Arquivos

Quadrinhos

Resenha | La Dansarina

Esta HQ estava em destaque no app de comics que eu uso, fiquei encantada com a capa e resolvi iniciar a leitura, acabei completamente absorvida e não consegui mais parar.

La Dansarina conta a história do pequeno Petro, que tem uma missão, enterrar sua mãe de dignamente. A HQ narra a viagem do garotinho até a capela de São Miguel Arcanjo.

Sinopse: Em 1918, durante o surto de Gripe Espanhola em São Paulo que matou milhões em todo o mundo, Petro, um jovem filho de imigrantes, contrai a doença e fica acamado durante semanas. Quando acorda descobre que sua mãe foi mais uma vítima fatal daquela terrível doença. Esquecida pelo serviço funerário, seu corpo está insepulto há três dias no pátio do cortiço onde moram. Petro decide então lhe dar um funeral digno. Mas para isso terá que carregar o corpo de sua mãe por uma cidade devastada. Através do realismo fantástico, Lillo e Jefferson criaram uma fábula impressionante sobre um dos piores episódios da história da Humanidade.

A HQ retrata o amor sem limites de uma mãe por seu filho e posteriormente de um filho por sua mãe. Petro perde sua manhã durante a epidemia de Gripe Espanhola em São Paulo, por dias sua mãe permanece abandonada no quintal do cortiço onde moram, a situação desperta em Petro um forte sentimento de proteção e é então que sua jornada começa, o garoto levará sua mãe até o destino escolhido, mesmo que isso signifique carregar seu ataúde por um caminho cheio de obstáculos. A missão do garoto é repleta de ensinamentos, empatia e misticismo. A história é cativante pois mistura crenças diferentes, temos o catolicismo espanhol e o candomblé, ambas são representadas com muito respeito e isso é fascinante.

Apesar de estar apoiada em um momento histórico real, a história não busca falar sobre o óbvio, são mostradas as formas com a qual a enfermidade afetou os que “sobreviveram“, o comportamento da população diante dos enfermos, o medo da morte. Em alguns momentos somos apresentados a La Dansarina, ou seja, a Morte que surge para os que logo devem partir. A personagem é representada como uma dançarina espanhola com vestimentas de cores vivas e sua aparência varia conforme a “alma” da pessoa que a vê.

O encadernado tem belíssimas ilustrações (que lembram muito animações), os traços transmitem toda a movimentação dos personagens e a variação de cores (hora mais vivas e hora mais leves) fazem total diferença durante a narrativa.

O álbum é uma história sobre idas e reencontros, sobre a oportunidade de tornar a partida de alguém mais leve. La Dansarina é comovente e apaixonante, que parece ser simplesmente belo, mas no fundo nada daquilo é tão bonito.

La Dansarina | Editora Quadro a Quadro | Roteiro: Lillo Parra | Arte: Jefferson Costa

1 Comentário

Deixe uma Resposta

Bia Lourenço
Bia Lourenço, paulistana, formada em Design Digital e Pós-Graduada em Eventos. Apaixonada por Harry Potter, Mulher-Maravilha, Batman, Sakura Cardcaptors, Turma da Mônica e Star Wars. Autora no blog www.biialou.com