Review | Legends of Tomorrow: S03E10 a S03E18 (Season Finale)

0
61
views

Legends of Tomorrow mostrou um crescimento tanto de roteiro, quanto de seus personagens nesta terceira temporada. Para deixar você atualizado de tudo que aconteceu neste retorno da série até a season finale, este review abordará não um, mas sim todos os episódios de uma forma resumida, direta ao ponto. Para os episódios anteriores, você pode conferir as publicações anteriores aqui na página também. Sem mais delongas, vamos falar sobre os episódios e o final desta temporada (com spoilers).

Visto que você tenha já assistido todos os episódios, vamos falar um pouco de tudo que aconteceu. Tivemos Mallus como o vilão desta temporada, podemos considerar como original considerando os vilões das temporadas anteriores, por uma presença vaga e sombria durante a maior parte da temporada. No final da temporada quando enfim deu as caras em carne e osso, ele se mostrou como um demônio feito em CGI, diferente mas nada de mais. Tudo o que aconteceu e nem mesmo o enredo envolvendo a caça aos seis totens de Zambesi contribuiu para a linha narrativa mais convincente. Os totens apareceram para apenas compor os episódios, pensava que ficaria mais interessante levando em consideração os poderes de cada totem tem.

Olha que essa temporada tivemos algumas participações especiais, desde John Constatine do lado das Lendas, bem como Mallus reunindo sua própria equipe de conhecidos antagonistas do Arrowverse: Gorilla Grodd e Damien Darhk. Damien teve a sua trama junto com a sua filha Nora, em seu time também estava Kuasa, da família de Amaya. Damien, em particular, provou seu contínuo valor como um vilão do Arrowverse. A série realmente melhorou no que neste ano teve episódios temáticos, desde velho oeste, passando pela Terra X, até episódio com referência ao filme ET (isso mesmo).

Tivemos despedidas, o professor Stein recebeu a heroica despedida que merecia e com uma enorme carga emocional, isso no final da meia temporada, que lidou tanto com as consequências da morte de Stein, quanto fez uma viagem de volta aos tempos Vikings. Também tivemos chegadas, Wally West (o Kid Flash), integrou muito bem o time das Lendas, provando que não foi tão aproveitado em Flash. Sei que mencionei um pouco mais acima sobre John Constantine, queria apenas registrar o quanto foi ótima sua participação em 3 ou 4 episódios, quem sabe não entra no elenco regular.

Falando ainda de novos personagens, acredito que Zari será melhor aproveitada na próxima temporada, em relação de ter um melhor entrosamento com a equipe de Lendas. Ava Sharpe, nova nesta temporada também formou uma ligação envolvente com Sarah, descobrimos já no final que ela era um clone involuntário do futuro. Essa subtrama inteira parecia um pouco complicada, dado o pouco espaço que havia para realmente explorar suas ramificações, mas vamos aguardar o que vem por aí.

O que me frustrou meus amigos foi o final desta temporada, eu por considerar esta série como uma das melhores séries da CW, seja pelo humor, narrativa e personagens, este final me decepcionou, mas não era imprevisível. Mallus exigiu que as Lendas entregassem os seis totens. Rip se sacrifica para permitir que o time fuja para a cidade de Salvation, no Velho Oeste. Um exército de romanos, vikings e piratas chegam, ameaçando destruir a cidade a menos que as Lendas entreguem os totens. Já fiquei pensando o que eles iriam fazer (mas errei), então Ray e Damien viajam para quando Mallus foi libertado por Nora.

Damien liberta Nora do domínio de Mallus, fazendo com que Mallus o possua e mate Damien para ser libertado. De volta ao velho oeste, as Lendas se aliam a Jonah Hex, junto com Helena de Tróia, Jax (que voltou para fazer uma participação final), Nora e uma versão alternativa de Kuasa. O time salva a cidade do exército. Mallus chega para pegar os totens. Tinha tudo para ir bem, mas o que aconteceu foi que Sarah, Mick, Amaya, Nate, Zari e Wally combinando as energias dos totens para criar o último guerreiro: uma versão gigante de Beebo (sim, esse mesmo lá do episódio 9). Beebo luta e mata Mallus. Nora é presa pela Agência do Tempo, mas Ray lhe dá a pedra do tempo para que ela possa escapar. Amaya retorna para Zambesi para viver sua vida, mas escolhe não apagar suas memórias (para alegria de Nate).

O final foi bem parecido com o da temporada anterior, as Lendas ficam de férias em Aruba, em 2018, mas John Constantine chega, revelando que Mallus não foi o único demônio que foi libertado. O que posso dizer que no geral a terceira temporada foi boa em boa parte, mas alguns aspectos mencionados neste texto, assim como o final, prejudicaram um pouco da história. Episódios encerrados, deixem suas opinião sobre esta temporada e o que esperam para a próxima. Até a quarta temporada!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here