O que esperar de Britannia?

2
724
views

Ultimamente, séries com temática histórica estão cada vez mais frequentes. Vikings, Knightfall, The Crown e outras mais, estão aí para mostrar que mesmo contando uma história que muitas pessoas podem conhecer, pode atrair milhares de espectadores.

Britannia é a mais nova série desse segmento para a TV. Produzida pela emissora britânica Sky e transmitida através do serviço de streaming Amazon Prime, a trama se passa em 43 d.C., durante a invasão do império romano ao povoado celta de Britannia.

O que desperta atenção na trama aos fãs de História, surge logo na primeira frase da série, que conta que cerca de 100 anos antes, Júlio César, o destemido imperador romano, tentou invadir Britannia mas se deparou com os druidas, e simplesmente recuou seu exército por medo… mas por que temer esse obscuro povo?

Primeiro, você precisa entender quem são os druidas. Provenientes da mitologia celta, eram pessoas que detinham a responsabilidade por multiplicar o conhecimento e sabedoria, assim como prestar orientações filosóficas a sociedade. Em teoria, os textos de história contam isso sobre os druidas. Mas, a visão trazida pelo Império Romano não era bem assim.

Assim como é mostrado na série, os druidas são vistos como sacerdotes ritualísticos do povo celta. Ou seja, práticas como a bruxaria, satanismo e outros mais, eram atribuídos a essa misteriosa classe. Em Britannia, podemos ver os druidas exatamente assim. Posso confessar que minha maior curiosidade pelo decorrer da série é de que forma essa mitologia será explorada, afinal é riquíssima!

Bom, você já entendeu que a série é sobre a invasão romana aos celtas em um território pra lá de misterioso, uma vez que já foi temido pelo próprio César, certo? Mas é só isso? Não! É muito mais que isso.

No piloto de 1h10min, podemos já entender de forma nítida que a série é composta por três pilares fundamentais:

Para o império (Os Romanos)

Liderados por Aulus Plautius (David Morrissey, o Governador de The Walking Dead), os romanos tem por principal objetivo desbravar um dos territórios nunca atingidos pelo destemido César. As legiões deixam mais que evidente seu receio em partir para Britannia, mas para Aulus nada pára o seu exército. Contra qualquer misticismo ou crença, o seu objetivo é único: a conquista de Britannia.

Para o povo (Os Celtas)

Aparentemente o principal núcleo da série, os celtas são liderados por Kerra (Kelly Reilly), em conjunto com seu pai, Pellenor. Detentores do território de Britannia, seu grande desafio é conter o avanço romano, mas para isso precisam do apoio do místico povo que habita as florestas dali…

Para os deuses (Os druidas)

A parte mitológica da série fica por conta deste pilar. Se GoT tem dragões, Vikings tem o misticismo nórdico, Britannia apresenta o mundo dos druidas. Pouco foi revelado sobre esta misteriosa raça, se posso assim dizer, mas o que podemos ver é que Divis (Nikolaj Lie Kaas), é o que mais guarda os mistérios da série sendo um exilado de seu povo. Além dele, o piloto explora os druidas a partir de um misterioso ritual em que capturam um dos romanos. Mas se quer saber os resultados desse ritual, sugiro ver o episódio, afinal é a grande surpresa deste piloto.

Com a trama apresentada, acho importante dizer sobre a estrutura técnica desta série. Filmada no País de Gales e República Tcheca, tem uma belíssima fotografia, digna de séries top do gênero, desde as florestas povoadas pelos druidas até os acampamentos das legiões romanas. O elenco tem nomes conhecidos dos fãs de séries e outros que vem para surpreender (assim espero). Mas, como nem tudo são glórias para quem assiste o piloto da série, deixo aqui minha crítica negativa sobre…

A trilha sonora escolhida para a abertura é de se lamentar. Estamos acostumados a trilhas épicas de aberturas, mas a de Britannia é digna do botão “Pular Abertura” da Netflix. Lamentável escolha de uma música que nada se relaciona com a temática da série. Mas não é isso que torna a série ruim. Tive a oportunidade de ver o piloto, e já estou ansioso pelos próximos 9 episódios para entender mais sobre os druidas e de que forma o povo celta reagirá a grandiosidade romana.

A série estreou na Inglaterra no último dia 18, e não tem previsão de chegada no Brasil.

 

2 COMENTÁRIOS

    • Oi Camila! A abertura é muito bonita visualmente. Mas a meu ver, a trilha sonora é a falha, porque apesar da música ser bacana, não combina com a temática da série.

      Depois nos conte mais o que achou da série 😉 obrigado pela sua opinião!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here