Arquivos

Especial Harry PotterNão categorizado

AVADA KEDAVRA, you Bitch! (is not my daughter)

Eu definitivamente sou um nerd diferente.

Não que eu seja especial, longe disso, mas sempre me senti deslocado no mundo geek. As minhas maiores paixões de criança sempre foram as HQs, seja Marvel, DC, Turma da Mônica, Disney, entre outras. Porém, nunca fui muito interessado em games, por exemplo. Aliás, eu era o único na minha rua que não tinha o “Nintendinho”, fui jogar em um Atari com 13 anos e os arcades eu ficava bem de longe, espiando no fundo do bar a galera jogar. Livros… olha, adorava a coleção Vagalume e principalmente Julio Verne (<3), mas abandonei o gosto pela leitura (um pouco por causa da dislexia) na entrada da adolescência (graças a Odin recuperei mais tarde).

É neste momento que você deve estar perguntando: QUE DIABOS ISSO TEM A VER COM HARRY POTTER? Pois é… Tudo! Porque em meio aos Potterheads mais entusiasmados aqui do Dinastia, eu sou um dos únicos (ou o único) que nunca leu os livros (“cantinho da vergonha, Já!” BIA, TIA). Sim, é isso mesmo, nunca li os livros da J.K. Rowling. Conheci o bruxinho pelos filmes, não tenho vergonha nenhuma disso e vou explicar o porquê.

Como disse, minhas paixões eram as HQs, mas ao envelhecer fui me apaixonando novamente, dessa vez pela 7ª Arte… Ah o cinema, minha nova paixão. O ano de 1999 foi marcante pra mim, ali assisti um tiro atrás do outro, até que um me acertou no coração: Clube da Luta! Sem dúvida, um dos meus filmes favoritos da vida e neste filme eu me apaixonei, meu coração acelerou, minhas mãos tremeram e suaram: Helena Bonham Carter (sim, meus gostos são estranhos). Por causa dela redescobri a beleza dos filmes do Tim Burton, e por fim consegui perder o preconceito (horrível, eu sei) que tinha por Harry Potter. Sim, achava infantil (hello darkness, my old friend) sem ao menos ter assistido a Pedra Filosofal e A Câmara Secreta. Só fui assistir O Prisioneiro de Azkaban por causa da minha adorada musa. Tinha visto algumas fotos (internet era dose na época) e tinha me encantando pelo visual. Por fim, vi que teríamos Gary Oldman também (Ahhh Sirius) e cheguei empolgadíssimo para assistir.

Lógico, amei os citados acima, mas saí de queixo caído com aquele mundo incrível, me sentindo um boboca por não ter imergido nele antes. Tudo era tão lindo: Harry, Hermione, Rony, Neville, Dumber, Severo, Minerva… Que personagens incríveis. A história, a trilha, a direção de arte, figurino, Hogwarts… Como eu fui um besta!

Daí pra frente foi só amor! (nem sempre, vai) Amei O Cálice de Fogo (meu segundo favorito), Ordem da Fênix (Saudades Sirius) e lógico assisti os dois primeiros, que apesar de fracos no quesito efeitos e recursos, são maravilhosos (ahhh John Williams), até ter minha primeira decepção: O Enigma do Príncipe. Nem sabia que o livro tinha sido ruim, porque eu fugia de spoilers (kkk), mas após assistir um filme arrastado, que sim, teve momentos emocionantes, dei uma brochada com a franquia. Não vi nenhuma das partes do Relíquias da Morte no cinema. Assisti em DVD,  um na sequência do outro e vi novamente meus olhos brilharem pela saga de Harry.

Terminei muito emocionado com cada desfecho, com os momentos de amizade, a morte da Belatrix (hello darkness, my old friend, again), com Neville e Luna, sem saber o que tinha amado mais.

Não me acho menos fã por não ter lido os livros. Tá, talvez eu seja o menor fã do Dinastia, mas adoro o mundo que os filmes me mostraram, que podem não agradar a todos os fãs dos livros, mas agradou a este fã do bom cinema. Amo os personagens tão bem construídos como nosso Trio, Sirius, Belatrix (suspiros eternos), Voldmort, Neville, Luna (outra paixão), entre tantos (só não gosto da Molly Weasley por motivos que vocês devem saber). Conjuro alguns feitiços, sou Grifinória e por não ter lido os livros detesto a Gina Weasley também.

Amei voltar a este mundo encantador em Animais Fantásticos e não me apedrejem por não ter lido os livros mesmo depois de ter terminado a franquia no cinema. Eu prefiro guardar no meu coração como eu os conheci e mesmo que tenha sido por causa da Helena (posso suspirar ainda?), fui além, me apaixonei por tudo que envolve o nosso bruxinho.

Deixe uma Resposta

Neto Sambora
Nerd e Publicitário da cidade do sanduíche. Amo chocolate, hambúrguer, Coca-Cola zero (sim, sou estranho!) e tudo que o Mark Millar escrever. Não me julguem, mas conheci Star Wars com o Ameaça Fantasma e sou fã do Nicholas Cage!