Crítica | It – A Coisa

0
889
views

Ultimamente os filmes que mais gosto de assistir e discutir sobre, são aqueles que possuem crítica controversa. Alguns amam, outros odeiam. It – A Coisa é um destes casos.

Não vá ao cinema esperando um filme horripilante, algo que irá te perturbar durante as noites da próxima semana. It não é isso. A adaptação da obra de Stephen King traz aos cinemas uma mistura de Stranger Things e a aventura que todos gostamos, e o terror representado pelo palhaço Pennywise.

O filme utiliza por muitos momentos do humor dentre os protagonistas do Clube dos Perdedores, o que torna o anunciado filme de terror macabro, numa aventura humorística contra uma criatura maléfica.

Não estou dizendo que esse fator é ruim. Muito pelo contrário, esses elementos tornam o filme bom! O roteiro é muito bem construído, desde a primeira aparição de Pennywise para o pequeno Georgie (a clássica cena do bueiro), passando pelos desaparecimentos subsequentes que ocorrem na pequena cidade de Derry.

Falo aqui como um espectador do filme, ainda não li o livro para opinar, mas é importante que as pessoas vejam o filme como o capítulo 1 de uma história! É muita inocência achar que 1104 páginas de uma obra, se transpareçam a 2 horas de filme.

Este “capítulo” do filme é muito correto, ao mostrar aos novos espectadores da obra quem é Pennywise, do que ele se alimenta e como ele atua, assim como apresentar os protagonistas desta saga.

It – A Coisa trata temas muito pesados mas de uma forma muito agradável e bem explorada, como o abuso infantil e bullying. Mas o que mais me agradou, é a moral “oculta” no filme.

A criatura Pennywise nada mais é, do que uma entidade maligna que tem por objetivo causar o caos na pequena Derry a partir da exposição dos medos de seus habitantes. A inocência das crianças as tornam o principal alvo do palhaço. Teria Stephen King utilizado Pennywise como elemento da transição entre a infância e a vida adulta para os habitantes de Derry?

Por fim, deixo aqui minha opinião acerca de It, num cenário de alguns filmes de terror atuais. Essa obra se encaixa perfeitamente no terror que me agrada. É o terror inteligente, e que tem uma história muito bem contada por trás! Não é pura e simplesmente a perseguição de um palhaço assassino a crianças inocentes, é uma história que envolve fobias, amizade e principalmente, a luta contra o desconhecido.

Filmes de terror bons tem de ter uma história bem construída. Posso citar aqui diversos exemplos, que assim como It, foram vendidos como uma obra horripilante, mas ao sair da sala do cinema muitos se viram insatisfeitos. Isso quer dizer que o filme é ruim? Não! Apenas mostra que o terror bem construído é uma obra tão genial, que apenas quando analisamos a fundo a obra, percebemos o real objetivo daquilo, a moral que o escritor ou diretor, quis nos mostrar. Mas detalhar essas obras, fica para um futuro post…

Conhece algum filme de terror que muitos odiaram e você adorou, assim como eu comentei acima? O que achou de It, a mais nova adaptação de Stephen King para a telona?

Deixe seus comentários sobre este filme que já tem sequência garantida em desenvolvimento!

Ultimamente os filmes que mais gosto de assistir e discutir sobre, são aqueles que possuem crítica controversa. Alguns amam, outros odeiam. It - A Coisa é um destes casos. Não vá ao cinema esperando um filme horripilante, algo que irá te perturbar durante as noites da próxima semana. It não é isso. A adaptação da obra de Stephen King traz aos cinemas uma mistura de Stranger Things e a aventura que todos gostamos, e o terror representado pelo palhaço Pennywise. O filme utiliza por muitos momentos do humor dentre os protagonistas do Clube dos Perdedores, o que torna o anunciado filme…
Quando as crianças começam a desaparecer na cidade de Derry, no Maine, as crianças do bairro se unem para atacar Pennywise, um palhaço malvado, cuja história de assassinato e violência remonta há séculos.

It - A Coisa Capítulo 1

Roteiro
Fotografia
Edição
Trilha Sonora
Direção de Arte
Direção
Adaptação

ESPADAS

Quando as crianças começam a desaparecer na cidade de Derry, no Maine, as crianças do bairro se unem para atacar Pennywise, um palhaço malvado, cuja história de assassinato e violência remonta há séculos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here