Arquivos

GamesTecnologia

Retrospectiva | Pokémon Go 2018

Pokémon GO foi lançado em 2016, se tornando uma imensa febre na sua época de lançamento. Mas, pouco depois de seu lançamento, o número de jogadores começou a cair significativamente, ficando com bem menos usuários que em seus primeiros dias.

Entretanto, em 2018, a Niantic, empresa responsável pelo jogo, trouxe diversas mudanças e atualizações que fizeram o jogo voltar a brilhar, não só trazendo muitos jogadores de volta, como também trazendo novos jogadores.

Vamos relembrar algumas dessas mudanças?

Community Days

A primeira mudança criada, já a partir de Janeiro, foi a criação dos Community Days. A cada mês, em um dia anunciado previamente, e normalmente, por um período de 3 horas, um Pokémon escolhido aparece com mais frequência por todos os lugares.

E além disso, ao evoluir esse Pokémon durante o evento, um ataque único pode ser aprendido por ele, de forma a torná-los raros. Por fim, ainda trouxeram a possibilidade de que eles apareçam em sua versão shiny, com uma chance bem mais alta de encontro comparado a outros shinies por aí.

Isso ajudou a trazer de volta os grupos de Pokémon, com reuniões em parques e outros lugares da cidade, trazendo de volta a interação entre os jogadores.

Os Community Days do ano de 2018 foram, na ordem: Pikachu, Dratini, Bulbasaur, Mareep, Charmander, Tyranitar, Squirtle, Eevee, Chikorita, Beldum e Cyndaquil. Com o Community Day de dezembro trazendo todos os anteriores mais uma vez.

.

Missões

As missões foram trazidas também ainda no começo do ano, proporcionando ao jogador uma forma de obter recompensas ao fazer alguma tarefa solicitada pelo jogo. Para conseguir as missões, basta o jogador rodar uma Pokéstop, tendo um limite de 3 missões simultaneamente e apenas uma missão por Pokéstop.

Isso permitiu que os jogadores conseguissem obter Pokémons raros e lendários, que antes apenas podiam ser obtidos em raids. Além disso, alguns outros Pokémons foram lançados exclusivamente para o sistema de missões, como os míticos Mew e Celebi por exemplo.

Amizades

Mais um ponto criado com a intenção de trazer a interação entre os jogadores foi o sistema de amizade. Com ele, é possível agora ter uma lista de amigos dentro do próprio jogo, permitindo acompanhar o progresso de seus amigos, além de permitir o envio de presentes e trocas de pokémons.

Para níveis de amizade maiores, é possível ainda ganhar bônus de dano em raids e menor custo para as trocas de Pokémons. Além disso

PvP

Ainda no mês de dezembro, o jogo tentou trazer um dos maiores desejos dos jogadores desde o lançamento, o sistema PvP (Player vs Player). O sistema veio para permitir que os jogadores pudessem testar a força de seus Pokémons obtidos contra os de seus amigos, ou outros pessoas próximas, para mostrar quem é o melhor mestre Pokémon.

Entretanto, o sistema ainda tem muito a melhorar. Com pouquíssima estratégia, a batalha é baseada apenas em cliques, bem diferente dos sistemas de batalha antigos e que eram esperados pelos jogadores.

Além disso, o sistema ainda possui diversos bugs, como travamentos e necessidade de sincronização de relógios para que a batalha ocorra normalmente. Ainda há muito o que melhorar no sistema, porém é apenas um começo, e tende a melhorar para o próximo ano.

Lançamento 4ª geração

Esse ano também marcou o lançamento da quarta geração para o jogo, trazendo os Pokémons originários da região de Sinnoh. Nem todos os Pokémons dessa geração foram liberados ainda, mas já é possível encontrar uma boa parte deles, como os iniciais Turtwig, Piplup, e Chimchar, e alguns dos lendários em raids, como Giratina, Cresselia e Heatran.

Além de permitir as evoluções de Pokémons das gerações anteriores, como o Rhyperior, Mismagius, Magmortar, Electivire, Dusknoir, entre outros vários, utilizando o novo item Sinnoh Stone.

Expectativas para 2019

Para o próximo ano, esperamos ainda mais novidades para o Pokémon Go, com mais evolução e maturidade para esse grande jogo. Já temos anunciado o primeiro Community Day do ano, com o Totodile aparecendo ainda no começo de Janeiro. Além disso, esperamos o lançamento dos Pokémons que ainda não foram liberados da 4ª geração.

Por fim, esperamos melhorias nos sistemas já existentes, principalmente no sistema de PvP, que pode trazer ainda mais jogadores caso tenha mais estratégias e menos bugs.

Deixe uma Resposta

Jeferson Souza
Tenho 23 anos e estudo engenharia elétrica com ênfase em computação. Curto muito o mundo dos games, e amo acompanhar todos os tipos de campeonatos de e-Sports, torcendo sempre pela CNB principalmente, mas também por qualquer equipe brasileira que nos represente la fora.