Start 2018 – O Evento geek de início de ano

0
62
views

No último sábado (27) aconteceu a Start 2018 no Osaka Naniwa-Kai na Vila Mariana/SP. Como o próprio nome já sugere, o evento teve como finalidade iniciar as atividades do meio Geek em São Paulo.

O espaço disponibilizou dois andares cheio de atrativos para os visitantes. No primeiro ficaram alguns stands de lojas e editoras, bem como algumas comidas e o palco principal. No segundo andar ficaram concentrados os fã clubes, exposição de coleções, mais comidas e o palco 2, neste foram realizados atividades interativas e palestrar organizadas pelo pessoal dos fã clubes presentes.

Dentre os painéis que rolaram durante o dia no palco principal tivemos: Paulo Gustavo Pereira que abordou temas relacionados a críticas de Tv e cinema; Painel sobre colecionismo com pessoal da Iron Studios; Painel com Marcelo Del Greco, editor da JBC, sobre os principais lançamentos da editora; A Among Giants falou sobre o jogo Distortions que terá seu lançamento oficial em fevereiro; Rafael Costa falou sobre os games do momento, os clássicos e o sobre os que estão por vir; Painel sobre cosplay com dicas para iniciantes e temas relacionados; Painel com Paloma Muneratto, diretora da Cinecolor; Painel com a Rede Vamp; Apresentação de Grupos performáticos; Painel com o dublador Marco Antonio; e o encerramento ficou por conta da banda Geek Metal.

O evento ainda contou com atividades interativas para o público infantil: Seleção para as casas de Hogwarts e treinamento de espadas para combates piratas;

O Concurso Cosplay, sempre presente nestes eventos, foi realizado no período da tarde e premiou nas categorias Feminino, Masculino e Infantil.

Dentre os expositores, pude conversar com o Luiz Felipe Valsani da Web Head Comics, eles estão com um projeto de financiamento coletivo para lançar sua história em quadrinhos, Lapsos. O tema principal do roteiro são a depressão e a relação que temos com essa doença. Para saber mais sobre o projeto acesse: www.webheadcomics.com.br

Conheci o Eduardo Ferrara que é ilustrador e quadrinista, criador da Spectrum – Manual das coisas ocultas, para saber mais sobre seus trabalhos acesse: www.edferrara.com.br

Também fiquei por dentro do projeto A Ruína Dourada do Gabriel Davini, o livro contará a história de uma batalha épica entre os povos de um mundo em guerra. A publicação do livro será feita a partir de financiamento coletivo, para saber mais acesse: www.aruinadourada.com/colabore

No setor de livros já publicados conheci o Eduardo Kasse, autor da série Tempos de Sangue, que já teve seus cinco volumes publicados pela Editora Draco. A história se passa na Europa na época da Idade das Trevas. Logo menos tem resenha por aqui do primeiro livro da série O Andarilho das Sombras, para saber mais acesse: www.eduardokasse.com.br/temposdesangue

E é claro que não poderia faltar uma história nacional, O Pesadelo do Príncipe do Leonardo Henrique Galvão conta a história do navio transatlântico espanhol Príncipe de Astúrias que bateu em um rochedo da costa da Ilhabela em 1916. Para saber mais sobre piratas, naufrágios e histórias marítimas acesse: www.bussoladospiratas.blogspot.com.br

A Start 2018 foi um evento bem intimista, devido as proporções da área onde ocorreu, e isso garantiu um ambiente amistoso e propicio para fazer novas amizades e conhecer novos trabalhos de perto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here