terra “limpa”, através de uma justiça sem piedade, como se fosse uma juíza.

Brainiac-5, chega na série para cuidar de Kara e guiá-la através de sua experiência em coma, ele faz parte da Legião de Super Heróis formada por Mon-El e sua esposa Imra. Em sua casa da mente, Kara está emocionada quando Brainy lhe diz que eles estão prontos para acordá-la, mas não conseguem. Como seu corpo e seu cérebro estão bem, Brainy sugere que seu subconsciente pode estar assustado.

Kara não concorda e começa a dar socos na porta e usar raio, mas sem sucesso. Depois de algum tempo e com a ajuda da irmã, Kara acorda, nesse período acontece a luta da Legião e DEO contra Régia. Nesta luta que é uma simulação de roubo para atrair Régia, teve o desfecho com a Supergirl injetando uma seringa de Kryptonita em Régia.

Como a Legião de Super Heróis vem do futuro, Mon-El não quer participar das lutas junto com o DEO contra Régia para não impactar o curso da história, como uma extinção de várias centenas de anos para o futuro, eliminando todo o conhecimento (não esquecendo também que ele explica que o segredo para derrotar um poderoso futuro inimigo está incorporado no DNA da Legião). Eles acabam mudando de ideia e dando aquela ajudinha.

Isso me faz lembrar que como Mon- El vai para o futuro e começa a explicar coisas do passado, nesta lista de conhecimentos e culturas, ele fala sobre Shakespeare e Jon Bon Jovi. Imra mostra sempre solicita em ajudar Kara, além de sua admiração e respeito pelas habilidades e reputação de Kara como Supergirl.

Na outra parte da série, Lena e James tiveram seu primeiro mal-entendido como casal. Lena procurou o conselho de Kara (que na verdade era J’onn disfarçado, para manter o coma de Kara em segredo), que literalmente a parabenizou e sugeriu que eles explorassem mais a relação.

Para fechar, tivemos outra revelação: Régia está em sua fortaleza, esperando que a Kryptonita sumisse e quando isso acontece, seu guia diz que há outros como ela, Coville (aquele seguidor da Kara que estava preso que escapou neste episódio) pode ajudá-la a encontrá-los. Se ela já é perigosa sozinha, imagina com ajuda? Kara vai precisar de J’onn, da Legião e por que não considerar seu primo um pedido de reforço? É difícil não se perguntar o quanto Mon-El sabe sobre tudo isso, mas acredito que saberemos em breve mais sobre.

O que vocês acharam deste episódio? Vocês acreditam que Sam será salva? Deixem comentários com suas opiniões e até o próximo episódio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here