E se La Casa de Papel não for assim uma série tão original…

0
209
views

Depois de todo o furor quando saiu a segunda temporada de La Casa de Papel e após a confirmação de uma terceira temporada, eu decidi que já era hora de começar a assistir a série.

Nos primeiros minutos do primeiro episódio tive que dar uma pausa e respirar fundo porque aquela série definitivamente me lembrava um filme, um filme meio antigo, meio esquecido, mas as semelhanças estavam ali.

O nome do filme lançado em 2006 é O Plano Perfeito, dirigido por Spike Lee com roteiro de Russell Gewirtz. Trata-se – obviamente – de um filme sobre um assalto, mas dessa vez o assalto é em um banco em NY.

Em ambas as histórias, os assaltantes têm um plano detalhadíssimo para conseguir alcançar seus objetivos.

No filme, Dalton Russell (Clive Owen) é o líder dos assaltantes que invadem o banco Manhattan Trust, o filme começa com ele explicando quem ele é e o que pretende fazer.

Assim como na série, logo ao invadir o banco, os assaltantes obrigam os reféns a usarem macacões iguais aos seus, eles também disponibilizam lenços para serem colocados na boca e óculos escuros.

Por se tratar de um crime, claro que logo chegam a cena os detetives Keith Frazier (Denzel Washington) e Bill Mitchell (Chiwetel Ejiofor), esse é o primeiro caso de Frazier como responsável e durante o filme todo ele é colocado a prova por seus próprios companheiros de trabalho.

No filme também temos Madeline White (Jodie Foster) uma relações públicas do alto escalão de NY que é contratada para intervir no assalto com o propósito de proteger os interesses do acionista majoritário da rede de bancos Arthur Case (Christopher Plummer). Arthur possuí documentos que poderiam acabar com sua carreira em um dos cofres do banco que está sendo assaltado. Para ter acesso ao líder do assalto e aos detetives do caso, Madeline acaba envolvendo o prefeito da cidade no esquema.

Ao longo da série a história tem flashes do passado para explicar o que levou os assaltantes até ali, no filme os flashes são do futuro, para mostrar como os detetives tentaram resolver o caso.

Em ambas as histórias os assaltantes parecem estar sempre um passo à frente dos detetives. Escutas são infiltradas na polícia, os detetives são convidados a visitar os reféns para verificar a saúde de todos e jogos para ganhar tempo são os alicerces do filme e da série.

Ainda não sei qual será o fim da série, mas no filme o fim é espetacular e inesperado, eu diria até que é um fim perfeito…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here