Dinastia no 30º Troféu HQMIX

0
85
views

Tivemos a oportunidade de participar pela primeira vez de uma edição da premiação do Troféu HQMIX, realizada mais um ano no SESC Pompéia, em São Paulo. O Oscar dos quadrinhos nacionais pôde por mais um ano, reunir os melhores naquela arte, desde a consagração de grandes ícones, até a celebração de novos talentos.

Apesar de diversas dificuldades para realização do evento por conta do baixo investimento que o Brasil designa a esse segmento, dedico esse espaço a meus parabéns para Jal e Gual, mestres do quadrinho brasileiro que ao longo dos anos batalham persistentemente pela manutenção do prêmio e preservação do reconhecimento aos artistas nacionais, merecedores de tal cerimônia.

A premiação além de reconhecer os melhores no cenário nacional, proporcionou aos fãs e amigos, encontro com ícones dessa arte. Com nosso espírito de fã a flor da pele, pudemos conversar com ícones como Laerte, maior campeã da história da premiação, Ivan Reis, nome forte na DC Comics, Daniel Azulay, criador da turma do Lambe Lambe, e a lenda Maurício de Sousa, pai da turma da Mônica.

Em sua 30ª edição, o evento contou com a Comedoria do SESC lotada de quadrinistas ganhadores, editoras, fãs, imprensa e curiosos que estavam ávidos por celebrar os contemplados naquela noite do domingo. A estatueta tão cobiçada foi uma merecida homenagem as lendas Mauricio de Sousa e Ziraldo, representados pelos seus filhos: Mônica e Menino Maluquinho.

Vamos aos grandes ganhadores da noite!

Destaque Nacional/ Internacional, Roteirista Nacional e Edição Especial Nacional – Marcelo D’Salete, com Angola Janga

Publicação Juvenil – Arvorada, de Walmir Orlandeli, graphic da Maurício de Sousa Produções

Publicação de Aventura/Terror/Fantasia – Meu Amigo Dahmer, pela Darkside Books

Editora do Ano – Pipoca e Nanquim

Adaptação para os Quadrinhos/Edição Especial Estrangeira – Moby Dick, pela Pipoca e Nanquim

Grande Mestre dos Quadrinhos – Daniel Azulay

Novo Talento – Roteirista – Carol Pimentel

Livro Teórico – Desaplanar, pela Veneta

Evento – Comic Con Experience (CCXP)

Exposição – A Era Heróica

Publicação MIX – Baiacu, de Laerte

Publicação de Humor – Marcatti 40

Grande Contribuição no Ano – Prêmio Jabuti

Publicação de Tira – Linha do Trem, pela Editora Draco

Publicação de Clássico – Akira, pela Editora JBC

Publicação Infantil – Combo Rangers, de Fábio Yabu

Publicação em minissérie – Xampú, de Roger Cruz, pela Panini Comics

Colorista – Cris Peter

Produção para Outras Linguagens – Traço Livre

Publicação Independente de Autor – Alho Poró, de Bianca Pinheiro

Arte-finalistas – Vitor e Lu Cafaggi

Publicação Independente de Grupo – Orixás em Guerra

Web Tira – Will Tirando

Web Quadrinhos – Hell No, Meu Pai é o Diabo

Tese de Doutorado – Lieber Paz

Tese de Mestrado – Beatriz Sequeira de Carvalho

TCC – Mayara Lista

Projeto Editorial – Os Mundos de Jack Kirby, pela Guia dos Quadrinhos

Um dos pontos que mais me chamou a atenção e causou emoção aos espectadores, foram as premiações de melhor trabalho de Doutorado, melhor trabalho de Mestrado e melhor TCC. Os 3 ganhadores ao subirem no palco, mostraram ao público um pouco do seu amor pelos quadrinhos, e como a batalha foi dura para conseguir estar ali, num país que é tão difícil ser pesquisador. São momentos dignos de salvas de palmas bem dadas, sejam para os guerreiros e para a organização do evento, que proporciona um espaço para reconhecimento destes alunos.

Ficamos muito felizes por participar de mais esse momento que fica marcado na história da cultura nacional, para que assim os quadrinhos possam atingir o seu devido lugar de respeito. Parabenizamos os indicados e os ganhadores em cada uma das categorias, e garantimos nossa presença para os próximos anos neste evento fundamental para nosso país!

Garanta as HQs premiadas, com desconto, pela Amazon.com.br :

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here