Crítica | Fullmetal Alchemist (Netflix)

0
545
views

A conhecida e aclamada animação Fullmetal Alchemist, finalmente teve seu live action lançado aqui no Brasil, distribuído oficialmente pela Netflix. Será que teremos outro Death Note? A resposta mais simples e direta é não! ALELUIA IRMÃOS! 

O primeiro ponto a se esclarecer é que esse não é um filme feito pela Netflix. O filme é uma produção dos estúdios Warner Bros, e tinha como objetivo o mercado oriental. A Netflix adquiriu os direitos de exibição e está levando para o mundo por meio de sua plataforma.

História

O filme conta a história dos irmãos Edward e Alphonse Elric, duas crianças que são pequenos prodígios em alquimia. Sua mãe adoece e acaba falecendo, e os irmãos decidem usar a alquimia para trazer a sua vida de volta. Infelizmente dá tudo errado no processo, Ed perde seu braço direito e sua perna esquerda, enquanto Al acaba perdendo seu corpo e tendo sua alma presa em uma armadura. A partir daí os irmãos se juntam ao exército como alquimistas federais, e buscam por um artefato chamado de pedra filosofal, com intuito de consertar seus corpos.

Desenvolvimento

O plot principal do filme é o mesmo dos animes e mangá, e a primeira hora de filme é até bem fiel aos acontecimentos da animação. Claro que alguns personagens acabaram sendo cortados no filme, porém achei que conseguiram condensar de maneira satisfatória mais de uma temporada em 2 horas.

Considerações Técnicas

Fullmetal Alchemist não é uma produção hollywoodiana, mas não é o tipo de produção que deve ter sido barata! É um filme que exige bastante dos efeitos especiais, e felizmente os efeitos são convincentes. Inclusive, achei que o CGI do Al fosse incomodar, mas você acostuma com ele logo no início. Os efeitos durante as lutas são legais, e as vezes tem uma cena ou outra que destoa um pouco, mas nada de maneira muito absurda, principalmente considerando a quantidade de efeitos utilizados.

A trilha sonora é boa, e os sons foram aproveitados diretamente do anime. As atuações são boas, e mesmo se você nunca assistiu a animação vai ficar satisfeito com o resultado.

Dublagem

Um outro ponto extremamente positivo é que temos os personagens dublados por seus dubladores originais aqui no Brasil. Então se você já assistiu ao anime, acaba tendo um elo instantâneo com os personagens por causa das suas vozes. Ponto pra Netflix e pro Estúdio de dublagem.

Fullmetal Alchemist chega como uma surpresa no critério de adaptações de animes. Felizmente ele se junta ao hall de boas adaptações como Samurai X, e se afasta dos casos americanos de Death Note e Dragon Ball Evolution. Espero que o filme retorne com uma sequência e termine de contar a jornada dos irmãos Elric.

A conhecida e aclamada animação Fullmetal Alchemist, finalmente teve seu live action lançado aqui no Brasil, distribuído oficialmente pela Netflix. Será que teremos outro Death Note? A resposta mais simples e direta é não! ALELUIA IRMÃOS!  O primeiro ponto a se esclarecer é que esse não é um filme feito pela Netflix. O filme é uma produção dos estúdios Warner Bros, e tinha como objetivo o mercado oriental. A Netflix adquiriu os direitos de exibição e está levando para o mundo por meio de sua plataforma. História O filme conta a história dos irmãos Edward e Alphonse Elric, duas crianças…
O filme conta a história dos irmãos Edward e Alphonse Elric, duas crianças que são pequenos prodígios em alquimia. Sua mãe adoece e acaba falecendo, e os irmãos decidem usar a alquimia para trazer a sua vida de volta. Infelizmente dá tudo errado no processo, Ed perde seu braço direito e sua perna esquerda, enquanto Al acaba perdendo seu corpo e tendo sua alma presa em uma armadura. A partir daí os irmãos se juntam ao exército como alquimistas federais, e buscam por um artefato chamado de pedra filosofal, com intuito de consertar seus corpos.

Crítica | Fullmetal Alchemist (Netflix)

Direção
Enredo
Efeitos Especiais
Trilha Sonora/Dublagem
Adaptação

ESPADAS

O filme conta a história dos irmãos Edward e Alphonse Elric, duas crianças que são pequenos prodígios em alquimia. Sua mãe adoece e acaba falecendo, e os irmãos decidem usar a alquimia para trazer a sua vida de volta. Infelizmente dá tudo errado no processo, Ed perde seu braço direito e sua perna esquerda, enquanto Al acaba perdendo seu corpo e tendo sua alma presa em uma armadura. A partir daí os irmãos se juntam ao exército como alquimistas federais, e buscam por um artefato chamado de pedra filosofal, com intuito de consertar seus corpos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here