Nossa participação na Bienal do Livro de SP 2018

0
64
views

Depois de mais um final de semana intenso, finalmente consegui sentar na minha mesa para falar sobre a nossa querida Bienal do Livro.

Este ano estive na feira na sexta e sábados, gastei bem menos do que nas edições anteriores e, sem dúvidas, saí muito satisfeita.

Na sexta notamos a feira bem mais vazia, o que foi ótimo já que conseguimos fotografar todas as ofertas com muita tranquilidade, andar nos largos corredores sem esbarrar em ninguém, poder abordar e sermos abordados por autores, além de bater fotos do Leônidas em cada uma das áreas interativas.

No estande da nossa parceira, Faro Editorial, pudermos bater um logo papo com o Victor Bonini (confira as resenhas dos livros dele aqui) e Rodrigo de Oliveira  (confira as resenhas dos livros dele aqui). 

Foto: Faro Editorial

No sábado o dia foi um pouco mais corrido. Este ano, pela primeira vez depois de tanto tentar, consegui uma senha para sessão de autógrafos com meu grande ídolo, Mauricio de Sousa.

A organização da fila foi ótima, mas infelizmente o momento com o autor foi bem curto, mas como podem ver na foto, eu estava mais feliz que pinto no lixo (hahaha).

A feira estava um pouco mais cheia, mas ainda sim, conseguimos nos movimentar e comprar com tranquilidade.

Porém no outro sábado (11), a história foi outra. Acho que nunca tinha visto a bienal tão lotada. Mesmo com credencial de imprensa levei pelo menos 40 minutos para entrar, esperamos em uma fila caracol que dava volta em parte do estacionamento. Lá dentro, alguns corredores eram impossíveis de passar, as filas para compras davam voltas nos estandes e qualquer foto ou vídeo se tornaram impossíveis. Tentamos ir embora utilizando o transporte gratuito, mas a espera também beirava os 40 minutos. 

Apesar da desorganização das filas neste dia, o evento ainda valeu a pena para quem foi, afinal, os preços começaram a cair e boas ofertas puderam ser encontradas, bastava ter paciência.

Novamente no estande da Faro , onde batemos cartão todos os dias (hahaha), pudermos conversar com o Marcos DeBrito (confira a resenha do livro dele aqui) e conhecer o Marcus Barcelos (em breve teremos resenha dos seus livros aqui no blog).

PS: Os vídeos dos autores falando sobre seus livros podem ser conferidos no nosso IGTV (www.instagram.com/blogdinastiag).

A interação que pudermos ter com os autores (nos estandes ou corredores) nestes dias de feira não tem preço. Novamente saio satisfeita de uma Bienal do Livro e contando os dias para a próxima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here