Arquivos

Séries e TV

Designated Survivor – assistir ou não?

Sabe aquele momento em que você abre o Netflix e fica horas tentando escolher o que assistir, pois não quer algo “bobo” como uma comédia, e nem algo com uma dramaticidade pesada que te obrigue a ficar olhando para a TV sem piscar? Então, é neste momento que você pode clicar em Designated Survivor!

É uma série que chegou de mansinho, sem muito alarde, não é muito famosa no mundo da internet, mas estou adorando perder algumas horas do meu dia com o Kiefer Sutherland.

Designated Survivor foi criada por David Guggenheim (roteirista de “O Resgate” e “Protegendo o Inimigo”) para a emissora ABC e distribuída pela Netflix. Sua estreia foi em 21 de Setembro de 2016, contendo na sua primeira temporada 21 episódios, e no segundo semestre de 2017 foi iniciada a segunda, ainda atualmente indo ao ar pela ABC e distribuída 1 episódio por semana (as sextas-feiras) no Netflix, e essa é um de seus trunfos, pois o fato de ter disponível apenas 1 capitulo por semana, te obriga a ficar sempre atento sobre a série, diferente daquelas que começamos a maratona e já finalizamos de imediato (quem nunca?) e não se fala mais sobre o assunto… ela se mantém sempre em pauta devido a expectativa da próxima semana.

A série se passa nos Estados Unidos, mais precisamente em Washington D.C., após um atentado terrorista explodir o Capitólio (sede do centro legislativo do governo americano) durante o discurso do presidente e assim matando todos os presentes no local. Porém momentos antes da catástrofe, o Secretário da Habitação e Desenvolvimento Urbano, Tom Kirkman (Kiefer Sutherland), é indicado para permanecer em um local longe fisicamente de tudo, e secreto, enquanto os líderes estão todos juntos no Capitólio em uma grande reunião. Este membro é denominado “Sobrevivente Designado”, e ele seria então um chefe de estado acidental, porém é claro que ele é a pessoa mais despreparada para assumir a presidência. Inclusive dizem (mais precisamente – NY Daily News) que esta série está deixando a Casa Branca (verdadeira) irritada, dada as comparações de despreparo dos presidentes, tanto Kirkman quanto Donald Trump… porém a inexperiência política de Tom é compensada pelo carisma do personagem e nos fazer torcer por ele, diferente de Trump, não é mesmo?

Logo de cara a série nos ensina, juntamente com Kirkman, sobre política, e com a boa atuação de Sutherland, somos convencidos de que ele é de fato um presidente que o país precisa naquele momento.

Falando em atuação, temos também a nossa incrível primeira-dama Alex Kirkman, Natascha McElhone (“Californication”), que passa por essa mudança drástica da família de se tornar pública, e passa por isso lindamente, com diálogos simples, mas sempre emocionantes com seu marido Tom. Aquele casal que a gente torce de verdade e quer guardar em um potinho, sabe?

Temos no elenco também Meggie Q (“Nikita”) como a agente Hannah Wells, que é meio uma Jack Bauer do Jack Bauer rs!

Não podemos esquecer de Kal Penn, o inteligentíssimo Seth Wright que é Secretário de Imprensa da Casa Branca, e que já trabalhou na vida real no governo de Barack Obama.

Com um elenco ótimo, uma trama boa, e um assunto tão atual, o que mais queremos de uma série? Então dê uma chance SIM para Designated Survivor e depois poste nos comentários o que achou!

Enquanto isso nós continuamos torcendo para que a honestidade e simplicidade de Tom Kirkman influencie o máximo de políticos possíveis, principalmente aqui no Brasil. Não seria nada mal ter o Jack Bauer como nosso presidente!

2 Comentários

  1. Sinceramente ainda não assiti essa série…estou focado em outras. Sem tempo, trabalho e estudos…tudo isso me deixa bastante ocupado. Foi bom ler esse texto porque fiquei curioso…com certeza passarei a dar mais atenção para essa série. A verdade é que sinto falta do seriado 24 horas de antigamente…bons tempos!!!! valeu

Deixe uma Resposta

Luciana Tozzi Takeshita
Arquiteta por formação e viajante por opção. Sempre dando umas voltinhas por aí e apaixonada por viagens, música, cultura pop (séries e filmes), história, gatos e Batman.