Arquivos

Livros

Resenha | A Caçada de Goya, uma lenda de Karinna Pimenta

Sabe quando o livro tem uma capa linda, diagramação perfeita e a história é surpreendente? A Caçada de Goya é assim.

Nossa personagem principal se chama Gaia, uma adolescente que vive com a mãe Eme em uma cidade de Minas Gerais (sim, aqui no Brasil!). Gaia sempre teve problemas com seus sonhos, sempre prevendo e sentindo coisas que não podia explicar.

Em uma noite que parecia comum, seu pior pesadelo se torna realidade. Ela acorda no meio da noite sentindo uma presença que queria entrar em seu quarto, ao olhar para a janela se depara com um par de olhos aterrorizante.

Eme logo percebe que o perigo está próximo e propõem uma “viagem de férias” para tentar afastar Gaia do perigo iminente.

“Ofegante e molhada de suor, Gaia procurava evitar o choro, mas percebia que seria impossível. O coração batia acelerado, as mãos tremiam, calafrios lhe percorriam o corpo e levantavam os pelos dos braços e pernas. Um tampão bloqueou sua garganta e nenhuma saliva descia. A noite tranquila havia sido sufocada pelo pavor que pairava no ar.”

Nessa viagem somo levados a um vale (ainda em Minas) onde a natureza é predominante e onde vivem Tiamoré, madrinha de Gaia e Sessé sua fiel ajudante do lar. Nas redondezas vivem também Ednardo, Lazinha e Moriá, amigos íntimos da família.

Mesmo longe de casa Gaia ainda corre perigo, e é então que sua mãe se vê obrigada a revelar que todos eles são de outra dimensão e que precisam retornar para lá para ficarem a salvo.

Nessa outra dimensão vivem os Goyas, povo que tem a habilidade de se transmutar em animais, grandes felinos como leões, pumas, panteras e afins. Quando na forma humana, os Goyas tem força e velocidade aguçadas, bem como a capacidade de interagir e sentir a natureza.

A sociedade Goya é dividida entre Os Imortais, Os Anciãos, Os Guardiões e a população em geral. Todos com uma longevidade impressionante, todos muito ligados a história do povo e a natureza que os cerca.

Infelizmente o povo Goya vem enfrentando dificuldades e uma profecia diz que no ano 903 da fundação da cidade, acontecerá uma batalha terrível que definirá o destino de todos.

“Sentia-me tão leve e em paz, que, dos últimos 200 anos, aquele dia foi o único em que não desejei que Trono voltasse. Não por não querer estar com ele, mas porque sentia que estava para fazer minha passagem e ir ao seu encontro.”

A história é bem complexa, tem uma história dentro da história para explicar a origem de cada povo que habita aquelas terras, é também cheia de personagens com características diversas.

A escrita é impecável e me impressionei com o uso de palavras pouco usuais do nosso cotidiano, achei que deu realmente um ar de lenda ao livro.

Gostei bastante do fim! Alguns pontos ficaram em aberto, mas isso é porque “A Caçada de Goya” é o primeiro livro de uma série.

“A cidade amanheceu irreconhecível. Os sinos ressoavam chamando todos para os rituais. Não havia quem não tivesse perdido alguém próximo.”

A leitura me proporcionou emoções diversificadas, confesso que em uma parte lagrimas rolaram… Indico a leitura para quem curte fantasias com um pouco de mistério e um quê de aventura.

Para mais informações sobre a série, o livro e a autora acesse: www.karinnapimenta.com.br.

Karinna Pimenta | Chiado Editora | 2017 | 373 Páginas

Sabe quando o livro tem uma capa linda, diagramação perfeita e a história é surpreendente? A Caçada de Goya é assim. Nossa personagem principal se chama Gaia, uma adolescente que vive com a mãe Eme em uma cidade de Minas Gerais (sim, aqui no Brasil!). Gaia sempre teve problemas com seus sonhos, sempre prevendo e sentindo coisas que não podia explicar. Em uma noite que parecia comum, seu pior pesadelo se torna realidade. Ela acorda no meio da noite sentindo uma presença que queria entrar em seu quarto, ao olhar para a janela se depara com um par de olhos aterrorizante.…
O livro faz parte da Coleção Viagens na Ficção da Chiado Editora, presente nos países que utilizam o português como língua oficial (^Portugal, Brasil, Angola e Cabo Verde). A edição possui capa com orelha e páginas amareladas.

A Caçada de Goya, uma lenda de Karinna Pimenta

Arte
Diagramação
Enredo
Personagens
Acabamento

Espada

O livro faz parte da Coleção Viagens na Ficção da Chiado Editora, presente nos países que utilizam o português como língua oficial (^Portugal, Brasil, Angola e Cabo Verde). A edição possui capa com orelha e páginas amareladas.

Deixe uma Resposta

Andressa Popim
Oii, meu nome é Andressa Popim, Minha principal diversão é ler, ver filmes e series ♡