Arquivos

Livros

Resenha | O Alienado

Firmando nossa mais recente parceria com a editora Draco, recebemos uma versão digital de O Alienado, romance de Cirilo S. Lemos, que com requintes de ficção científica e uns toques de horror, conta a história de Cosmo Kant, operário com nome de filósofo e vida ordinária, precisa lidar com essas questões após testemunhar um homem atravessar o espelho do banheiro como num passe de mágica.

O livro segue uma narrativa não cronológica, e a cada capitulo narra o ponto de vista de um personagem diferente em situações que as vezes não tem uma ligação direta pela cronologia entre os capítulos. O livro age quase como uma antologia, e pros mais desavisados pode parecer uma escrita em sentido. Uma coisa legal são paginas em quadrinhos entre os capítulos, mostrando outros pontos da história de maneira visual e menos textual.

É difícil se apegar aos personagens, e o mais próximo que isso aconteceu para mim foi ver a ligação que um garoto tinha com Superman, e as referências à Fortaleza da Solidão, Lex Luthor e Mr. Mxyzptlk. A narrativa quebrada não funciona do jeito que deveria, e você começa a ler em busca de algo, mas nunca por vontade de se aprofundar na história. Os primeiros capítulos são promissores, mas você vai perdendo o gosto muito rápido.

Não dá pra falar sobre acabamento, papel e afins, pois recebemos a versão digital do livro. Mas a diagramação estava boa, e não encontrei nenhum erro de ortografia ou digitação.

Talvez essa seja a resenha mais demorada do site (já que passou pela mão de 3 dos nossos colaboradores), não por dificuldades para escrever sobre, não por falta de tempo para ler a obra, mas por falta de vontade de insistir em O Alienado, que poderia conseguir acertar em cheio como uma obra prima, mas erra em conceitos básicos de narrativa e acaba transformando boas idéias em um desastre avistado. 

Avaliação

Enredo3
Personagens2
Diagramação6
3.7

Resumo

Em O Alienado, romance de Cirilo S. Lemos, o leitor é trazido a um complexo labirinto de acontecimentos e emoções onde acaba se questionando sobre quem observa suas memórias ou controla o destino das pessoas. Que segredos existem por trás das torres de aço e vidro da Cidade-Centro?Cosmo Kant, operário com nome de filósofo e vida ordinária, precisa lidar com essas questões após testemunhar um homem atravessar o espelho do banheiro como num passe de mágica. Enquanto o governo trava uma guerra não oficial contra o Nada, Cosmo vê sua história se entrelaçar com a de um inspetor encarregado de investigar possíveis ataques terroristas contra a realidade, mas que está mais interessado no amor de uma mulher proibida.A resposta para suas perguntas pode estar perdida entre as lembranças, no tempo que se estica e se sobrepõe, nas filas que parecem uma entidade coletiva, nas mãos de um Forasteiro manipulador que usa crianças como bombas, nos corredores escuros de um Arquivo inalcançável… ou em lugar nenhum. Em um mundo de dúvidas, só existe uma certeza: os Metafilósofos vigiam você.

Deixe uma Resposta

Bruno Sena
Carioca, fã do Superman e de quadrinhos em geral, além de jogar mais games do que deveria. Xbox live Gamertag: BrSena14