Lista | 5 HQs da Liga da Justiça que poderiam influenciar o DCEU e virar filme!

0
890
views

Liga da Liga da Justiça, filme dirigido por Zack Snyder e roteirizado por Joss Whedon e Chris Terrio, com a produção do mestre Geoff Johns, estreou nos cinemas e resolvi fazer um esquenta com as melhores, na minha opinião, histórias dos mais icônicos heróis dos quadrinhos. Como um grande fã de quadrinhos, não tem como não se emocionar e sentir-se emocionado com a representação destes heróis nas telonas e mesmo não tendo sido unanimidade espero que venham muitas referências destas histórias a seguir, nos próximos filmes.

Vale lembrar que apesar do filme seguir uma estória própria, Zack e Johns usaram como principal referência a origem da Liga nos Novos 52,escrita pelo próprio Johns. Bem, vamos ao que interessa e comentem depois se faltou alguma.

1- Torre de Babel – Mark Waid, Dan Curtis Johnson e Howard Potter
Batman sempre foi um cara prevenido e desconfiado. Isso todo mundo sabe, não é mesmo? Mas e se o Homem-Morcego guardasse arquivos com informações de como derrotar cada membro da Liga da Justiça? E se Ra’s al Ghul, um dos maiores inimigos de Batman, os roubassem? A interação da equipe, que precisa impedir os planos do vilão e não sabem se podem confiar em Batman novamente, é o ponto principal nesta história maravilhosa.

2 – Reino do Amanhã – Mark Waid e Alex Ross
Nada é mais como conhecemos no mundo. Surge uma nova geração de Super-Heróis, que diferentemente dos clássicos, não tem controle ou ética. os vilões não existem mais. A Liga da Justiça aposentou-se e no marasmo de lutas a maior ameaça à paz são os novos heróis. Os aposentados Superman e Mulher-Maravilha resolvem colocar a velha equipe na ativa contra esses “heróis”. E esta maravilhosa história mostra as consequências disso tudo. Se não bastasse o roteiro incrível de Waid, temos aqui mais lindos traços do gênio Alex Ross. Essa história não só foi uma das melhores histórias da DC, como é uma obra de arte.

3 – Novos 52 – Geoff Johns e Jim Lee
Após o arco Flashpoint o universo DC mudou drasticamente e iniciou-se o que conhecemos como os “Novos 52”. Uma liga da Justiça, que une jovens e experientes heróis que precisam aprender a trabalhar em equipe e assim lutar contra Darkseid e suas forças que atacam a Terra. A formação desta equipe é basicamente a mesma do filme de Snyder, apenas faltando Hal Jordan, o Lanterna Verde (será que falta mesmo?). Basicamente devemos ter o mesmo clima desta história nos cinemas. Vale lembra que o mestre Ivan Reis assumiu essa revista no segundo ano de publicação.

4 – LJA: Ano Um – Mark Waid e Barry Kitson
Aqui temos uma das histórias mais divertidas do grupo. Com uma formação totalmente diferente, sem a santíssima trindade, a Liga é liderada pela surpreendente Canário Negro junto com Lanterna Verde, Flash, Aquaman e Caçador de Marte. Adições pontuais na história de Arqueiro Verde , Superman e Batman, que desconfia ( pra variar) da utilidade do grupo e se eles não devem causar mais problemas pra ele. (kkkk) A dinâmica do grupo e forma como a Canário interage com os outros heróis são os pontos altos pra mim.

5 – Justiça – Jim Krueger e Alex Ross
Apesar de ser escrita nos anos 2000, o roteiro e narrativa lembra muito as clássicas aventuras da “Liga, da era de prata. O enredo levanta questões ao grupo sobre os conceitos básicos do heroísmo à medida em que seus piores vilões se unem pra melhorar o mundo (!?). Apesar de parecer complicada, é uma leitura leve e bem aventuresca e pra mim uma das melhores histórias da Liga. O desenho fabuloso de Alex Ross é um bônus maravilhoso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here