Arquivos

GamesNão categorizado

Retrospectiva | Lançamentos Switch 2018

Para muitos que duvidaram do potencial que o Nintendo Switch teria desde o seu lançamento, o ano de 2018 foi a maior prova de que o console está aí para competir com os maiores.

Desde seu lançamento, muitos jogos exclusivos e nostálgicos incentivaram os amantes pelos games a adquirir o console. E sendo um grande fã da Nintendo, acho justo um post para relembrarmos os melhoras lançamentos desse ano!

Super Mario Party

Mais um clássico do nosso bigodudo favorito chegou ao Switch, dessa vez com o jogo Super Mario Party. Desde o Nintendo 64, a série de jogos Mario Party proporciona grandes momentos de diversão para todas as idades.

O jogo consiste em uma competição para descobrir quem deve ser o “Super Star”. Para isso, todos os jogadores devem percorrer por um tabuleiro em busca de estrelas, passando por vários desafios e, principalmente, pelos minigames (maior gerador de brigas e risadas dentro dos grupos). O Super Mario Party traz ainda diferentes modos de jogo, como por exemplo uma descida cooperativa em um bote, uma dança rítmica e ainda modos que necessitam de mais de um Switch.

Com esse jogo, a diversão está garantida para você e todos os seus amigos.


Mega Man 11

Mais um clássico que abre as portas para o Switch é o Mega Man. Em sua 11ª edição, é um dos jogos de plataforma mais jogados de todas as gerações. Capcom trouxe uma belíssima obra, com novos desafios respeitando o padrão e estilo do nosso robozinho azul.

Bate aquela tremenda nostalgia pois não perde a essência da série. Entre as mecânicas novas estão por exemplo a utilização de engrenagens, que podem proporcionar poder extra ao nosso robô por um tempo limitado. Vale lembrar que esse jogo não é exclusivo para Switch, tendo também versões para PS4, Xbox One e PC.


Celeste

Considerado um dos melhores (se não, o melhor) jogo do estilo indie de 2018, Celeste pode proporcionar boas horas de diversão para os amantes de jogos de plataforma e jogos com visual retrô. O jogo consiste na escalada da Montanha Celeste, realizada pela personagem principal, Madeline. Para isso, são utilizadas mecânicas como saltos, dashes e escaladas, passando por diversos tipos de desafios e inimigos pelo caminho. Entretanto, a parte que mais chama atenção do jogo é a narrativa.

Apesar da história parecer simples em alguns momentos, ela traz muitas reflexões profundas e até mesmo grandes momentos de superação para a personagem principal, mostrando todo o seu desenvolvimento em meio às adversidades encontradas pelo caminho.


O jogo está disponível para todas as plataformas.


Octopath Traveler

Sente saudades daqueles jogos de RPG antigos, ao estilo de Chrono Trigger ou dos primeiros jogos de Final Fantasy? Então esse é o jogo certo para você! Octopath Traveler possui 8 personagens jogáveis, cada um com suas próprias habilidades únicas. O jogo permite uma diversidade de caminhos e escolhas, sendo um exemplo o de que o jogador pode escolher começar com qualquer um dos oito personagens, e ir conseguindo progresso com os outros com o tempo.

Quando falamos de um jogo do estilo RPGs, uma das partes mais importantes é a história, e esse o jogo não fica pra trás nisso. Uma vez que além dos personagens terem suas próprias histórias, é possível com o tempo perceber ligações entre as histórias dos personagens, onde todos tem parte fundamental no roteiro do jogo.

O jogo está disponível apenas para o Nintendo Switch.


Pokémon: Let’s Go

E enfim, tivemos o primeiro jogo de Pokémon para o nosso querido Switch. A história do jogo se passa como um remake do clássico Pokémon Yellow, tendo apenas a região de Kanto acessível e os 151 Pokémons iniciais (somados ao Meltan e ao Melmetal que foram lançados para esse jogo).

Entre os iniciais, só podemos escolher Eevee ou Pikachu, dependendo de qual versão do jogo foi escolhida. Porém, o que chama mais atenção no jogo são as alterações em relação as versões anteriores.

Primeiro, não existe mais o encontro aleatório. Os Pokémons são encontrados soltos, passeando tranquilamente por todas as rotas e cavernas do mapa. Isso traz muito mais vida para o jogo, além de ajudar nas capturas de um Pokémon desejado. Além disso, o sistema de captura é semelhante ao do jogo Pokémon Go, em que o jogador deve apenas capturar, sem batalhas. Por fim, é possível sempre andar com um Pokémon fora da pokébola, que pode tanto te ajudar a encontrar itens escondidos, como alguns podem servir de montaria ou voo.


Super Smash Bros. Ultimate

Todo mundo está aqui. A frase dita tantas vezes durante as propagandas do jogo faz jus ao Super Smash Bros: Ultimate. Com mais de 70 personagens jogáveis já liberados (com mais personagens já prometidos para serem lançados em DLCs), mais de 100 campos de batalha e inúmeros outros personagens que aparecem como espíritos ajudantes.

O sistema de batalha é bem semelhante aos sistemas dos antigos jogos da franquia, porém, com itens e algumas mecânicas novas, principalmente devido aos espíritos ajudantes. Existem diversas batalhas diferentes no modo história do jogo, além de proporcionar muita diversão para jogos locais com amigos.


Você que já tem um Nintendo Switch, alguns jogos além desses te marcou nesse ano de 2018? E você, que ainda não tem o console, se sentiu motivado?

Deixe uma Resposta

Jeferson Souza
Tenho 23 anos e estudo engenharia elétrica com ênfase em computação. Curto muito o mundo dos games, e amo acompanhar todos os tipos de campeonatos de e-Sports, torcendo sempre pela CNB principalmente, mas também por qualquer equipe brasileira que nos represente la fora.